Sacrifício e Recompensa

Meditação para o Dia 06 de Setembro

É tão pequeno o sacrifício e tão grande a recompensa! Uma felicidade eterna deveria custar – se isso fosse possível – um trabalho eterno. Entretanto, Nosso Senhor só nos pede um pouco de sacrifício, e este mesmo aligeirado no seu peso pelo amor! Ó misericórdia infinita! Era considerando essas verdades que o Apóstolo das gentes, apaixonado pela cruz, não achava bastante todo sofrimento pela glória eterna.

“Ao ver as recompensas eternas em tamanha desproporção com os ligeiros sacrifícios desta vida – escreve Santa Terezinha – quisera amar a Jesus, amá-Lo apaixonadamente, e dar-Lhe mil provas de minha ternura, enquanto me era dado fazê-lo” (1)

Todo sacrifício é pouco na conquista do Céu! E, se nesta vida, já é tão doce amar sofrendo, que não será então, na glória, amar o Amor? A vida passa e a eternidade se aproxima. Logo veremos a Deus e viveremos a verdadeira vida.Depois das amarguras deste mundo, mitigaremos a nossa sede ardente de felicidade na fonte eterna da doçura.

“Sim, minha irmã – escrevia Santa Teresinha a Celina (2) – a imagem deste mundo passa e não tardará que vejamos novos céus, um sol mais brilhante e esplendoroso, mares eternos e horizontes infinitos. Não seremos mais prisioneiros numa terra de exílio. Tudo se acabará!”

Ó meu Deus! Tão grande, a eterna recompensa, não será ainda bastante para tão pequeno sacrifício?! Oh! Sejamos um pouco mais generosos e não nos queixemos tanto na dor!

Referências:
(1) História de uma alma – c. V
(2) 5 me. lettre à sa soeur Céline

Voltar para o Índice do Breviário da Confiança

(Brandão, Ascânio. Breviário da Confiança: Pensamentos para cada dia do ano. Oficinas Gráficas “Ave-Maria”, 1936, p. 269)

2 Comments

  1. Felipe Marcelino Simao

    6 setembro, 2018 at 10:01

    Conheci teu site ontem e isso me incentivou a voltar aos estudos. Tenho 15 anos d ecaminhada e em algum momento achei que não era mais necessário estudar e ler as cosias sagradas.

    Glória a Deus pela sua vida irmão.

    Paz e bem.

  2. Gabriel

    15 setembro, 2018 at 21:43

    Bendito seja Deus!
    Que a Virgem Santíssima lhe conceda as graças para perseverar sempre neste caminho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2019 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑