Visitas a Jesus Sacramentado e a Nossa Senhora, por Santo Afonso Maria de Ligório

Da esquerda para direita: Santo Tomás de Aquino, Santo Afonso Maria de Ligório, São Pascoal Bailão, Santa Juliana de Liège, Santa Mectildes e Santa Gertrudes

Amados irmãos e irmãs na fé em Cristo Jesus, Salve Maria, nossa Dulcícssima Esperança!

Com imensa alegria apresento este pequeno livro de Santo Afonso, intitulado Visitas ao Santíssimo Sacramento e a Nossa Senhora, que muito me ajudou e continua sendo de muitíssimo proveito em minha caminhada rumo à santidade. E, justamente por este fator, aliado ao de usar deste apostolado para divulgar as obras do Santo Doutor, eis que disponibilizo-o num formato ao qual busquei torná-lo ágil e eficaz para nossas orações diante da Presença Real de Nosso Senhor Jesus Cristo e de Sua Santíssima Mãe e nossa.

Abaixo temos algumas orientações de como fazer as Visitas, além de uma nota do tradutor que julguei necessário trazer para dar-nos um contexto da importância desta obra.

Caso já tenha lido esta singela apresentação e esteja acostumado a fazê-las, pule diretamente para a Oração Preparatória

Peço, por caridade, lembre-se ao menos desta tentativa de agradar a Deus por este apostolado em suas orações. Certamente estarei rezando por você!

Duas Palavras…

Todos os Santos tiveram especial devoção ao Santíssimo Sacramento. Santo Afonso Maria de Ligório, porém, de tal modo se distinguiu nesta devoção, que bem se poderia dar-lhe o título de exímio adorador de Jesus Sacramentado. Quem ler a vida do santo Autor das presentes Visitas ao Santíssimo Sacramento e à Santíssima Virgem Maria, logo se convencerá do que diz sobre ele um conhecido escritor:

«Nenhum Santo amou a Jesus no Santíssimo Sacramento com mais ternura, nenhum o adorou com mais ardor, nenhum O visitou com mais frequência, no santo tabernáculo»

Frutos de seus prolongados colóquios com o divino Prisioneiro, estas Visitas foram compostas pelo Santo e destinadas, primeiramente, aos religiosos da Congregação do Santíssimo Redentor. Conhecidas, pouco a pouco, também fora do convento, elas se tornaram o encanto das almas fervorosas e amantes de Jesus, pelo que muitas edições se fizeram das Visitas, traduzidas em breve para diversas línguas, tal a aceitação que tiveram da parte tanto dos religiosos como dos seculares…

A fé no-lo ensina, e portanto somos obrigados a crer, que Jesus Cristo está realmente na hóstia consagrada, temos ali, em verdade, Jesus, o Filho de Deus, como está no céu, oculto embora sob as sagradas espécies. Nosso Senhor reside sobre os altares, como sobre um trono de amor e de misericórdia, esperando, convidando e acolhendo os que O visitam, para lhes dispensar graças e favores celestiais. Além disso, estando Nosso Senhor, como está nesse Sacramento, abandonado e desprezado da maior parte dos homens, compreende-se quanto Lhe seja agradável a visita assídua das almas fiéis e agradecidas. Será esta a razão por que a Santa Igreja cercou sempre o Santíssimo Sacramento de tantas honras e dos esplendores do culto divino. Pelo mesmo motivo terá Nosso Senhor ordenado a Santa Maria Madalena de Pazzis, que o visitasse 33 vezes por dia no Sacramento do altar. De vários santos conta-se, que encontravam o seu encanto, o seu repouso, o seu paraíso na presença de Jesus na Eucaristia.

Santo Afonso, dirigindo-se a Jesus Sacramentado, diz:

«Por que fogem os homens da Vossa presença? Como podem viver tanto tempo longe de Vós, ou raríssimas vezes vir visitar-Vos? Ai! Um quarto de hora na Vossa presença parece-lhes um século, tal é o tédio que experimentam nisso!»

E todavia, a devoção a Jesus no Santíssimo Sacramento é a primeira, a mais agradável a Deus e, depois da recepção dos santos sacramentos, a mais proveitosa para nós.

Fervoroso devoto da grande Mãe de Deus, Santo Afonso praticou e aconselhou também vivamente a Visita ou saudação diária à Santíssima Virgem. Fundamentou esta sua prática na opinião conhecida e segura, que «todas as graças de Deus nos vêm pelas mãos de Maria, e que, portanto, a sua intercessão é não só útil, mas até necessária» para se obterem as graças do céu. Maria é, com efeito, no dizer da Igreja, a nossa Esperança, o Refúgio dos pecadores, a Consoladora dos aflitos, a Auxiliadora dos cristãos. A exemplo de Santo Afonso, pois, cada vez que visitarmos a Jesus Hóstia, saudemos também a Virgem Maria.

– A esta edição das Visitas a Jesus Sacramentado e a Nossa Senhora, julgamos de bom aviso acrescentar as Visitas a São José, escritas por um Redentorista.

Os devotos de São José poderão, portanto, satisfazer a sua devoção fazendo, depois da Visita à Santíssima Virgem, também a Visita ao Glorioso Patriarca, invocando-o principalmente como Padroeiro duma boa morte.

Indulgências

Aos fiéis, que visitarem devotamente o Santíssimo Sacramento e rezarem 5 Pai-Nossos, Ave-Marias e Glória ao Pai e mais 1 Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória ao Pai, segundo a intenção do Sumo Pontifice concede-se:

a) indulgência de 10 anos;
b) indulgência plenária, se, tendo confessado e comungado, rezarem essas preces durante sete dias contínuos.

— Aos fiéis que, por doença ou outro motivo justo, não puderem ir à igreja, mas rezarem os 6 Pai-Nossos, Ave-Marias e Glória ao Pai, como acima, concede-se:

a) indulgência de 5 anos;
b) indulgência plenária, como acima.

NOTA — Cada uma destas Visitas pode servir tanto de preparação como de acão de graças para os dias de comunhão.

Visitas a Jesus Sacramentado, por Santo Afonso Maria de Ligório

Como fazer a Visita à Jesus Sacramentado?

Recolha-se diante do Santíssimo Sacramento, em silêncio, por alguns minutos. Faça em seguida:

1. A Oração Preparatória;
2. A Visita para o dia do Mês;
3. Uma breve meditação naquilo que leu, faça suas orações espontâneas, converse com Jesus;
4. A Comunhão Espiritual.

Oração Preparatória

Senhor meu Jesus Cristo, que, pelo amor que tendes aos homens, estais de noite e de dia neste Sacramento, todo cheio de piedade e de amor, esperando, chamando e recebendo todos os que vêm visitar-Vos; eu creio que estais presente no Santíssimo Sacramento do altar.

Eu Vos adoro do abismo do meu nada e Vos dou graças por todos os benefícios que me tendes feito; especialmente por Vós mesmo dardes a mim neste Sacramento, por me terdes concedido como advogada Vossa Mãe Santíssima, e por me terdes chamado a visitar-Vos nesta igreja. Eu Vos saúdo, pois hoje, o Vosso amantíssimo Coração e a minha intenção é fazê-lo por três motivos: primeiro, em ação de garças por esta grande dádiva; segundo, para compensar-Vos de todas as injúrias que tendes recebido, neste Sacramento, de todos os Vossos inimigos; terceiro, com intenção de adorar-Vos, nesta visita, em todos os lugares da terra onde Vossa presença sacramental estais menos reverenciado e em maior abandono.

Meu Jesus, eu Vos amo de todo o meu coração; pesa-me de ter, no passado, tantas vezes ofendido a Vossa divina bondade. Proponho, com o auxílio de Vossa graça, nunca mais ofender-Vos para o futuro. E, no presente, miserável qual sou, eu me consagro todo a Vós e renuncio a toda a própria vontade, a todos os afetos e desejos, e a tudo o que é meu, para vo-lO oferecer . De hoje em diante fazei Vós de mim e de tudo o que me pertence aquilo o que for de Vosso agrado. Só procuro e só peço o Vosso santo amor, a perseverança final e o perfeito cumprimento de Vossa vontade.

Recomendo-Vos as almas do purgatório, especialmente as mais devotas do Santíssimo Sacramento e da Bem-aventurada Virgem Maria. Recomendo-Vos também todos os pobres pecadores.

Finalmente, desejo unir, meu querido Salvador, todos os meus afetos com os de Vosso amorosíssimo Coração; e, assim unidos, os ofereço a Vosso Eterno Pai e lhe peço em Vosso Nome que por Vosso amor os queira aceitar e atende.

Agora reza-se a Visita do Dia a Nosso Senhor e, em seguida, faz-se a Comunhão Espiritual

Comunhão Espiritual

Creio, meu Jesus, que estais presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-Vos sobre todas as coisas e desejo possuir-Vos em minha alma. Mas como agora não posso receber-Vos sacramentalmente, vinde ao menos espiritualmente ao meu coração. E, como se Vos já tivesse recebido, uno-me inteiramente a Vós; não consintais, Senhor, que de Vós jamais me aparte.

Depois da Comunhão Espiritual reza-se a Visita à Santíssima Virgem

Como fazer a visita a Nossa Senhora?

Diante de uma imagem sua, saúde-a com suas próprias palavras. Em seguida:

1. Leia a visita correspondente ao dia do mês;
2. Reze a Oração à Santíssima Virgem.

Oração à Santíssima Virgem

Santíssima Virgem Imaculada, Maria, minha Mãe, a vós que sois a Mãe do meu Senhor, a Rainha do mundo, a advogada, a esperança, o refúgio dos pecadores, recorro hoje eu que sou o mais miserável de todos. Aos vossos pés me prostro, ó grande Rainha, e dou-vos graças por todos os benefícios que até agora me tendes feito, especialmente por me haverdes livrado do inferno, por mim tantas vezes merecido. Eu vos amo Senhora amabilíssima, e pelo amor que vos tenho, prometo servir-vos sempre e fazer quanto posso para que de todos sejais servida.

Em vós, depois de Jesus, ponho todas as minhas esperanças, toda a minha salvação. Aceitai-me por vosso servo e acolhei-me debaixo de vosso manto, ó Mãe de Misericórdia. E já que sois tão poderosa para com Deus, livrai-me de todas as tentações ou impetrai-me forças para vencê-las até a morte. A vós suplico o verdadeiro amor a Jesus Cristo; de vós espero alcançar uma boa morte.

Minha Mãe, pelo amor que tendes a Deus, eu vos rogo que me ajudeis sempre, mormente no último instante de minha vida. Não me desampareis enquanto não me virdes salvo no céu a bendizer-vos e a cantar as vossas misericórdias por toda a eternidade. Assim espero. Assim seja!

Agora reza-se a Visita a São José

Oração a São José

Alegro-me com a vossa felicidade e glória, ó meu Santo Patriarca, pois fostes considerado digno de governar como Pai a Jesus e de vos fazer obedecer por Aquele a quem o céu e a terra obedecem. Visto como, ó grande Santo, um deus vos quis servir, quero também pôr-me em o número de vossos servos. Escolho-vos para meu principal advogado e protetor, depois de Maria. Prometo honrar-vos cada dia por alguma homenagem especial; cada dia quero colocar-me de novo sob vosso patrocínio. Pela doce companhia de Jesus e Maria, da qual tanto gozastes durante vossa vida, protegei-me sempre por todo o decurso da minha. Pela assistência que na vossa morte vos prestaram Jesus e Maria, protegei-me especialmente na minha última hora; fazei que, morrendo assistido por vós, e por Jesus e Maria, vá agradecer-vos no paraíso e, em vossa companhia, possa louvar e amar a Deus por todos os séculos. Assim seja!

Sumário

Duas Palavras…
Consagração a São José
Tríduo a São José
Consagração a Nossa Senhora Aparecida

Visitas a Jesus Sacramentado

Cada número indica o dia do mês em que se está fazendo a Visita. Por exemplo, se hoje é dia 08 de Outubro, devo fazer a Visita “Jesus Acolhedor”.

1. Vamos à Fonte
2. Pão da Vida
3. Jesus é Alegria
4. Jesus é Amor
5. Jesus Conosco
6. Nosso Tesouro
7. Conosco até o Fim
8. Jesus Acolhedor
9. Fonte de Graça
10. Jesus, Único Bem
11. Bom Pastor
12. Deus é Amor
13. Jesus não Abandona
14. Amor pede Amor
15. Fogo de Amor
16. Jesus, nossa Vida
17. Presença Amiga
18. Conosco por Amor
19. O Melhor Amigo
20. Fonte da Vida
21. Jesus nos Convida
22. Verbo Encarnado
23. Jesus Presente
24. Deus Escondido
25. Obediente até à Morte
26. Amor Esquecido
27. Amor Incompreendido
28. Nele todos os Bens
29. Jesus à nossa Porta
30. Invenção do Amor
31. Eterno Sacerdote

Visitas a Nossa Senhora

Cada número indica o dia do mês em que se está fazendo a Visita. Por exemplo, se hoje é dia 08 de Outubro, devo fazer a Visita “Maria, nossa Mãe”.

1. Cheia de Graça
2. Trono da Graça
3. Penhor de Salvação
4. Mãe Amorosa
5. Senhora dos Corações
6. Mãe de Misericórdia
7. Maria, nossa Esperança
8. Maria, nossa Mãe
9. Consolo dos Aflitos
10. Grande Rainha
11. Nosso Modelo
12. Mãe da Perseverança
13. Tesouro de Graças
14. Nossa Confiança
15. Esperança Nossa
16. Mãe Acolhedora
17. Mãe Amável
18. Refúgio dos Pecadores
19. Vamos a Maria
20. Perpétuo Socorro
21. Advogada Nossa
22. Mãe do Perdão
23. Mãe dos Órfãos
24. Oceano de Graças
25. Arca de Salvação
26. Nossa Paz Segura
27. Nossa Proteção
28. Porto dos Aflitos
29. Estrada do Salvador
30. Mãe Compassiva
31. Ternura da Mãe

Visitas a São José

Cada número indica o dia do mês em que se está fazendo a Visita. Por exemplo, se hoje é dia 08 de Outubro, devo fazer a Visita “Somos Vossos Filhos”.

1. Sede meu Auxílio
2. Nosso Pai
3. Glorioso São José
4. Ide a São José
5. Chefe da Sagrada Família
6. Modelo de Humildade
7. São José, Salvai-nos
8. Somos Vossos Filhos
9. Alcançai-nos a Contrição
10. Quero ser todo Vosso
11. Aumentai nossa Fé
12. Virtude dos Anjos
13. Homem Justo
14. Inflamai nosso Coração
15. Animai nosso Zelo
16. Espírito de Oração
17. Livrai-nos de todo Pecado
18. Sede em nosso Favor
19. Guardai Vossos Filhos
20. Tende Compaixão
21. Socorrei-nos!
22. Perseverança na Oração
23. Guia Seguro
24. Consolai-nos!
25. Quero ser seu Devoto
26. Nosso Protetor
27. Sois nossa Confiança
28. A Vós Recorremos
29. Fazei-nos Amar a Jesus
30. Lágrimas da Paixão
31. Assistência Particular

Visitas ao Santíssimo Sacramneto, a Santíssima Virgem Maria e a São José

1º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Vamos à Fonte

Jesus Sacramentado, eis a fonte de todos os bens. Ele diz:

“Se alguém tem sede, venha a mim e beba” (Jo 7, 37)

Oh! Com que abundância os Santos sempre têm bebido as águas da graça nesta fonte do Santíssimo Sacramento, onde Jesus nos reparte todos os méritos de sua Paixão, conforme predisse o profeta:

“Ireis, cheios de alegria, tomar as águas das fontes do Salvador” (Is. 12, 3)

À condessa de Féria, ilustre penitente do bem-aventurado João de Ávila, que se fez religiosa de Santa Clara e que, por causa de suas contínuas e prolongadas práticas com Jesus sacramentado, era chamada esposa do Santíssimo Sacramento, perguntaram uma vez o que fazia durante as longas horas que passava aos pés do altar.

«Ah! respondeu ela, diante do tabernáculo ficaria eu por toda a eternidade. Pois não está ali a essência divina, que há de ser o sustento dos bem-aventurados? Meu Deus! Que se faz diante do Santíssimo Sacraento? pois o que se há de fazer? Ama-se, louva-se, agradece-se, pede-se. Que faz um pobre diante de um rico? Que faz o enfermo diante do médico? um sequioso diante duma fonte cristalina? um faminto assentado a uma mesa lauta?»

Ó meu Jesus amantíssimo, dulcíssimo, caríssimo, vida, esperança, tesouro e único amor de minha alma; oh! Quanto vos custou a permanência conosco neste Sacramento! Para ficardes sobre os nossos altares preciso Vos foi morrer na cruz. E depois, neste Sacramento, quantas injúrias sofreis para estardes presente no meio de nós! Mas, venceu o Vosso amor, venceu o desejo que tendes de ser amado de nós.

Vinde, pois, Senhor, vinde, encerrai-Vos no meu coração e trancai-lhe a porta para sempre, a fim de que nenhuma criatura entre, nele para compartilhar o amor que Vos devo e quero dar-Vos sem reserva. Vós só, meu amado Redentor, reinai sobre mim e possuí-me; e, se alguma vez não obedecer perfeitamente, castigai-me com rigor para que no futuro seja mais atento em Vos agradar e fazer a Vossa vontade.

Fazei que eu não deseje nem busque outro prazer mais que o de Vos ser agradável, visitar-Vos muitas vezes nos altares, entreter-me convosco e receber-Vos na santa comunhão. Outros bens procure quem os quiser; eu, porém, só amo e só desejo o tesouro do Vosso amor: isto só, e nada mais, Vos quero pedir aos pés do altar. Fazei que me esqueça de mim mesmo, para me lembrar somente da Vossa bondade, ó bem-aventurados Serafins, não tenho inveja da vossa glória, mas do amor que consagrais ao vosso Deus que é também o meu; ensinai-me o que devo fazer para O amar e ser-lhe agradável.

Jaculatória — Meu Jesus, só a Vós quero amar, só a Vós quero agradar.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

1º Dia da Visita a Nossa Senhora
Cheia de Graça

Outra fonte de graças, extremamente preciosa para nós, é Maria, nossa Mãe, fonte tão rica de bens, que não há no mundo um só homem que deles não participe. «Todos nós recebemos da sua plenitude», diz São Bernardo. Maria recebeu de Deus toda a abundância da graça, segundo a saudação do Anjo: Eu vos saúdo, cheia de graça. Entretanto, esta abundância de graças, ela recebeu não só para si, mas também para nós.

«Maria, diz São Pedro Crisólogo, recebeu esse imenso tesouro de graças, para repartir dele com lodos os seus devotos servos»

Jaculatória — ó Maria, causa da nossa alegria, rogai por nós!

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

1º Dia da Visita a São José
Sede meu Auxílio

Deus nos ama com tamanha ternura e tão ardentemente deseja nossa sal­vação, que multiplicou para nós os meios de a alcançarmos. Um destes meios é a devoção aos santos. Como eles são seus amigos, o Senhor quer que intercedam por nós e nos consigam por suas orações e merecimentos as graças que não merecemos. Ora, quem não sabe que, entre os escolhidos, São José ocupa, depois de Maria, o primei­ro lugar no coração de Deus, e muito pode junto do Senhor em favor daque­les que o honram? A ele, pois, diga­mos com frequência:

Jaculatória — Dai-me, ó São José, intei­ra confiança na vossa poderosa inter­cessão.

Agora reza-se a oração a São José

2º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Pão da Vida

Diz o piedoso Padre Nieremberg que o pão é um alimento que se consome, quando se come, e se conserva, quando se guarda: razão por que Jesus Cristo quis ficar na terra, oculto sob a espécie de pão, podendo assim unir-se, pela sagrada comunhão, à alma que O ama e, além disso, ser conservado no tabernáculo, para ficar presente no meio de nós, e recordar-nos por esta forma o amor que nos consagra.

São Paulo diz que Jesus Cristo se aniquilou a si mesmo, tomando a forma de servo (Fl 2, 7).

Mas nós, que devemos dizer, vendo-O tomar a forma de pão? Nenhuma língua, diz São Pedro de Alcântara, seria capaz de exprimir a grandeza do amor de Jesus por uma alma em estado de graça. Esta foi a razão por que, ao aproximar-se a hora de partir deste mundo, este esposo dulcíssimo, temendo que a Sua ausência o fizesse esquecido, deixou em lembrança à alma, sua esposa, este augustíssimo Sacramento, em que Ele mesmo reside. E, assim, não quis que houvesse entre ambos, para conservar sempre viva a Sua memória, outra garantia senão Ele mesmo.

Ó meu Jesus, já que estais encerrado nesse tabernáculo para dardes ouvidos às súplicas dos miseráveis que vêm pedir-Vos audiência, escutai hoje a oração que Vos dirige um pecador dentre todos o mais ingrato. Aos Vossos pés venho prostrar-me, arrependido e confuso, pois conheço o mal que fiz ofendendo-Vos. Ah! Meu Deus, oxalá nunca Vos tivesse eu ofendido! E agora sabeis o que desejo? Tendo conhecido a Vossa amabilidade infinita, inflamai-me de amor para conVosco; eu sinto um grande desejo de Vos amar e agradar; mas, se não me auxiliais, nada poderei fazer. Dai, pois, Senhor, dai a conhecer a todo o paraíso o Vosso grande poder e a Vossa imensa bondade; fazei que, de escravo rebelde, eu me torne um servo todo abrasado de amor para conVosco. Isto Vós o podeis e quereis fazer: Supri tudo o que me falta, a fim de que chegue a amar-Vos muito, a amar-Vos pelo menos tanto, quanto Vos tenho ofendido, ó Jesus, eu Vos amo sobre todas as coisas; amo-Vos mais que a minha própria vida, ó meu Deus, meu amor, meu tudo.

Jaculatória — Meu Deus e meu tudo.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

2º Dia da Visita a Nossa Senhora
Trono da Graça

Aproximemo-nos com confiança do trono da graça, a fim de obtermos misericórdia em tempo oportuno (Hb 4). Diz Santo Antonino que este trono é Maria, pela qual Deus nos dispensa todas as graças.

Ó Rainha amabilíssima, já que tendes tão grande desejo de socorrer os pecadores, aqui está um grande pecador que a vós recorre: socorrei-me poderosamente, socorrei-me sem demora.

Jaculatória — Único refúgio dos pecadores, tende piedade de mim.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

2º Dia da Visita a São José
Nosso Pai

Devemos amar muito a São José, porque, como nota Origenes, o mesmo Filho de Deus quis honrá-lo como Pai. Este é o titulo que lhe dá São Lucas no Evangelho, e a própria Mãe de Deus não o designava doutro modo: Vosso pai e eu, dizia ela a Jesus, aflitos vos buscávamos. Se, pois, o Rei dos reis, diz o Cardeal d’Ally, se dignou elevar José a tão alta dignidade, conveniente e justo é que nos esforcemos por honrá-lo quanto pudermos.

Jaculatória — Ao vosso serviço me consagro para sempre, ó São José; protegei-me.

Agora reza-se a oração a São José

3º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Jesus é Alegria

As minhas delícias são estar com os filhos dos homens (Pr 8, 31)

Eis que o nosso Jesus, não contente de morrer por nosso amor, quis ainda, após a Sua morte, ficar conosco no Santíssimo Sacramento, afirmando que nisto encontra as Suas delícias, «ó homens — exclama Santa Teresa — como podeis ofender a um Deus que em vós põe as suas delícias?». Jesus acha as suas delícias em estar conosco e nós não acharemos as nossas em estar com Ele? Nós especialmente que temos a honra de morar no Seu palácio? Quão honrados não se julgam os vassalos a quem o rei hospeda em seu palácio! Ora, o palácio do rei é esta casa em que habitamos com Jesus Cristo. Saibamos, pois, agradecer-Lhe e aproveitar-nos de Sua presença.

Aqui estou, meu Senhor e meu Deus, perante esse altar, onde Vos conservais dia e noite por meu amor. Sois a fonte de todos os bens, o médico para todos os males, o tesouro de todos os pobres: aos Vossos pés está hoje um pecador, de todos o mais pobre e enfermo, que implora a Vossa piedade; tende compaixão de mim. Vendo-Vos neste Sacramento, descido do céu só para me fazer bem, não quero desanimar à vista da minha miséria. Eu Vos louvo, agradeço e amo; e se desejais que Vos peça uma esmola, eis a minha súplica: peço-Vos a graça de não mais Vos ofender e de amar-Vos com todas as minhas forças. Senhor, eu Vos amo de toda a minha alma; amo-Vos com todos os meus afetos: fazei que eu diga isto com verdade e o repita sempre nesta vida e por toda a eternidade.

Maria Santíssima, meus santos padroeiros, e vós, bem-aventurados todos do paraíso, ajudai-me a amar o meu Deus amabilíssimo.

Jaculatória — Ó Jesus, bom pastor e verdadeiro pão de vida, compadecei-Vos de nós; sede Vós mesmo o nosso sustento e defesa, e guiai-nos para a morada da felicidade, para a terra dos vivos.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

3º Dia da Visita a Nossa Senhora
Penhor de Salvação

Os seus vínculos são cadeias de salvação (Ecle 6, 31)

Diz o piedoso Pelbarto que a devoção a Maria é uma cadeia de predestinação. Peçamos, pois, a nossa Senhora que nos prenda cada vez mais com as cadeias de amor à confiança na sua proteção.

Jaculatória — Ó clemente, ó piedosa, ó doce Virgem Maria.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

3º Dia da Visita a São José
Glorioso São José

Que santo, ou ainda que anjo, pergunta São Basílio, mereceu jamais ser chamado Pai do Filho de Deus? Só José teve essa honra. Pelo que, lhe podemos aplicar as palavras de São Paulo: Ele está tão acima dos anjos, que mereceu um nome mais glorioso que o deles. Por seu título São José foi mais honrado de Deus que todos os Patriarcas, Profetas, Apóstolos, Pontífices; todos estes são chamados servos, só São José é chamado Pai.

Jaculatória — São José, Pai nutrício de Jesus, rogai-lhe por mim.

Agora reza-se a oração a São José

4º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Jesus é Amor

A sua conversação nada tem de amargo e a sua intimidade não traz aborrecimento (Sb 8, 16)

No mundo, os amigos encontram tanto prazer em estar juntos que perdem nisso dias inteiros. Na companhia de Jesus Sacramentado só acha tédio quem não O ama. Os Santos encontravam junto dEle o seu paraíso. Santa Teresa apareceu, depois de sua morte, a uma de suas religiosas, e disse-lhes:

«Os que estão no céu e os que vivem na terra devem ser iguais em pureza e amor: uns gozando e outros sofrendo; e o que nós fazemos no céu diante da essência divina, deveis vós fazê-lo na terra perante o Santíssimo Sacramento»

O Santíssimo Sacramento é, pois, o nosso paraíso na terra.

Ó Cordeiro sem mancha, imolado por nós na cruz, lembrai-Vos que sou uma das almas que remistes com tantas dores e com a própria morte. Fazei que sejais todo meu e que eu nunca mais Vos perca, já que Vos destes todo a mim e Vos dais ainda cada dia, sacrificando-Vos por meu amor sobre os altares. Peço-Vos a graça de ser também eu todo Vosso. Sim, dou-me todo a Vós, para que façais de mim o que Vos aprouver. Dou-Vos a minha vontade: prendei-a com as suaves cadeias do Vosso amor, a fim de que seja para sempre escrava da Vossa santíssima vontade. Não quero mais viver para satisfazer os meus desejos, mas semente para contentar a Vossa vontade. Destruí em mim tudo o que Vos desagrada; dai-me a graça de só pensar em Vos agradar, e de só querer o que Vós quereis. Amo-Vos, meu querido Salvador, de todo o meu coração; amo-Vos porque quereis ser amado por mim; amo-Vos porque sois infinitamente digno do meu amor. Sinto não poder amar-Vos quanto o mereceis. Ah! Pudesse eu morrer por Vosso amor!

Aceitai, Senhor, este meu desejo e dai-me o Vosso amor. Amém. Assim seja.

Jaculatória — Ó vontade do meu Deus, eu me ofereço todo a Vós.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

4º Dia da Visita a Nossa Senhora
Mãe Amorosa

Eu sou — diz Maria — a Mãe do belo amor (Eclo 24, 24)

Isto é, cesse amor que torna formosas as nossas almas. Santa Maria Madalena de Pazzis teve uma visão em que lhe parecia ver Maria Santíssima ocupada em distribuir um doce licor, que outra coisa não era senão o amor divino. Este dom só por Maria nos é dispensado; peçamo-lo, pois, a Maria.

Jaculatória — Minha Mãe, minha esperança, fazei-me todo de Jesus.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

4º Dia da Visita a São José
Ide a São José

O Senhor recomendou a Santa Margarida de Cortona que tivesse devoção particular com São José, e não deixasse passar nem um dia sem lhe prestar alguma homenagem, como a quem com inteira fidelidade o sustentou na terra. Não deixemos, pois, de nos recomendar cada dia e muitas vezes no dia a São José. Supliquemos-lhe graças: ele no-las obterá todas, uma vez que sejam úteis à nossa alma.

Jaculatória — São José, fazei que eu seja fiel em vos invocar todos os dias.

Agora reza-se a oração a São José

5º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Jesus Conosco

O pardal — diz Davi — acha para si uma casa, e a rola um ninho onde agasalhe seus filhinhos (Sl 83, 4)

Mas vós, meu Rei e meu Deus, fizestes para Vós um retiro e escolhestes uma habitação aqui na terra, a fim de serdes acessível a todos e morardes no meio de nós. Senhor, deve-se dizer que amais muito apaixonadamente os homens, pois já não sabeis o que mais fazer para que Vos amem. Mas, amabilíssimo Jesus, dai-nos também a graça de Vos amar apaixonadamente, porquanto não é justo que amemos com frieza a um Deus que nos ama com ternura. Atraí-nos com os doces encantos do Vosso amor; dai-nos a conhecer os belos motivos que tendes de ser amado.

Ó majestade e bondade infinita, Vós amais tanto os homens, e tanto tendes feito para serdes amado por eles: como se explica, pois, que dentre eles tão poucos Vos amem? Ah! Eu não quero mais para o futuro ser do número desses infelizes e ingratos; estou resolvido a amar-Vos quanto puder e a não amar senão a Vós. Tanto o mereceis e com tanta ternura mo ordenais; quero contentar-Vos. Fazei, ó Deus de minha alma, que Vos satisfaça plenamente. Pelos méritos da Vossa Paixão vô-lo peço e espero. Os bens da terra, dai-os a quem os deseja: eu só desejo e busco o grande tesouro do Vosso amor. Amo-Vos, meu Jesus; amo-Vos, bondade infinita. Vós sois toda a minha riqueza, toda a minha consolação, todo o meu amor.

Jaculatória — Meu Jesus, destes-Vos todo a mim; eu também me dou todo a Vós.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

5º Dia da Visita a Nossa Senhora
Senhora dos Corações

Ó Senhora minha, São Bernardo vos chama «roubadora dos corações». Diz que arrebatais os corações pela vossa beleza e bondade; arrebatai, eu vô-lo rogo, arrebatai também o meu coração e a minha vontade. Eu vô-la dou toda inteira, oferecei-a a Deus, unida à vossa.

Jaculatória — Ó Mãe amável, rogai por mim.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

5º Dia da Visita a São José
Chefe da Sagrada Família

São José foi estabelecido chefe da Sagrada Família, dessa Família bem pequena pelo número, mas muito grande pela excelência das duas pessoas que a compõem, a saber: a Mãe de Deus e o Filho único de Deus feito homem. Deus o constituiu pois senhor da sua casa. Nessa casa José manda e o Filho de Deus obedece.

Jaculatória — São José, pela obediência que Jesus vos rendeu, tornai-me obediente a todas as vontades de Deus.

Agora reza-se a oração a São José

6º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Nosso Tesouro

Onde estiver o vosso tesouro, aí estará o vosso coração (Lc 12, 34)

Diz Jesus Cristo que, onde alguém julga possuir o seu tesouro, aí se acha também o seu afeto. Eis a razão por que os Santos, que não consideram nem amam outro tesouro fora de Jesus Cristo, depositam no Santíssimo Sacramento o seu coração e todo o seu amor. Ó meu amabilíssimo Jesus Sacramentado, Vós que, por meu amor, ficais dia e noite encerrado nesse tabernáculo, apoderai-Vos do meu coração, eu vô-lo rogo, para que não pense senão em Vós, não ame, não busque, não espere senão em Vós. Fazei-o pelos merecimentos da Vossa paixão; é por eles que eu peço e espero esta graça! Ah! Meu Salvador Sacramentado, amante divino da minha alma, quanto são amáveis as ternas invenções do Vosso amor para Vos fazerdes amar das almas! Ó Verbo eterno, não Vos bastou tomar a nossa natureza e morrer por nós na cruz, quisestes ainda dar-nos este Sacramento para serdes nosso companheiro, nosso alimento e penhor da glória celeste.

Apareceis no meio de nós, ora como menino num presépio, ora como pobre artífice numa oficina; aqui como criminoso num patíbulo, ali como pão sobre um altar. Dizei-me, ó Jesus: que mais podereis inventar para que Vos amem? Ó Deus infinitamente amável, quando começarei em verdade a corresponder a tantas finezas de amor? Senhor, não quero mais viver senão para Vos amar a Vós somente. E de que me serve a vida, se não a emprego toda em Vos amar e agradar, a Vós, meu amado Redentor, que destes toda a Vossa vida por mim? E que amarei eu, se não Vos amo, a Vós que sois todo belo, todo amante, todo amável? Que a minha alma, pois, só viva para Vos amar; que o meu coração se derreta à só lembrança do Vosso amor; e só de ouvir as palavras — presépio, cruz, sacramento — se inflame todo no desejo de fazer grandes coisas por Vós, ó Jesus, que tanto fizestes e padecestes por mim!

Jaculatória — Permiti, Senhor, que antes de morrer, eu faça alguma coisa por Vós.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

6º Dia da Visita a Nossa Senhora
Mãe de Misericórdia

Eu sou como a oliveira nos campos (Eclo 24, 19)

Eu sou, diz Maria, essa bela oliveira da qual corre continuamente o óleo da misericórdia. E estou nos campos, a fim de que todos me vejam e a mim recorram. Digamos-lhe, pois, com Santo Agostinho:

«Lembrai-vos, ó misericordiosíssima Virgem Maria, que nunca se ouviu dizer que haja sido abandonado por vós algum daqueles que imploram o vosso socorro»

Não permitais, pois, seja eu tão infeliz que, recorrendo a vós, seja por vós abandonado.

Jaculatória — Ó Maria, concedei-me a graça de recorrer sempre a vós.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

6º Dia da Visita a São José
Modelo de Humildade

Josué maravilhou o mundo, quando mandou o sol parar, para lhe dar tempo de terminar a derrota de seus inimigos, e o sol obedeceu. Mas, que comparação entre Josué, obedecido do sol, criatura inanimada, e José, obedecido de Jesus Cristo, o Filho de Deus!?

Jaculatória — Vós, ó São José, que sois tão grande e ao mesmo tempo tão humilde, obtende-me a verdadeira humildade.

Agora reza-se a oração a São José

7º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Conosco até o Fim

Eis que estou convosco todos os dias até à consumação dos séculos (Mt 28, 20)

Este nosso amoroso pastor, tendo dado a vida por nós Suas ovelhas, mesmo morrendo não quis separar-se de nós. Eis-me aqui, diz Ele, eis-me aqui, queridas ovelhas, sempre convosco; por vós é que fiquei neste Sacramento. Aqui me encontrareis, sempre que o quiserdes, para vos ajudar e consolar com a minha presença. Não vos abandonarei até ao fim do mundo, enquanto estiverdes sobre a terra. O celeste Esposo — dizia São Pedro de Alcântara — queria, durante sua prolongada ausência, deixar à alma, sua esposa, uma companhia a fim de que ela não ficasse só: por isso deixou este Sacramento, onde reside em pessoa, pois, era essa a melhor companhia que lhe podia deixar.

Senhor cheio de bondade, amabilíssimo Salvador meu, estou visitando-Vos agora neste altar; mas com que amor não me retribuís esta visita quando, pela Santa Comunhão, vindes à minha alma! Então não só me estais presente, mas até Vos tomais meu alimento, unindo-Vos e dando-Vos todo a mim; e, no entanto, eu sou um vermezinho e Vós sois Deus!…

Ó Deus de amor, ó amor de minha alma, quando me verei todo Vosso de verdade e não só de palavra? Em Vós está, Senhor, o aumentar em mim a confiança de, pelos merecimentos do Vosso sangue, alcançar a graça de ser todo Vosso e não mais de mim mesmo.

Ó Jesus, Vós ouvis as súplicas de todos os homens; ouvi hoje a prece duma alma que Vos quer amar verdadeiramente. Quero amar-Vos com todas as minhas forças e obedecer-Vos em tudo, sem interesse, sem consolações, sem recompensa. Quero servir-Vos só por amor, só para Vos dar gosto, só para comprazer o Vosso coração, que tão apaixonadamente me ama. A minha recompensa será amar-Vos, ó Filho amado do Pai Eterno, apoderai-Vos da minha liberdade, da minha vontade, de tudo o que é meu, da minha própria pessoa e dai-Vos a mim. Eu Vos amo, eu Vos busco, por Vós suspiro e só a Vós quero, sim, só a Vós.

Jaculatória — Meu Jesus, fazei que eu seja todo Vosso.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

7º Dia da Visita a Nossa Senhora
Maria, nossa Esperança

Senhora amabilíssima, toda a Igreja vos chama e saúda: esperança nossa. Portanto, vós que sois a esperança de todos, sede também a minha esperança. São Bernardo vos chamava «o fundamento de sua esperança», e acrescentava:

«Aquele que desespera, ponha em vós a sua esperança»

Por isso quero dizer-vos também eu: ó Maria, minha Mãe, vós salvais até os desesperados; em vós ponho toda a minha esperança.

Jaculatória — Maria, Mãe de Deus, rogai a Jesus por mim.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

7º Dia da Visita a São José
São José, salvai-nos

Escutemos São Bernardo falando de São José:

Este servo fiel foi escolhido para ser, não somente o consolador da Mãe de Deus, no meio das tribulações que ela havia de sofrer, e o pai nutrício de Jesus Cristo, mas ainda para cooperar, dalgum modo, na redenção do mundo, que foi obra do grande conselho das três pessoas divinas

Jaculatória — São José, salvai-nos: Nossa salvação está nas vossas mãos.

Agora reza-se a oração a São José

8º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Jesus Acolhedor

A toda alma, que O visita no Santíssimo Sacramento, Jesus dirige as palavras que dissera outrora à esposa nos Cânticos:

Levanta-te, apressa-te, minha amada, minha toda formosa e vem (Ct 2,10)

Alma, que me visitas, levanta-te, sai de tuas misérias, pois eu aqui estou para enriquecer-te de mim, não temas a minha majestade que se humilhou neste Sacramento para tirar-te o temor e inspirar-te confiança. Amiga minha: sim, alma querida, não és mais minha inimiga, mas sim minha amiga, uma vez que me amas e eu te amo também. Minha toda formosa: a minha graça é que te fez tão bela. E vem: chega-te, pois, a mim, lança-te nos meus braços, e pede-me com grande confiança tudo o que quiseres.

Dizia Santa Teresa que, se este grande Rei da glória se ocultou sob as espécies de pão e velou Sua majestade neste Sacramento, foi para infundir- nos coragem de achegar-nos com mais confiança ao Seu divino Coração. Cheguemo-nos, pois, a Jesus com muita confiança e amor; unamo-nos com Ele e peçamos-Lhe graças.

Qual não deve ser a minha alegria, ó Verbo eterno feito homem e sacramentado por meu amor, ao saber que estou diante de Vós, que sois o meu Deus, a majestade e bondade infinita, que tanto amais a minha alma! Almas que amais a Deus, onde quer que estejais, no céu ou na terra, amai-O também por mim. Maria, minha Mãe, ajudai-me a amá-lO. E Vós, amadíssimo Senhor, tornai-Vos o único objeto de todo o meu amor. Apoderai-Vos da minha vontade e possuí-me por completo. Consagro-Vos o meu espírito, a fim de que pense sempre na Vossa bondade; consagro-Vos o meu corpo, para que me ajude a Vos agradar; consagro-Vos a minha alma, para que seja toda Vossa. Eu quisera, ó amado de minha alma, que todos os homens conhecessem a ternura do amor que lhes tendes, a fim de que só vivessem para Vos honrar e comprazer como o desejais e mereceis. Que ao menos eu viva sempre encantado com a vossa beleza infinita! Daqui por diante quero fazer quanto possa para Vos agradar. Proponho deixar tudo o que conheça não ser do Vosso agrado, custe o que custar, embora tivesse de perder tudo, até a própria vida. Feliz de mim, ainda que perca tudo, contanto que Vos possua, ó meu Deus, meu tesouro, meu amor, meu tudo!

Jaculatória — Jesus, meu amor, tomai-me, possuí-me todo.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

8º Dia da Visita a Nossa Senhora
Maria, nossa Mãe

Se alguém é pequeno venha a mim (Pr 9, 4)

Maria convida todas as criancinhas, que têm necessidade de mãe, a recorrerem a ela como à mais amorosa que é de todas as mães.

«O amor de todas as mães — diz o piedoso Nieremberg — é uma sombra em comparação do amor que Maria tem a cada um de nós»

Minha Mãe, Mãe de minha alma, que me amais e desejais a minha salvação mais que todos depois de Deus, «mostrai que sois minha Mãe».

Jaculatória — Minha Mãe, fazei que eu me lembre sempre de vós.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

8º Dia da Visita a São José
Somos Vossos Filhos

Segundo São João Damasceno, Deus Pai deu a São José, em relação a Jesus, amor, solicitude e autoridade de pai, a fim de que cumprisse bem sua missão: o amor, para que o guardasse com a maior ternura; a solicitude, para que o cercasse com todos os cuidados possíveis; enfim a autoridade, para que o santo Patriarca tivesse certeza de ser obedecido em tudo que ordenasse no tocante à pessoa do Salvador.

Jaculatória — São José, sede sempre nosso Pai e conceda-nos a graça de sermos verdadeiros filhos vossos.

Agora reza-se a oração a São José

9º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Fonte de Graça

São João diz que viu o Senhor vestido de uma comprida túnica e cingido com um cinto de ouro (Ap 1, 13)

Assim é que Jesus se nos apresenta no Sacramento do altar, querendo com isto significar a multidão e o valor das graças que, na Sua misericórdia, deseja conceder-nos. Semelhante à mãe, que corre aonde está o filhinho para nutri-lo com seu leite, Jesus nos diz: Como filhos muito amados eu Vos apertarei contra o peito.

O Venerável Padre Álvarez viu Jesus no Santíssimo Sacramento com as mãos cheias de graças, procurando a quem distribuí-las. Quando Santa Catarina de Sena se aproximava da sagrada mesa, fazia-o — dizem — com a terna avidez duma criancinha que busca o seu alimento.

Ó Filho unigênito e muito amado do Pai Eterno, conheço que Sois o mais digno objeto do nosso amor. Por isso desejo amar-Vos quanto mereceis; ao menos tanto quanto uma alma pode desejar amar-Vos. Compreendo muito bem que, tendo sido assaz traidor e rebelde ao Vosso amor, não mereço amar-Vos nem estar perto de Vós como estou nesta igreja; contudo, sei que quereis o meu amor e ouço a Vossa voz que me diz: Meu filho, dá-me o teu coração. Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração. Reconheço que, se me conservastes a vida e não me precipitastes no inferno, foi para que eu me convertesse inteiramente ao Vosso amor. Já que ainda quereis ser amado de mim, eis-me aqui, ó meu Deus, a Vós me entrego, a Vós me dou. Amo-Vos, ó Deus todo bondade, todo amor, e escolho-Vos para único rei e senhor do meu pobre coração. Vós o quereis, eu vô-lo dou: é frio, é manchado, mas, se o aceitais, Vós o transformareis. Transformai-me, Senhor, transformai-me; não ouso viver mais, como no passado, tão ingrato e tão pouco amante da Vossa infinita bondade que tanto me ama e merece um amor infinito. Fazei que daqui em diante eu repare a falta de amor com que Vos tratei no passado.

Jaculatória — Meu Deus, meu Deus, eu quero amar-Vos; sim, eu quero amar-Vos.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

9º Dia da Visita a Nossa Senhora
Consolo dos Aflitos

Em tudo semelhante a seu Filho Jesus, Maria, a Mãe de misericórdia, sente viva alegria quando pode socorrer e consolar os miseráveis. Tamanho é o desejo que tem esta boa Mãe de fazer bem a todos, que São Bernardino de Bústis diz:

«Maior é o desejo que ela tem de fazer-nos bem e conceder-nos graça que o que nós temos de recebê-la»

Jaculatória — Salve, ó Maria, esperança nossa!

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

9º Dia da Visita a São José
Alcançai-nos a Contrição

Ó santo Patriarca, pela pena que padecestes vendo o Verbo divino nascido num estábulo, em tão grande pobreza, sem lume, sem vestidos, e chorando de frio, vos peço me obtenhais verdadeira dor de meus pecados, que foram a causa das lágrimas de meu Jesus. Pela consolação que depois tivestes, ao contemplardes o Menino Jesus na gruta, tão belo e atraente, que vosso coração começou desde então a arder em amor mais vivo para com um Deus tão amável e tão amante, obtende-me a graça de amá-lO também com um grande amor na terra, a fim de poder possuí-lO um dia no céu.

Jaculatória — São José, penetrai nossos corações de contrição e tornai-os mais sensíveis às amabilidades de Jesus.

Agora reza-se a oração a São José

10º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Jesus, Único Bem

Ó insensatos do mundo — diz Santo Agostinho — infelizes, aonde ides para contentar o vosso coração? Vinde a Jesus, pois só Ele vos dará o contentamento que buscais. Minha alma, não sejas tu também tão insensata, busca somente a Deus.

Procura esse único verdadeiro Bem, no qual se encontram todos os bens. (Santo Agostinho)

E se queres encontrar depressa, aí está Ele junto de ti: dize-Lhe o que desejas, pois, para te ouvir e consolar é que Ele está presente no tabernáculo.

Santa Teresa dizia:

«A ninguém é permitido falar pessoalmente com o rei: o muito que alguém pode esperar é de falar-lhe por meio duma terceira pessoa. Mas, para vos falar, ó Rei da glória, não se requer terceira pessoa; ai no Santíssimo Sacramento sempre Vos achais pronto a dar audiência a todos. Todo aquele que Vos procura, aí Vos encontra e Vos fala com toda a singeleza. De mais a mais, se alguém consegue falar com o rei, para isso quanto não é necessário esperar?»

Ó Sacramento de amor, que, quer Vos deis na Sagrada Comunhão, quer fiqueis sobre os altares, sabeis com os amorosos atrativos do Vosso amor ganhar tantos corações, os quais, ardendo de amor por Vós e maravilhados de Vossa grande bondade, se sentem felizes no Vosso amor e não pensam senão em Vós: apoderai-Vos também do meu pobre coração, que tanto deseja amar-Vos e ser sempre escravo do Vosso amor. De hoje em diante coloco nas mãos de vossa bondade todas as minhas esperanças, todos os meus afetos, o meu corpo e minha alma, tudo enfim. Aceitai-me, Senhor, e disponde de mim como Vos aprouver. Não quero mais queixar-me das Vossas santas disposições, pois sei que, procedendo todas do Vosso amoroso Coração, serão disposições amorosas e para meu bem. Basta que Vós as queirais, para eu também as querer no tempo e na eternidade. Fazei de mim o que quiserdes; uno-me sem reserva à Vossa vontade, que é toda santa, toda boa, toda bela, toda perfeita, toda amável.

Ó vontade de meu Deus, quanto me sois cara! ConVosco unido quero viver e morrer: o Vosso agrado seja o meu agrado, os Vossos desejos sejam os meus desejos! Meu Deus, meu Deus, ajudai-me: fazei que de ora avante eu viva só para Vós, para querer só o que Vós quereis, para amar somente a Vossa amável vontade. Oxalá morra eu por Vós, que por mim Vos dignastes morrer e tornar-Vos meu alimento. Detesto os dias em que fiz a minha vontade com tanto desgosto para Vós. Amo-Vos, ó vontade de Deus, amo-Vos quanto amo a Deus, pois sois uma só coisa com Deus; amo-Vos, portanto, de todo o meu coração, e dou-me todo a Vós.

Jaculatória — Ó vontade de Deus, Vós sois o meu amor.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

10º Dia da Visita a Nossa Senhora
Grande Rainha

A nossa grande Rainha diz:

Comigo estão as riquezas… para enriquecer os que me amam. (Pr 8, 18)

Amemos, pois, a Maria, se queremos ser ricos de graças. O abade de Céles diz que Maria é a «tesoureira das graças». Feliz daquele que recorre a Maria com amor e confiança! Minha Mãe, minha esperança, podeis fazer-me santo; de vós espero esta graça.

Jaculatória — Mãe amabilíssima, rogai por mim.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

10º Dia da Visita a São José
Quero ser todo Vosso

Santo Protetor meu, por vossa pronta e contínua obediência à vontade de Deus, alcançai-me de vosso Jesus a graça de obedecer a seus divinos preceitos; alcançai-me que, na viagem que faço para a eternidade, no meio de tantos inimigos, não perca jamais a companhia de Jesus e Maria até o último suspiro: nesta companhia, todas as penas da vida e a mesma morte ser-me-ão doces e preciosas.

Jaculatória — São José, quero ser todo vosso, para perseverar, por meio de vós, todo de Jesus e Maria.

Agora reza-se a oração a São José

11º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Bom Pastor

«Procuremos não nos afastar — diz Santa Teresa — nem perder de vista o nosso amado pastor Jesus Cristo, pois as ovelhas que se conservam junto do seu pastor são sempre as mais acariciadas e favorecidas, porque sempre lhes dá algum bocadinho escolhido do que ele próprio come. E, se acontecer que o pastor adormeça, a ovelhinha não se afasta de junto dele até que desperte ou ela mesma o acorde; e então recebe dele novos favores e caricias»

Ó meu Redentor Sacramentado, eis me aqui junto de Vós; só uma dádiva espero de Vós, a saber: o fervor e a perseverança no Vosso amor.

Ó santa fé, graças vos dou por me ensinardes e dardes a certeza que no Sacramento do altar, nesse pão celeste, não há mais pão, pois nele está o meu Senhor Jesus Cristo e aí está todo por meu amor. Meu Senhor e meu tudo, creio que estais presente no Santíssimo Sacramento: e, embora oculto aos olhos mortais, reconheço-Vos, com a luz da santa fé, na hóstia consagrada, pelo Soberano do céu e da terra e Salvador do mundo. Ah! Meu dulcíssimo Jesus, como sois a minha esperança, a minha salvação, a minha força e a minha consolação, assim quero que sejais também todo o meu amor e o objeto único de todos os meus pensamentos, desejos e afetos. Mais me comprazo da suma felicidade de que gozais e gozareis etemamente, do que se possuísse todos os bens possíveis nesta e na outra vida.

A minha maior felicidade, meu amado Redentor, é saber que sois plenamente feliz e que a Vossa felicidade é infinita. Reinai, pois, Senhor, reinai Vós só na minha alma; eu vô-la dou toda, tomai posse dela para sempre. A minha vontade, os meus sentidos e todas as minhas potências sejam escravas do Vosso amor, e não sirvam neste mundo senão para Vos dar gosto e glória. Assim foi a vossa vida, ó Mãe do meu Jesus, que fostes a primeira a amá-lO neste mundo. Maria Santíssima, assistí-me e obtende-me a graça de viver daqui por diante como vós vivestes, sempre feliz, pertencendo inteiramente a Deus.

Jaculatória — Ó meu Jesus, seja eu todo Vosso e Vós todo meu.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

11º Dia da Visita a Nossa Senhora
Nosso Modelo

Ditoso o homem que vela cada dia à entrada de minha casa, e se conserva à minha porta (Pr 8, 34)

Felizes aqueles que, imitando o exemplo dos pobres às portas dos ricos, não cessam de pedir a esmola de alguma graça às portas da misericórdia de Maria. E mais feliz ainda é aquele que procura imitar as virtudes que descobre em Maria, especialmente a sua pureza e a sua humildade.

Jaculatória — Ó Maria, minha esperança, socorrei-me.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

11º Dia da Visita a São José
Aumentai nossa Fé

Ó grande Santo, pelo merecimento da angústia que padecestes, quando perdestes a Jesus no templo, alcançai-me lágrimas com que chore incessantemente as injúrias que fiz a meu divino Senhor; e pela alegria que tivestes, encontrando-O no templo, rogo-vos me negocieis a felicidade de achá-lO também, fazendo-O entrar na minha alma por sua graça e de não perdê-lO mais nunca.

Jaculatória — São José, fazei crescer em nós a fé, sobretudo a fé pela qual cremos na presença de Jesus, no Santíssimo Sacramento.

Agora reza-se a oração a São José

12º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Deus é Amor

Deus é amor, e aquele que permanece no amor, permanece em Deus e Deus nele (1 Jo 4, 16)

Quem ama a Jesus está com Jesus e Jesus está com ele. Se alguém me ama, meu Pai o amará; e viremos a ele, e nele faremos nossa morada (Jo 14, 23)

Quando São Filipe Néri recebeu o santo Viático, ao ver entrar o Santíssimo Sacramento, exclamou: Eis aí o meu amor, eis aí o meu amor! Diga, pois, cada um de nós na presença de Jesus Sacramentado: Eis aqui o meu amor, eis o objeto do meu amor nesta vida e por toda a eternidade.

Meu Senhor e meu Deus, dissestes no Evangelho que quem Vos ama será amado por Vós e vireis habitar nele para não mais Vos separardes. Senhor, eu Vos amo mais do que todos os bens, amai-me Vós também, pois prefiro o Vosso amor a todos os reinos do mundo. Vinde, pois, e de tal modo fixai a Vossa morada na pobre casa da minha alma, que não mais Vos separeis de mim ou, para melhor dizer, que eu não mais Vos expulse do meu coração; porquanto, Vós não Vos retirais senão quando expulso. E, como Vos expulsei no passado, assim poderia expulsar-Vos de novo. Ah! Não permitais que se dê no mundo esta nova perfídia, esta horrenda ingratidão, que eu, particularmente favorecido por Vós, depois de tantas graças, tenha ainda a infelicidade de Vos expelir da minha alma. E contudo pode isso acontecer; por isso, ó meu Deus, desejo morrer — se fôr do Vosso agrado — a fim de que, morrendo unido conVosco, tenha a ventura de viver unido conVosco para sempre. Sim, meu Jesus, assim o espero. Eu Vos abraço e aperto ao meu pobre coração: fazei que sempre Vos ame e sempre seja de Vós amado. Sim, amabilíssimo Redentor meu, sempre Vos hei de amar, e Vós sempre a mim. Espero que sempre nos amaremos, ó Deus de minha alma, agora e por toda a eternidade. Assim seja.

Jaculatória — Meu Jesus, quero amar-Vos sempre, e ser amado de Vós.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

12º Dia da Visita a Nossa Senhora
Mãe da Perseverança

Aquele que se dedica ao meu serviço — diz Maria — terá a perseverança (Eclo 24, 30)

E os que trabalham por me fazer conhecer e amar dos outros, serão predestinados. Tomai, pois a resolução de falar, todas as vezes que puderdes, seja em público, seja em particular, das glórias de Maria e da devoção que lhe é devida.

Jaculatória — Permiti, ó Virgem santa, que eu publique os vossos louvores.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

12º Dia da Visita a São José
Virtude dos Anjos

Quando Deus destina uma pessoa a certa função, diz Santo Tomás, dá-lhe todas as graças necessárias para exercê-la dignamente. Tendo Deus destinado São José a fazer o ofício de Pai junto da pessoa do Verbo Encarnado, devemos ter por certo que o ornou com todos os dons de sabedoria e santidade que convinham a tal cargo. Gerson diz que São José recebeu, entre outros, três privilégios especiais: primeiro, ser santificado no seio de sua mãe, como Jeremias e São João Batista; segundo, ser ao mesmo tempo confirmado em graça; terceiro, ser sempre isento de todos os movimentos da concupiscência, graça de que, pelos méritos de sua pureza, ele costuma fazer participantes seus devotos servos, livrando-os dos apetites carnais.

Jaculatória — São José, lírio brilhante de castidade, conservai em nós esta virtude dos anjos.

Agora reza-se a oração a São José

13º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Jesus não Abandona

Os meus olhos e o meu coração estarão aí todos os dias (3 Rs 9,3)

Esta magnífica promessa Jesus a realizou no Santíssimo Sacramento do altar, onde quis ficar presente de dia e de noite. Meu divino Salvador, bastaria sem dúvida que ficásseis neste Sacramento só durante o dia, quando encontrais, para Vos fazerem companhia, adoradores de Vossa divina presença; por que quisestes ficar também de noite, quando as igrejas se fecham, e os homens se recolhem às suas casas, deixando-Vos absolutamente só? Ah! Eu Vos compreendo; o amor Vos tornou nosso prisioneiro: o amor ardente que nos tendes de tal modo Vos prendeu à terra que não permite que nos abandoneis nem de dia nem de noite. Ah! Salvador amabilíssimo, esta só fineza do Vosso amor deveria obrigar todos os homens a permanecerem na Vossa presença, diante dos santos cibórios, e a não saírem dai senão à fôrça. E, afastando-se, deveriam deixar aos pés do altar os seus corações e os seus afetos para com esse Deus feito homem, que fica sozinho e encerrado num tabernáculo, todo olhos para ver e prover as nossas necessidades, e todo coração para nos amar, esperando ansiosamente o dia seguinte para receber as visitas de Suas almas muito amadas.

Ó meu Jesus, eu quero contentar-Vos: consagro-Vos, pois, toda a minha vontade e todos os meus afetos. Ó majestade infinita de um Deus, ficastes neste divino Sacramento não só para estardes perto de nós, mas principalmente para Vos comunicardes às almas que amais. Mas, Senhor, quem ousará aproximar-se para se alimentar da Vossa carne? Por outro lado, quem poderá afastar-se de Vós? Justamente para Vos unirdes conosco, e possuirdes os nossos corações, é que estais oculto na hóstia consagrada. Sim, ardeis em desejo de ser recebido por nós e o Vosso prazer é estar unido conosco. Vinde, pois, meu Jesus, vinde; desejo receber-Vos no meu peito para que sejais o Deus do meu coração e da minha vontade, ó meu querido Redentor, pelo Vosso amor dou tudo quanto possuo: satisfações, prazeres, vontade própria, tudo Vos dou. Ó amor, ó Deus de amor, reinai sobre mim, triunfai de mim; destruí e sacrificai em meu ser tudo o que for meu e não Vosso. Não consintais, ó meu amor, que a minha alma, cheia da majestade de um Deus, depois de Vos haver recebido na sagrada comunhão, venha a aferrar-se ainda às criaturas. Amo-Vos, ó meu Deus, amo-Vos, e só a Vós quero amar para sempre.

Jaculatória — Atraí-me, Senhor, pelos doces laços do Vosso amor.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

13º Dia da Visita a Nossa Senhora
Tesouro de Graças

São Bernardo exorta-nos a procurar a graça e a procurá-la por intermédio de Maria. Ela é, diz São Pedro Damião, o tesouro das graças divinas. Maria pode e quer enriquecer-nos; por isso nos convida e chama, dizendo: Se alguém é pequeno (e pobre), venha a mim (Pr 9, 4). Ó Senhora amabilíssima, ó Senhora sublímíssima, ó Senhora graciosíssima, volvei o vosso olhar para um pobre pecador que a vós se recomenda e em vós põe a sua confiança.

Jaculatória — Sob a vossa proteção nos acolhemos, ó santa Mãe de Deus.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

13º Dia da Visita a São José
Homem Justo

José, no Evangelho, é chamado justo: José, seu esposo, sendo um homem justo… Ora, que é um homem justo? É, segundo São João Crisóstomo, um homem que possui todas as virtudes:

«Notai, diz ele, que José é chamado justo, porque tinha tôdas as virtudes num grau perfeito»

José já era santo antes do seu matrimônio, mas sua santidade cresceu muito quando ele se uniu à Mãe de Deus; só os exemplos de sua santa Esposa bastavam para santificá-lo; e se Maria é, como diz São Bernardino de Sena, a Dispensadora de todas as graças que Deus faz aos homens, com que profusão devemos crer que ela enriqueceu a seu Esposo, a quem tanto amava e de quem era tão amada!

Jaculatória — São José, aumentai minha devoção para com Maria.

Agora reza-se a oração a São José

14º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Amor pede Amor

Amabilíssimo Jesus, eu Vos ouço dizer daí desse tabernáculo, onde residis:

Este é o lugar do meu repouso sempiterno; nele quero habitar, porque para isto o escolhi (Sl 131,14)

Se, pois, quisestes escolher a Vossa morada entre nós sobre os altares no Santíssimo Sacramento, e o amor que nos tendes Vos faz achar aqui o Vosso repouso, justo é que os nossos corações aqui habitem sempre conVosco pelo amor, e aqui achem o seu repouso e todas as suas delícias. Felizes de vós, almas amantes, que não encontrais neste mundo consolação mais doce do que a de estar aos pés de Jesus Sacramentado! Ah! E que feliz seria também eu, Senhor, se daqui em diante não encontrasse maior prazer do que o de estar sempre diante de Vós ou ao menos pensando sempre em Vós que, nesse Santíssimo Sacramento, estais pensando continuamente em mim e na minha felicidade!

Ah! Senhor, por que tenho eu perdido tantos anos, nos quais não Vos tenho amado? Anos infelizes, eu vos detesto; e a Vós bendigo, ó paciência infinita do meu Deus, que tantos anos me tendes suportado; apesar de tão ingrato, Vós me esperais ainda: por que, ó meu Deus, por que? Ah! A fim de que, um dia, vencido pelas Vossas misericórdias e pelo Vosso amor, eu me dê inteiramente a Vós. Senhor, não quero mais ser ingrato para conVosco. É justo que Vos consagre o tempo, que ainda me resta de vida, quer pouco, quer muito. Espero, ó meu Jesus, que me auxiliareis a ser todo Vosso; pois, se tanto me favorecestes, quando eu Vos fugia e desprezava o Vosso amor, como não devo esperar que me favoreçais agora que Vos procuro e vos desejo amar, ó Deus digno de um amor infinito? Amo-Vos de todo o meu coração, amo-Vos sobre todas as coisas, amo-Vos mais que a mim mesmo, mais do que a minha própria vida. Arrependo-me de Vos haver ofendido, ó bondade infinita; perdoai-me e, com o perdão, concedei-me a graça de Vos amar muito nesta vida até à morte e, na outra, por toda a eternidade. Pelo Vosso poder, ó Deus Todo-poderoso, mostrai ao mundo este prodígio: uma alma tão ingrata como a minha, convertida numa das mais fervorosas no Vosso amor. Fazei-o pelos Vossos méritos, ó meu Jesus. Isto é o que proponho fazer durante toda a minha vida; Vós que me inspirais este desejo, dai-me forças para o por em prática.

Jaculatória — Graças Vos dou, ó meu Jesus, por me haverdes esperado até esta hora.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

14º Dia da Visita a Nossa Senhora
Nossa Confiança

«Ninguém — diz São Germano, dirigindo-se a Maria — ninguém se salva senão por vós, ninguém recebe um favor divino senão por vós»

Assim, pois, minha Senhora e minha esperança, se não me ajudardes, estou perdido, e não poderei ir bendizer-vos no paraíso. Mas, ó Senhora minha, todos os Santos dizem que não abandonais a quem a vós recorre. Só se perde aquele que a vós não se recomenda. A vós, pois, recorro, miserável como sou, e em vós ponho todas as minhas esperanças.

JaculatóriaMaria é toda a minha confiança, e todo o fundamento da minha esperança (São Bernardo).

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

14º Dia da Visita a São José
Inflamai nosso Coração

Os dois discípulos que iam a Emaús, sentiram-se abrasados de amor divino, nos poucos momentos que acompanharam o Salvador e ouviram sua palavra. Não é verdade, dizem eles entre si, que nosso coração ardia dentro de nós, enquanto ele nos falava pelo caminho? Que devemos pensar das chamas de santa caridade que se desenvolveram no coração de São José, durante os trinta anos que passou na companhia do Filho de Deus, meditando as palavras de vida eterna, que saiam de sua boca, observando os perfeitos exemplos de humildade, paciência e obediência que Ele dava, mostrando-se tão pronto em ajudá-lo em seus trabalhos e servi-lo em tudo na casa?

Jaculatória — Inflamai-nos, ó São José, no amor para com Jesus.

Agora reza-se a oração a São José

15º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Fogo de Amor

Eu vim trazer fogo à terra — diz o Senhor — e que desejo senão que ele se acenda? (Lc 12, 40)

Dizia o venerável Pe. Francisco Olímpio, teatino, que não há na terra coisa que mais vivamente acenda o fogo do amor divino no coração dos homens do que o Santíssimo Sacramento do altar. É o que o Senhor fez conhecer à Santa Catarina de Sena, quando se deixou ver no Santíssimo Sacramento sob a forma duma fornalha de amor, da qual saíam torrentes de chamas divinas, que se espalhavam por toda a terra; em vista disso a santa, maravilhada, não sabia explicar como pudessem os homens viver sem se consumirem nas chamas do amor divino. Ó meu Jesus, abrasai-me de amor por Vós; fazei que eu não pense senão em Vós, não suspire senão por Vós, não deseje e não procure senão a Vós. Oh! Como eu seria feliz, se este fogo sagrado me possuísse por completo, e, ao se consumirem os meus anos, ele consumisse felizmente em mim todos os afetos terrenos.

Ó Verbo divino, ó meu Jesus, vejo-Vos sobre o altar, imolado, aniquilado e destruído por meu amor; é, pois, muito justo que, como Vos tornais vítima de amor por mim, assim eu me consagre e sacrifique todo a Vós. Sim, meu Deus e meu soberano Senhor, sacrifico-Vos hoje toda a minha alma, todo o meu ser, toda a minha vida. Este meu pobre sacrifício eu o associo, ó Pai eterno, ao sacrifício infinito que Jesus Cristo, Vosso Filho e meu Salvador, Vos fez de Si mesmo outrora na cruz, e que renova ainda, cada dia, tantas vezes, sobre os altares. Aceitai-O, pois, pelos merecimentos de Jesus, e concedei-me a graça de o renovar todos os dias da minha vida, e de morrer sacrificando-me todo em honra Vossa. Desejo a graça, a tantos mártires concedida, de morrer por Vosso amor. Mas, se não sou digno de tamanho favor, ao menos concedei-me, Senhor, o de Vos sacrificar de boa vontade a minha vida, aceitando desde já a morte que Vos aprouver enviar-me. Senhor, eis a graça que desejo: morrer para Vos honrar e ser-Vos agradável. E, por isso, desde já Vos sacrifico a minha vida e Vos ofereço a minha morte, de qualquer forma e em qualquer tempo que ela venha.

Jaculatória — Meu Jesus, quero morrer para Vos ser agradável.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

15º Dia da Visita a Nossa Senhora
Esperança Nossa

Ó Senhora minha dulcíssima, permiti que, com São Bernardo, eu vos chame ainda «o fundamento de minha esperança»; e deixai-me dizer, com São João Damasceno, que em vós «depositei toda a minha esperança». Vós haveis, pois, de alcançar-me o perdão de meus pecados, a perseverança até à morte e a graça de ser livre do purgatório. Aqueles que se salvam, todos vos devem a salvação; vós, pois, ó Maria, é que me haveis de salvar. Para isso basta que o queirais. Tende, portanto, vontade de salvar-me e serei salvo. Ora, vós salvais todos os que vos invocam. Pois bem, eu vos invoco, dizendo:

JaculatóriaÓ salvação dos que vos invocam, salvai-me (São Boaventura).

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

15º Dia da Visita a São José
Animai nosso Zelo

O Apóstolo nos ensina que, na outra vida, o Senhor recompensará a cada um segundo suas obras. Qual não deve ser, pois, a glória concedida a São José, que tanto o amou e lhe prestou tantos serviços durante sua vida cá na terra! O Senhor prometeu recompensa a todo aquele que der aos pobres, em seu nome, ainda que não seja mais que um copo d’água. Qual será a recompensa de José que pode dizer a Jesus: não somente Vos dei o sustento, a habitação, o vestuário, mas Vos salvei a vida, livrando-Vos das mãos de Herodes?

Jaculatória — São José, animai nosso zelo em crescer na virtude pela esperança das recompensas eternas.

Agora reza-se a oração a São José

16º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Jesus, nossa Vida

Oh! Se os homens recorressem sempre ao Santíssimo Sacramento, quando procuram remédio para seus males, certamente não seriam tão miseráveis como são. Isaías suspirava dizendo:

Porventura não há bálsamo em Galaad? Ou não se encontra ali médico algum? (Jr 8, 22)

Galaad, montanha da Arábia, rica em unguentos aromáticos, é, no dizer de São Beda Venerável, uma figura de Jesus Cristo, que nos preparou neste Sacramento todos os remédios para os nossos males. Por que então — parece dizer o Redentor — por que então vos queixais dos vossos males, ó filhos de Adão, sendo que tendes neste Sacramento o médico e o remédio para todo mal? Vinde todos a mim… e Eu vos alentarei.

Quero, pois, dizer-Vos com as irmãs de Lázaro:

Senhor, eis que está enfermo aquele que amais (Jo 11, 3)

Senhor, eu sou esse miserável a quem Vós amais; os pecados abriram chagas em minha alma; venho, pois, a Vós, meu médico divino, a fim de que me cureis; se o quiserdes, podeis curar-me: sim, curai a minha alma, porque contra Vós pequei (Sl 40, 5).

Dulcíssimo Jesus meu, pelos amabilíssimos laços do Vosso amor, atraí-me todo a Vós. Prefiro viver unido a Vós, a ser senhor de toda a terra. Nada desejo neste mundo senão amar-Vos. Pouco é o que Vos posso dar; mas, se pudesse ter todos os reinos do mundo, não os quisera senão para renunciá-los todos por Vosso amor. Por Vosso amor renuncio, pois, a tudo que possuo: a todos os meus parentes, a todas as comodidades, a todos os prazeres e até mesmo às consolações espirituais; numa palavra, sacrifico-Vos a minha liberdade. Quero dar-Vos todos os meus afetos. Amo-Vos, ó bondade infinita, amo-Vos mais que a mim mesmo e espero amar-Vos eternamente.

Jaculatória — Meu Jesus, entrego-me a Vós; recebei-me.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

16º Dia da Visita a Nossa Senhora
Mãe Acolhedora

Ó Senhora minha, vós dissestes à Santa Brígida:

“Por mais culpado que seja um homem, se ele vem a mim com sincero arrependimento, estou sempre pronta a recebê-lo; não considero o número de seus pecados, mas as disposições de seu coração; pois não recuso ungir e curar as suas feridas, porque me chamo e realmente sou Mãe de misericórdia”

Visto que podeis e quereis curar-me, ó Maria, eu a vós recorro, dizendo: curai todas as chagas da minha alma. Basta que digais uma só palavra a vosso divino Filho, e eu serei curado.

Jaculatória — Ó Maria, tende compaixão de mim!

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

16º Dia da Visita a São José
Espírito de Oração

Certos devemos estar de que a vida de São José na presença e à vista de Jesus e Maria, era uma oração contínua, fecunda em atos de fé e confiança, amor, resignação e oferenda. Ora, se a recompensa corresponde aos merecimentos da vida, avaliai a grandeza da glória de José no paraíso. Santo Agostinho compara os outros santos a estrelas, mas São José ao Sol. O padre Suárez considera como muito razoável a opinião que sustenta que São José, depois de Maria, excede em merecimentos e glória todos os outros santos; donde o venerável Bemardino de Bústis conclui que, no céu, São José manda de certa maneira a Jesus e a Maria, quando quer obter deles alguma graça para seus devotos servos.

Jaculatória — São José, obtende-nos um grande espírito de oração vocal e mental.

Agora reza-se a oração a São José

17º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Presença Amiga

O maior prazer das almas amantes é estarem com as pessoas a quem amam. Se, pois, amamos muito a Jesus Cristo, aqui estamos na Sua presença. Jesus no seu Sacramento, nos vê e nos escuta; não temos então nada a dizer-lhe? Consolemo-nos com a Sua companhia; regozijemo-nos com a Sua glória e com o amor que lhe consagram tantas almas fervorosas. Desejemos que todos os homens amem a Jesus Sacramentado e lhe consagrem os seus corações; consagremos-Lhe, ao menos nós, todos os nossos afetos; seja Ele todo o nosso amor e o único objeto dos nossos desejos.

O Padre Salésio, da Companhia de Jesus, só ao falar no Santíssimo Sacramento, sentia-se muito consolado. Também não se saciava de O visitar: se o chamavam à portaria, se voltava ao quarto, se andava pela casa, aproveitava sempre essas ocasiões para repetir sua visitas ao seu amado Senhor. Assim, observou-se que quase não passava uma hora no dia sem que O visitasse. Por fim, teve a felicidade de ser morto pelos hereges, quando defendia a presença real de Jesus no Santíssimo Sacramento.

Oh! Se eu tivesse também a felicidade de morrer par uma causa tão bela, defendendo a verdade deste Sacramento, que nos faz compreender tão bem, ó amabilíssimo Jesus, a ternura do Vosso amor para conosco! Senhor, a tantos milagres que operais neste Sacramento, acrescentai mais este: atraí-me todo a Vós. Desejais que eu Vos pertença inteiramente, e muito o mereceis; dai-me, pois, a força de Vos amar de todo o meu coração. Os bens deste mundo, dai-os a quem Vos aprouver; quanto a mim, renuncio-os por completo. Não desejo e não quero senão o Vosso amor: este é o único bem que procuro e procurarei sempre. Amo-Vos, meu Jesus; fazei que eu sempre Vos ame, e nada mais Vos peço.

Jaculatória — Ó meu Jesus, quando Vos amarei verdadeiramente?

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

17º Dia da Visita a Nossa Senhora
Mãe Amável

Ó minha dulcíssima Rainha, quanto me agrada o belo título de Mãe amável, com que vos invocam os vossos piedosos servos! Sim, como sois amável, ó Senhora minha! A vossa beleza arrebatou o próprio Senhor. São Boaventura diz que o vosso nome é por si só tão amável aos que vos amam, que, pronunciando-o ou ouvindo pronunciá-lo, logo se sentem inflamar e crescer no desejo de vos amar. É justo, portanto, minha Mãe amabilíssima, que eu vos ame; mas não me contento só com o amar-vos; desejo, agora na terra e depois no céu, ser o que vos ame mais depois dé Deus.

Se este meu desejo é muito ousado, a causa única disto é a vossa amabilidade e o amor especial que me tendes testemunhado. Se fosseis menos amável, menor seria o meu desejo de amar-vos, Aceitai, pois, Senhora, este meu desejo; e como prova de que o haveis aceitado, obtende-me de Deus este amor que vos peço, e que tão agradável é ao Senhor.

Jaculatória — Minha Mãe amabilíssima, eu vos amo muito.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

17º Dia da Visita a São José
Livrai-nos de todo Pecado

Para provar o poder que São José possui no paraíso, São Bernardino de Sena assim se exprime:

«Não podemos duvidar, Jesus Cristo no céu conserva sempre para com São José a ternura e o respeito que lhe testemunhou outrora na terra, isto é, ternura e respeito de filho. Bem longe de ser diminuída, esta filial vai crescendo sempre»

Notem-se bem estas palavras: ternura e respeito; elas significam que este soberano Senhor, que se dignou de venerar a São José aqui no mundo como a seu Pai, não lhe nega coisa alguma daquilo que ele lhe pede. Cheios de confiança digamos-lhe, pois:

Jaculatória — São José, poderoso protetor de nossas almas, livrai-nos de todo pecado.

Agora reza-se a oração a São José

18º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Conosco por Amor

Um dia, no vale de Josafát, Jesus se assentará num trono de majestade; mas agora, no Santíssimo Sacramento, está assentado num trono de amor. Se, para testemunhar o seu amor a um pobre pastor, o rei viesse habitar na aldeia onde ele mora, quão grande não seria a ingratidão desse pastor, se não fosse muitas vezes visitar o seu rei, sabendo que este desejava vivamente vê-lo, e que, só para ter mais frequente ocasião disso, é que veio estabelecer-se junto dele!

Ah! Meu Jesus, — agora o compreendo — é por meu amor que viestes residir no Sacramento do altar. Por isso, se os anjos Vos cercam continuamente, maravilhados do amor que nos tendes, é justo que, vendo-Vos por meu amor neste altar, Vos proporcione ao menos o prazer duma visita e exalte o amor e a bondade que tendes para comigo. Na presença dos anjos cantarei os Vossos louvores, no Vosso santo templo Vos adorarei, e, em reconhecimento da Vossa misericórdia e benefícios, glorificarei o Vosso nome (Sl 137).

Ó Deus Sacramentado, ó Pão dos Anjos, ó Alimento Divino, eu Vos amo; mas, nem Vós nem eu ficamos satisfeitos com esse amor. Amo-Vos, sim, mas amo-Vos muito pouco. Fazei Vós mesmo, ó Jesus, que eu conheça a beleza e a bondade imensa que amo; fazei que o meu coração expulse todos os afetos terrenos e deixe todo o lugar só para o Vosso divino amor. Para ganhardes o meu coração, e Vos unirdes todo a mim, desceis cada dia dos céus aos nossos altares; é, pois, justo que eu também não pense senão em Vos amar, em Vos adorar, em Vos agradar. Amo-Vos de toda a minha alma, amo-Vos com todas as minhas forças. Se quereis recompensar-me por esse amor, dai-me ainda mais amor, mais ardor, para que eu cresça sem cessar no Vosso amor e no desejo de Vos agradar.

Jaculatória — Ó Jesus, meu amor, dai-me mais amor.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

18º Dia da Visita a Nossa Senhora
Refúgio dos Pecadores

Como os pobres enfermos, que, por causa de suas misérias, vivem abandonados de todos e só encontram abrigo nos hospitais públicos: assim os pecadores mais miseráveis, embora repelidos por todos, encontram acolhimento na misericórdia de Maria, que Deus colocou neste mundo para ser o refúgio e o hospital público dos pecadores, conforme se exprime São Basílio. Esta é, também, a razão por que Santo Efrém a chama agasalho dos pecadores. Assim, minha Rainha, se a vós recorro, não podeis repelir-me por causa dos meus pecados; e quanto mais miserável sou, tanto mais razão tenho de ser acolhido sob a vossa proteção, porque Deus vos criou para serdes o refúgio dos mais miseráveis. A vós, portanto, recorro, ó Maria, colocando-me debaixo do manto da vossa proteção. Sois o refúgio, e a esperança da minha salvação. Se me rejeitásseis, para quem me voltaria?

Jaculatória — Maria, refúgio meu, salvai-me.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

18º Dia da Visita a São José
Sede em Meu Favor

Se São José não teve a autoridade dum pai natural sobre a humanidade de Jesus Cristo, teve entretanto um certo poder como Esposo de Maria, que, como Mãe, por natureza, do Salvador, gozou de verdadeira autoridade sobre Ele. Quem tem o domínio da árvore, tem também o do fruto que a árvore produz. Eis aqui por que Jesus, sobre a terra, respeitava a José e lhe obedecia como a Seu superior; segue-se que agora, no céu, as orações de São José são consideradas por Nosso Senhor como ordens, porque o pedido dum pai a seu filho, diz Gerson, tem o valor de ordem.

Jaculatória — São José, sede nossa defesa nas tentações e nossa força nas adversidades.

Agora reza-se a oração a São José

19º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
O Melhor Amigo

Se é coisa tão doce achar-se a gente em companhia de um amigo querido, será possível que nós, neste vale de lágrimas, não sintamos nenhum prazer na companhia do melhor dos amigos, dum amigo que pode encher-nos de todos os bens, dum amigo que nos ama apaixonadamente e que, por isso, quer entreter-se continuamente conosco? Pois bem; aqui, no Santíssimo Sacramento, podemos entreter-nos com Jesus à vontade, abrir-Lhe o nosso coração, expor-Lhe as nossas necessidades, pedir-Lhe graças; numa palavra, neste Sacramento adorável, podemos tratar com o Rei do céu com toda a confiança e singeleza.

Diz a Sagrada Escritura que José do Egito se sentiu sumamente feliz, quando Deus se dignou descer ao cárcere para fortificá-lo com a Sua graça:

A divina Sabedoria desceu com ele ao fosso, e não o deixou nas cadeias (Sb 10, 13)

Porém, muito mais felizes somos nós por possuirmos sempre no meio de nós, neste vale de lágrimas, o nosso Deus feito homem, que com tanto amor e compaixão, nos honra continuamente com a Sua presença real.

Quanto consola a um pobre encarcerado o amigo terno que vai entreter-se com ele, e o consola e reanima sua esperança, procura-lhe socorros e esforça-se por aliviá-lo no seu infortúnio!

Ora, eis aí o que é Jesus Cristo, nosso bom amigo, que do tabernáculo nos faz ouvir estas palavras consoladoras:

Convosco estou todos os dias (Mt 28, 20)

Eis-me aqui, diz Ele, todo para vós, vindo do céu à vossa prisão para vos consolar, ajudar e libertar. Acolhei-Me, permanecei comigo, uni-vos a Mim; deste modo não sentireis as vossas misérias; depois vireis comigo para o Meu reino, onde vos farei plenamente felizes.

Ó Deus, ó amor incompreensível, visto que quisestes ser tão bom para conosco, a ponto de descerdes do céu aos nossos altares para morardes no meio de nós, proponho-me visitar-Vos muitas vezes; quero gozar, quanto possível, da Vossa dulcíssima presença que faz a felicidade dos bem-aventurados no paraíso. Oh! Se eu pudesse estar sempre diante de Vós para adorar-Vos e oferecer-Vos atos de amor! Despertai a minha alma, eu vô-lo rogo, quando, entorpecido pela tibieza ou absorvido pelos cuidados da terra, me descuidar de visitar-Vos. Acendei em mim um grande desejo de estar sempre perto de Vós neste Sacramento. Ah! Meu amoroso Jesus, não Vos ter eu amado sempre! Não ter procurado sempre agradar-Vos!

Consolo-me ao pensar que ainda me resta tempo de o fazer não só na outra vida, mas nesta. Quero amar-Vos, sim quero amar-Vos verdadeiramente, ó meu sumo bem, meu tesouro, meu tudo. Quero amar-Vos com todas as minhas forças.

Jaculatória — Meu Deus, ajudai-me a Vos amar.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

19º Dia da Visita a Nossa Senhora
Vamos a Maria

Ó pecador, diz o piedoso Bernardino de Bústis, não percas a confiança, mas recorre a esta Augusta Senhora com a certeza de seres socorrido; acha-lá-ás com as mãos cheias de misericórdia e de graças. E fica bem persuadido de que esta caridosíssima Rainha mais deseja fazer-te bem do que tu mesmo obteres a sua assistência, ó Senhora minha, eu agradeço incessantemente a Deus a insigne mercê que me fez de vos conhecer. Infeliz de mim, se de vós me esquecesse, grande perigo correria a minha salvação. Mas, minha Mãe, eu vos bendigo, eu vos amo e tanta confiança tenho em vós, que nas vossas mãos entrego a minha alma.

Jaculatória — Ó Maria, feliz de quem vos conhece e em vós confia!

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

19º Dia da Visita a São José
Guardai Vossos Filhos

Ó grande Santo, já que um Deus se dignou vos servir, a vós quero também eu servir, honrar e amar como a meu Senhor. Recebei-me sob vosso patrocínio, e mandai-me o que for do vosso agrado, ó São José, rogai a Jesus por mim; certamente não vos recusará nada Aquele que sobre a terra obedeceu a todas as vossas ordens. Dizei-lhe que me perdoe os meus pecados, me desapegue das criaturas e de mim mesmo, me inflame do seu santo amor, e depois faça de mim o que lhe aprouver.

Jaculatória — São José, guardai vossos filhos.

Agora reza-se a oração a São José

20º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Fonte da Vida

Naquele dia haverá uma fonte aberta para a casa de Davi e para os habitantes de Jerusalém, para serem lavadas nela as manchas dos seus pecados (Zc 13)

Jesus, no Santíssimo Sacramento, é essa fonte predita pelo profeta, fonte aberta a todos, na qual podemos, quantas vezes quisermos, ir purificar nossas almas de todas as manchas que diariamente contraímos pelo pecado. Quando uma pessoa comete algum defeito, não hã remédio melhor do que recorrer imediatamente ao Santíssimo Sacramento. Assim, meu Jesus, proponho fazer sempre, porque sei que as águas desta divina fonte servem, não só para purificar a minha alma, mas ainda, para alumiá-la, fortalecê-la contra as recaídas, sustentá-la nas adversidades e até abrasá-la no Vosso amor. Sei que é para me cumular destes bens, que esperais a minha visita, pois é com numerosas graças que recompensais as visitas dos que Vos amam. Meu Jesus, purificai-me de todas as faltas que hoje cometi e das quais me arrependo, porque Vos desagradaram; e, com um ardente desejo de Vos amar muito, dai-me também a força de não recair mais. Oh! Pudesse eu ficar sempre perto de Vós como Vossa fiel serva Maria Díaz, contemporânea de Santa Teresa! Ela obtivera do bispo de Ávila permissão para habitar na tribuna duma igreja e ali permanecia quase continuamente diante do Santíssimo Sacramento, ao qual ela chamava o seu vizinho; dali não saía senão para se confessar e comungar. O venerável irmão Francisco do Menino Jesus, carmelita descalço, passando diante das igrejas, onde estava o Santíssimo Sacramento, não podia deixar de entrar nelas para O visitar, dizendo que não convém que um amigo passe pela casa de seu amigo sem entrar nela ao menos para saudá-lo e dizer-lhe uma palavra. Ele, porém, não se contentava com uma palavra, e permanecia sempre o mais que podia diante do seu amado Senhor.

Ó meu único e infinito bem, vejo que instituístes este Sacramento e residis neste altar para que eu Vos ame, e para este fim é que me destes um coração capaz de Vos amar muito. Mas, então, por que sou tão ingrato e não Vos amo, ou Vos amo tão pouco? Não; não é justo que seja pouco amada uma bondade tão amável como Vós; ao menos, pelo amor que me tendes, mereceis ser amado de outro modo. Vós sois um Deus infinito e eu, um vermezinho desprezível. Pouco é que eu morra por Vós e por Vós me consuma, pois por mim morrestes e cada dia Vos sacrificais sobre os altares por meu amor. Vós mereceis um amor sem medida; e é sem medida que eu Vos quero amar. Ajudai-me, meu Jesus, ajudai-me a amar-Vos, pois isto Vos é tão agradável e não pedis com tanta instância.

Jaculatória — O meu amado Jesus é meu e eu sou dEle.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

20º Dia da Visita a Nossa Senhora
Perpétuo Socorro

Ó Rainha Dulcíssima, Piedosíssima, Amabilíssima, que bela confiança me dá São Bernardo, quando a vós recorro!

«Vós — diz ele — não examinais os merecimentos daquele que recorre à vossa bondade, mas dais a vossa assistência a todos os que a imploram»

Se pois vos invoco, haveis de escutar-me. Ouvi então esta minha súplica: Eu sou um pobre pecador, que o inferno mil vezes tenho merecido; mas quero mudar de vida, quero amar ao meu Deus, a quem tanto tenho ofendido. A vós me entrego como escravo, a vós me dou, miserável como sou. Salvai aquele que é vosso, e já não pertence a si mesmo, ó Senhora minha, ouvistes-me? Espero que não só me tenhais ouvido, mas também atendido.

Jaculatória — Ó Maria, eu sou vosso, salvai-me.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

20º Dia da Visita a São José
Tende Compaixão

Agora que estais no céu cumulado de alegria, ó glorioso Patriarca, sobre um trono elevado, junto do vosso amadíssimo Jesus, que vos foi submisso na terra, tende compaixão de mim, obrigado a viver no meio de tantos inimigos, maus espíritos e más paixões, que me dão combates contínuos para me fazerem perder a graça de Deus. Ah! Pela felicidade que tivestes de gozar na terra, sem interrupção, da companhia de Jesus e Maria, alcançai-me a graça de passar o resto de minha vida sempre unido a Deus, resistindo os assaltos do inferno; alcançai-me a graça de morrer no amor de Jesus e Maria, para que um dia possa ir gozar convosco de sua companhia, no reino dos bem-aventurados.

Jaculatória — Dai-me, ó São José, a graça de vencer minhas paixões e ter horror ao pecado.

Agora reza-se a oração a São José

21º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Jesus nos Convida

Em toda parte, onde se achar o corpo, aí se reunirão as águias (Mt 24, 28)

Por este corpo os Santos entendem comumente o de Jesus Cristo; e pelas águias entendem as almas desapegadas, que se elevam, como estas aves, acima das coisas da terra e voam para o céu, para onde tendem sem cessar por seus pensamentos e afetos, e onde tem a sua morada continua. Estas almas, mesmo neste mundo tem o seu paraíso, onde quer que encontrem o Santíssimo Sacramento, e parece que nunca se lhes sacia o desejo que sentem de ficar na sua presença. Quando as águias — diz São Jerônimo — percebem de longe a presa, logo se lançam para tomá-la. E nós com quanto maior ardor não devemos correr e voar para Jesus Sacramentado, como para o mais precioso alimento de nossas almas!

Por isso, neste vale de lágrimas, os Santos sempre correram com avidez, como cervos sequiosos, a esta fonte celeste. O Padre Baltazar Álvarez, da Companhia de Jesus, qualquer que fosse a sua ocupação, muitas vezes volvia os olhos para o lugar onde se achava o Santíssimo Sacramento; visitava-O com frequencia, passando às vezes noites inteiras na Sua presença. Chorava ao ver os palácios dos grandes cheios de gente fazendo corte a um homem, do qual esperam algum mísero bem, enquanto que ficam abandonadas as igrejas, onde reside, no meio de nós, como num trono de amor, o soberano Senhor do mundo, rico de bens imensos e eternos. E dizia que os religiosos são muito felizes porque, sem sairem de suas casas, podem visitar quantas vezes quiserem, de dia e de noite, este augusto Senhor no Santíssimo Sacramento, o que não podem fazer as pessoas do século.

Amantíssimo Senhor meu, já que a vista das minhas manchas e ingratidões não Vos impede de convidar-me com tanta bondade a aproximar-me de Vós, não quero desanimar por causa das minhas misérias; a Vós venho, de Vós me aproximo. Vós me mudareis completamente em outro, banindo do meu coração todo amor que não é para Vós, todo desejo que não Vos é agradável, todo pensamento que não tende para Vós.

Meu Jesus, meu amor, meu tesouro, meu tudo, só a Vós quero agradar. Só Vós mereceis todo o meu amor, a Vós só quero amar de todo o meu coração. Desapegai-me de tudo, Senhor, e ligai-me todo a Vós; mas ligai-me tão bem, que não possa mais separar-me de Vós nem nesta nem na outra vida.

Jaculatória — Dulcíssimo Jesus meu, não permitais que eu me separe de Vós.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

21º Dia da Visita a Nossa Senhora
Advogada Nossa

Dionísio, cartusiano, chama a Santíssima Virgem de «Advogada de todos os pecadores que a ela recorrem», ó grande Mãe de Deus, já que o vosso oficio é defender as canas dos maiores criminosos que a vós recorrem, aqui estou aos vossos pés: a vós recorro e digo com São Tomas de Vila Nova: «Eu vos suplico, ó Advogada minha, fazei o vosso ofício», defendei a minha causa. É verdade que eu me tenho tornado culpado para com Deus, ofendendo-O tanto depois de haver recebido dEle tantos favores e graças; mas o mal está feito; vós, porém, podeis salvar-me. Dizei simplesmente a vosso Deus que abraçais a minha defesa, e Ele me perdoará, e serei salvo.

Jaculatória — Ó minha Mãe muito amada, a vós incumbe salvar-me.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

21º Dia da Visita a São José
Socorrei-nos!

Falando do valimento de São José em favor de seus devotos servos, São Bernardo diz estas notáveis palavras: «O que o distingue dos outros santos, é que ele pode proteger a todos que recorrem à sua intercessão, e ajudá-los em todas as necessidades». A certos santos foi concedido defender-nos em algumas circunstâncias; a São José foi dado o poder de nos socorrer em todas as nossas necessidades, e proteger todos os que se refugiam junto dele. Digamos-lhe, pois, muitas vezes:

Jaculatória — São José, socorrei-nos em todas as nossas necessidades.

Agora reza-se a oração a São José

22º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Verbo Encarnado

A Esposa dos sagrados Cânticos andava procurando o seu Dileto, e não o encontrando, perguntava:

Vistes acaso aquele que o meu coração amá? (Cânt. 3, 3)

Jesus não estava então nesta terra; mas agora, toda alma que ama a Jesus e O procura, está certa de O encontrar sempre no Santíssimo Sacramento. O bem-aventurado João de Ávila dizia que, entre todos os santuários, não se pode encontrar nem desejar nenhum mais amável do que uma igreja, onde repousa o Santíssimo Sacramento.

Ó amor infinito do meu Deus, digno de infinito amor! Como pudestes, Jesus meu, abater-Vos tanto? Para Vos entreterdes com os homens e Vos unirdes aos seus corações, humilhastes-Vos ao ponto de Vos ocultardes sob as espécies do pão. Ó Verbo Encarnado, o Vosso abatimento não teve limites, porque o Vosso amor também não os tem. Como poderei deixar de amar-Vos com toda a minha alma, quando sei o quanto fizestes para cativar o meu coração?

Amo-Vos ardentemen te e por isso prefiro a Vossa vontade a todos os meus interesses e à minha própria satisfação. Toda a minha felicidade consiste em ser-Vos agradável, ó meu Jesus, meu Deus, meu tudo. Inflamai o meu coração num grande desejo de estar continuamente diante de Vós Sacramentado, de receber-Vos e de fazer-Vos sempre companhia. Eu seria um ingrato se não aceitasse tão doce e amável convite. Ah! Senhor, destruí em mim todo o afeto às criaturas. Vós quereis, ó meu Criador, ser o único objeto dos meus suspiros, de todos os meus afetos; pois bem, amo-Vos, ó bondade infinitamente amável do meu Deus, e não desejo senão a Vós. Não procuro a minha satisfação, mas a vossa; basta que eu Vos de gosto. Aceitai, ó Jesus, o desejo dum pecador, que quer amar-Vos. Ajudai-me com a Vossa graça; fazei que, de miserável escravo do inferno, eu me converta de hoje em diante em feliz escravo do Vosso amor.

Jaculatória — Ó Jesus, meu supremo bem, eu Vos amo sobre todos os bens.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

22º Dia da Visita a Nossa Senhora
Mãe do Perdão

Ó Senhora minha e minha Mãe dulcíssima, eu sou um súdito rebelde de vosso divino Filho; contudo, arrependido, venho implorar a vossa misericórdia, a fim de me obterdes o perdão. Não me digais que não o podeis, porque São Bernardo vos chama dispensadora do perdão. Cumpre-vos socorrer também os que estão ameaçados, pois Santo Efrém vos chama «socorro dos que estão em perigo», ó Senhora minha, quem está mais em perigo do que eu? Perdi o meu Deus; é certo que fui condenado ao inferno; não sei se Deus já me perdoou, e ainda posso tornar a perdê-lO. Mas vós podeis obter-me todos os bens e de vós eu os espero: o perdão, a perseverança, o céu. Espero que, salvo pela vossa intercessão, ó Maria, eu seja no reino dos bem-aventurados, um dos que mais louvarão as vossas misericórdias.

Jaculatória — Misericórdias de Maria, eu vos cantarei etemamente, sim, eternamente.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

22º Dia da Visita a São José
Perseverança na Oração

«Seria coisa maravilhosa, diz Santa Teresa na sua autobiografia, contar as graças sem número que Deus me fez, os perigos, tanto espirituais como corporais, de que me livrou pela mediação deste glorioso santo.

Quanto aos outros santos, parece que Deus lhes concedeu o poder de nos socorrer nalguma necessidade particular somente; a experiencia prova, ao contrário, que São José nos socorre em todas as necessidades, e apraz a Nosso Senhor testemunhar por este modo que, assim como ele quis ficar submetido na terra à autoridade deste grande Santo, faz igualmente no céu tudo que ele pede»

Jaculatória — São José, pedi sempre para mim a perseverança em bem orar.

Agora reza-se a oração a São José

23º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Jesus Presente

Muitos cristãos suportam grandes fadigas e expõem-se a inúmeros perigos para visitar os lugares da Terra Santa, onde o nosso amantíssimo Salvador nasceu, padeceu e morreu. Nós, porém, não precisamos fazer uma viagem tão longa nem expor-nos a tantos perigos; o mesmo Senhor reside pessoalmente junto de nós, na igreja, a poucos passos de nossas casas. Julgam-se muitos felizes os peregrinos — diz São Paulino — por poderem trazer dos lugares santos um pouco de terra do presépio ou do sepulcro, onde foi sepultado Jesus; e nós, com que ardor não devemos visitar o Santíssimo Sacramento, onde se acha o mesmo Jesus em pessoa, e isso sem fadigas nem perigos para nós?

Uma pessoa piedosa, a quem Deus concedera um grande amor ao Santíssimo Sacramento, exprimia numa carta, entre outros, estes pensamentos:

«Reconheci, diz ela, que todo o bem que possuo, ao Santíssimo Sacramento o devo. Dei-me e consagrei-me inteiramente a Jesus Sacramentado. Vejo uma multidão imensa de graças que não são recebidas, porque não se recorre a este divino Sacramento. E no entanto, vejo que Nosso Senhor tem grande desejo de distribuir as Suas graças neste Sacramento.

Ó divino Mistério! Ó Hóstia sagrada! Onde manifesta Deus melhor o Seu poder? Esta hóstia encerra tudo o que Deus fez por nós. Não invejemos os bem-aventurados, porque temos aqui na terra o mesmo Senhor com mais maravilhas do Seu amor. Fazei que as pessoas com que tratais se consagrem sem reserva ao Santíssimo Sacramento. Eu falo assim porque este divino mistério transporta e extasia. Não posso deixar de falar dEle, pois merece tanto o nosso amor. Já não sei o que fazer por Jesus Sacramentado»

Assim termina a carta.

Ó Serafins, vós viveis abrasados de amor diante daquele que é vosso e meu Senhor; e, contudo, não é por vosso amor que este Rei do céu está sob as espécies da hóstia consagrada, mas por amor de mim. Deixai-me, pois, anjos amantíssimos, deixai-me arder e consumir do ardor que vos devora, para que vivamos juntamente abrasados nas mesmas chamas. Meu Jesus, fazei-me conhecer as grandezas do Vosso amor para com os homens, a fim de que, à vista de tão grande amor, aumente sem cessar em mim o desejo de Vos amar e agradar. Amo-Vos, Senhor amabilíssimo, e quero amar-Vos sempre, e amar-Vos somente para Vos agradar.

Jaculatória — Meu Jesus, em Vós creio, em Vós espero, a Vós amo, a Vós me dou.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

23º Dia da Visita a Nossa Senhora
Mãe dos Órfãos

Ó Virgem amabilíssima, São Boaventura vos dá o nome de Mãe dos órfãos; e Santo Efrém, o de Asilo dos órfãos. Ai! Quem são esses pobres órfãos senão os pecadores, que perderam a Deus? A vós então recorro, ó Maria; perdi meu Pai, mas vós sois minha Mãe; a vós incumbe fazer que eu O torne a encontrar. Na minha extrema desventura, imploro o vosso socorro; socorrei-me. Deixar-me-eis na desolação? Não, responde Inocêncio III: «Quem jamais vos invocou, e não foi por vós atendido e socorrido? Quem jamais se perdeu, depois de ter a vós recorrido? Só se perde, quem a vós não recorre». Assim, minha Rainha, se quereis a minha salvação, fazei que sempre vos invoque e em vós confie.

Jaculatória — Ó Maria, minha Mãe santíssima, enchei-me de confiança em vós.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

23º Dia da Visita a São José
Guia Seguro

Escutemos de novo Santa Teresa:

«Conhecendo por longa experiência o admirável poder que São José goza junto de Deus, quisera eu persuadir todo mundo a honrá-lo com um culto particular. Notei sempre que progrediam na virtude pessoas que lhe tinham verdadeira devoção… Contento-me com pedir, por amor de Deus, àqueles que não quisessem crer, façam disto experiência»

Jaculatória — São José, padroeiro da vida interior, conduzi-me à perfeição que Deus quer de mim.

Agora reza-se a oração a São José

24º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Deus Escondido

Vós sois em verdade um Deus oculto (Is 45, 15)

Em nenhuma outra obra do amor divino se verificam tão bem estas palavras como no mistério adorável do Santíssimo Sacramento, em que o nosso Deus se conserva todo escondido. Encarnando-se, o Verbo eterno ocultou a Sua divindade, e apareceu na terra apenas como homem; mas, morando entre nós neste Sacramento, Jesus esconde também a Sua humanidade e só deixa ver as aparências do pão para manifestar-nos a ternura do Seu amor para conosco.

«Escondida está a Sua divindade — diz São Bernardo — escondida está a Sua humanidade; só as entranhas de Sua caridade se mostram sem véu»

Ó meu amado Redentor, quando considero o excesso do Vosso amor aos homens, fico fora de mim e não sei mais o que dizer. Por amor deles, chegastes, neste Sacramento, a ocultar a Vossa majestade, obscurecer a Vossa glória, chegastes a consumir e abater a Vossa vida divina. E, enquanto estais nos altares, parece que não tendes outra ocupação senão amar os homens, e fazer brilhar o amor que lhes tendes. E eles que reconhecimento Vos testemunham, ó Filho augusto de Deus?

Ó Jesus, ó amante, permita-me que assim Vos fale, ó amante muito apaixonado dos homens, — pois que preferis os seus interesses à Vossa própria honra — não sabíeis a que desprezo devia expor-vos esta invenção do vosso amor? Eu vejo, e Vós mesmo o vistes antes de mim, que a maior parte dos homens não Vos adora nem Vos quer reconhecer pelo que Sois neste Sacramento. Sei que, mais de uma vez, estes mesmos homens ousaram calcar aos pés as hóstias consagradas, atirá-las ao chão, à água e ao fogo. Vejo com surpresa que a maior parte daqueles que em Vós creem, em vez de repararem tantos ultrajes por suas homenagens, vem às igrejas para mais Vos agravar por suas irreverências, ou deixam-Vos só e abandonado sobre o altar, por vezes desprovido até de lâmpadas e dos ornamentos necessários.

Oh! Se eu pudesse meu dulcíssimo Salvador, lavar com as minhas lágrimas e até com o meu sangue esses infelizes lugares em que o Vosso amor tem sido tão indignamente ultrajado nesse Sacramento! Mas, se não me é concedida esta felicidade, ao menos, Senhor, proponho visitar-Vos muitas vezes para Vos adorar, como neste momento Vos adoro, em expiação dos desprezos que recebeis dos homens neste divino mistério.

Aceitai, ó Pai Eterno, esta fraca homenagem que a mais miserável das criaturas Vos rende hoje em reparação dos ultrajes feitos a Vosso Filho no Santíssimo Sacramento; aceitai-a em união com a honra infinita que Jesus Cristo Vos rendeu na cruz e todos os dias Vos rende sóbre os altares. Ah! Se eu pudesse, ó meu Jesus, inspirar a todos os homens um ardentíssimo amor pelo Vosso adorável Sacramento.

Jaculatória — Ó meu amável Jesus, fazei-Vos conhecer, fazei-Vos amar.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

24º Dia da Visita a Nossa Senhora
Oceano de Graças

Ó Senhora minha poderosíssima, nos temores que me inspira a minha salvação eterna, quanto me conforta a confiança, quando a vós recorro, e penso, ó minha Mãe, nos tesouros de graça e de ternura que estão em vós. Duma parte, São João Damasceno vos chama «oceano de graças»; São Boaventura, «vasto reservatório onde se acham reunidas todas as graças»; Santo Efrém, «fonte de graça e de toda consolação», e São Bernardo, «plenitude de todos os bens»; e doutra parte, vejo-vos tão inclinada a fazer bem, que, segundo São Boaventura, «vos ofendeis quando não vos pedimos graças», ó riquíssima, sapientíssima e clementíssima Rainha, sei que conheceis melhor do que eu as necessidades de minha alma, e que o amor que me tendes é muito superior ao que vos consagro; sabeis qual a graça que hoje vos peço?

Obtende-me a graça que sabeis ser a mais útil para a minha alma; rogai a Deus que se digne de ma conceder, e satisfeito fico.

Jaculatória — Concedei-me, ó meu Deus, as graças que Maria Vos implora para mim.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

24º Dia da Visita a São José
Consolai-nos!

Suponhamos que o Senhor, vendo que estamos aflitos no meio das misérias desta vida, nos dirige a todos as palavras de Faraó a seu povo, na grande fome que assolava o Egito: «Ite ad Joseph» – Ide a José, se quereis ser consolados.

Jaculatória — São José, consolador das almas aflitas, a vós recorremos em todas as nossas aflições.

Agora reza-se a oração a São José

25º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Obediente até à Morte

São Paulo louva a obediência de Jesus, dizendo que ele obedeceu a seu eterno Pai até à morte.

Ele se fez obediente até à morte (Fl 2, 8)

Mas, neste Sacramento, vai mais longe: quis ser obediente não só ao Pai Eterno, mas ainda ao próprio homem, e isto não só até à morte, mas até ao fim do mundo. Ele, o Rei do céu, desce sobre o altar à voz do homem, e parece aí ficar exclusivamente para obedecer aos homens:

Quanto a mim, diz ele, não resisto (Is 50, 5)

Ali está sem movimento próprio; deixa-se ficar onde O colocam, seja exposto na custódia, seja encerrado no cibório; deixa-se levar para onde O levam, às casas ou pelas ruas; deixa-se dar na comunhão a todos que O querem receber, ao justo como ao pecador. Enquanto vivia aqui na terra, diz São Lucas, Jesus obedecia a Maria Santíssima e a São José; mas, neste Sacramento, obedece a tantas criaturas, quantos sacerdotes há no mundo:

«Quanto a mim não resisto»

Permita-me que Vos fale, neste momento, ó Coração amantíssimo do meu Jesus, donde saíram todos os Sacramentos e, em particular, este Sacramento de amor. Eu quisera tributar-Vos tanta glória e honra quanto Vós tributais, em nossas igrejas, a Vosso Eterno Pai. Sei que, neste altar, me continuais a amar com o mesmo ardor com que na cruz destes a vida por mim, no meio de horríveis tormentos. Iluminai, ó Coração divino, para que Vos conheçam, aqueles que Vos não conhecem. Pelos Vossos merecimentos livrai do purgatório ou ao menos aliviai as almas que lá padecem e são Vossas esposas eternas. Adoro-Vos, agradeço-Vos e amo-Vos com todas as almas que neste momento Vos amam na terra e no céu. Ó Coração puríssimo, purificai o meu coração de todo o apego às criaturas e encheio-o de Vosso amor. Ó Coração dulcíssimo, apossai-Vos de tal modo de meu coração, que ele seja todo Vosso e de ora em diante possa doer:

«Nada é capaz de separar-me do amor de Deus que é em Jesus Cristo» (Rm 8, 35)

Ó Coração santíssimo, gravai em meu coração as penas tão amargas que por mim sofrestes durante os anos de Vossa vida mortal, a fim de que eu chegue a desejar ou ao menos a suportar pacientemente, por amor de Vós, todas as penas desta vida. Ó Coração humílimo de Jesus, ensinai-me a Vossa humildade. Coração cheio de mansidão, comunicai-me a Vossa doçura. Tirai do meu coração tudo o que Vos não agrada; convertei-o inteiramente a Vós, para que não queira nem deseje senão o que Vós mesmo desejais. Fazei, numa palavra, que eu viva só para Vos amar e agradar. Reconheço que muito Vos devo e sou obrigado; pouco seria se me sacrificasse e consumisse todo por Vós.

Jaculatória — Ó Coração de Jesus, Vós sois o único senhor do meu coração.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

25º Dia da Visita a Nossa Senhora
Arca de Salvação

São Bernardo diz que Maria é a arca celeste que nos salvará certamente do naufrágio da condenação eterna, se nela nos refugiarmos a tempo. A arca, que salvou Noé do naufrágio universal, era uma figura de Maria; mas, diz Hesiquio, Maria é uma arca mais vasta, mais poderosa, mais benéfica. A arca de Noé não recebeu e não salvou senão um pequeno número de homens e de animais; mas a nossa Libertadora recebe todos os que buscam abrigo sob o seu manto e a todos salvará seguramente. Como seriamos infelizes se não tivéssemos Maria! E contudo, quantos ainda se perdem, ó minha Rainha! E por que? Ah! Porque não recorrem a vós. Quem jamais se perderia, se a vós recorresse?

Jaculatória — Fazei, ó Maria, que todos a vós recorramos sempre.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

25º Dia da Visita a São José
Quero ser seu Devoto

Santa Teresa não entendia como uma pessoa possa ter devoção à Rainha dos anjos, sem tê-la, e mui particular, a seu casto esposo São José, que foi tão dedicado na terra ao serviço de Maria e de seu filho Jesus. Recorramos pois a Santa Teresa, para que nos alcance devoção à bem-aventurada Virgem e a São José.

Jaculatória — São José, por amor de vossa serva querida, Santa Teresa, dai-nos crescer sempre em devoção para convosco.

Agora reza-se a oração a São José

26º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Amor Esquecido

Exulta e louva o Senhor, ó Casa de Sião, porque o Grande, o Santo de Israel está no meio de ti (Is 12, 6)

Meu Deus, que alegria, que esperanças, que afetos não deveríamos conceber nós homens, ao considerar que no meio de nossa pátria, em nossas igrejas, perto de nossas casas, habita e vive, no Santíssimo Sacramento do altar, o Santo dos santos, o verdadeiro Deus, aquele cuja presença faz a felicidade dos bem-aventurados no céu, aquele que é o amor mesmo! «Este Sacramento, — diz São Bernardo, — não é somente um Sacramento de amor, mas é o amor mesmo»; é esse Deus que, pelo amor imenso que tem às criaturas, é chamado, e com efeito é, o amor em essência: Deus é amor.

Mas ouço que Vos queixais, ó Jesus Sacramentado, que viestes à terra para ser nosso hóspede e nos cumular de bens, e não fostes acolhido por nós:

«Eu estava entre vós e não me recebestes» (Mt 25, 43)

Ai! É verdade, Senhor, tendes razão: eu mesmo sou um desses ingratos que Vos hão deixado só, que não Vos tem visitado. Castigai-me como quiserdes, mas não me apliqueis a pena que mereço, isto é, a de ser privado da Vossa presença, pois eu quero emendar-me e reparar a minha criminosa indiferença; quero, para o futuro, não só visitar-Vos com frequência, mas também entreter-me conVosco tanto quanto possa. Misericordiosíssimo Salvador, fazei que eu Vos seja fiel e que com o meu exemplo excite os outros a Vos fazerem companhia no Santíssimo Sacramento. Ouço o Eterno Pai que nos diz:

«Eis aqui o meu Filho muito amado, em quem pus todas as minhas complacências» (Mt 3, 17)

Oh! Um Deus acha em Vós, ó Jesus, todas as suas complacências, e eu, vermezinho desprezível, não acharei a minha felicidade em estar conVosco neste vale de lágrimas!? Ó fogo consumidor, destruí em mim todo o apego às coisas criadas, porque só elas podem tornar-me infiel e afastar-me de Vós. Vós o podeis, se quiserdes:

«Senhor, se quiserdes, podeis curar-me» (Mt 8, 2)

Já me tendes feito tantos favores, acrescentais mais este: bani do meu coração as afetos que não tendem para Vós. Aqui me tendes, eu me entrego inteiramente a Vós; o restante de minha vida, consagro-o hoje todo ao amor do Santíssimo Sacramento. E Vós, ó Jesus Sacramentado, sede o meu amor durante a vida e na hora da morte, nessa hora em que haveis de ser o meu viático e o meu guia para o reino da Vossa eterna felicidade. Assim o espero, assim seja. Amém.

Jaculatória — Ó meu Jesus, quando verei a beleza da Vossa face?

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

26º Dia da Visita a Nossa Senhora
Nossa Paz Segura

Em vós, ó Maria, nossa Mãe santíssima encontramos remédio para todos os nossos males: em vós, o amparo de nossa fraqueza, como diz São Germano; em vós, a porta para sairmos da escravidão do pecado, segundo São Boaventura; em vós, a nossa paz segura, conforme o mesmo Santo, que vos proclama doce repouso dos mortais; em vós, a consolação nas misérias de nossa vida, segundo São Lourenço Justiniano. Em vós, finalmente, encontramos a graça de Deus e Deus mesmo, pois São Boaventura vos chama trono da graça divina, e São Próculo:

«A ponte por onde Deus desce para os homens, ponte salutar pela qual Deus, separado de nós por causa de nossos pecados, toma a vir com a sua graça habitar em nossas almas»

Jaculatória — Ó Maria, sois a minha fortaleza, o meu livramento, a minha paz e a minha salvação.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

26º Dia da Visita a São José
Nosso Protetor

Ó grande Protetor, São José, não vos dedigneis de receber sob vossa proteção o pecador mais ingrato que vive no mundo. Concedei-me esta graça; eu vô-la suplico, pelo amor de Maria, vossa Augusta esposa, pelo amor de vossa serva querida, Santa Teresa, que tanto trabalhou neste mundo para dilatar a vossa glória. Fazei que eu morra, como vós, nos braços de Jesus e Maria.

Jaculatória — São José, assisti-me na minha agonia.

Agora reza-se a oração a São José

27º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Amor Incompreendido

A Santa Igreja, no Ofício do Santíssimo Sacramento, canta estas belas palavras:

«Nenhuma nação, por maior que seja, tem os seus deuses tão perto de si como o nosso Deus está perto de nós» (Dt 4, 7)

Quando os pagãos ouviam falar das obras de amor do nosso Deus, exclamavam: Oh! Como é bom o Deus dos cristãos! E com efeito, percorrei a história e vereis que, embora os pagãos inventassem divindades à medida de seus desejos, nunca chegaram a imaginar um Deus tão cheio de amor pelos homens como o nosso verdadeiro Deus. Para testemunhar o Seu amor aos que O adoram, e enriquecê-los com Suas graças, dignou-se este Deus tão bom fazer-Se o nosso companheiro perpétuo e permanecer conosco dia e noite sobre os nossos altares, como se não pudesse, nem por um instante, separar-Se de nós. Tal é o monumento que Ele nos deixou de Suas maravilhas (Sl 110).

Assim, pois, ó dulcíssimo Jesus meu, quisestes operar o maior dos Vossos milagres, a fim de satisfazerdes o excessivo desejo que tínheis de habitar sempre no meio de nós. E por que os homens, sabendo disto, fogem de Vossa presença? Como podem viver tanto tempo longe de Vós, ou visitar-Vos tão raras vezes? Como lhes parece um século o quarto de hora que passam na Vossa presença! Tão profundo é o tédio que ali sentem! Ó paciência do meu Jesus, como sois grande! Ah! Compreendo-Vos, Senhor; Vossa paciência é grande, porque o Vosso amor aos homens não tem limites; sim, esse amor é que Vos obriga a permanecer constantemente no meio desses ingratos.

Ó Deus infinito em Vosso amor, como o sois em todas as Vossas perfeições, fazei que no futuro eu não pertença mais ao número desses ingratos, como no passado! Concedei-me um amor proporcionado ao que Vos devo e ao que Vós mereceis. Houve um tempo em que eu também sentia tédio na Vossa presença, porque não Vos amava, ou Vos amava muito pouco; mas se com o auxílio da Vossa graça, chegar a amar-Vos muito, oh! Então farei consistir toda a minha felicidade em passar dias e noites inteiras ao pé dos Vossos altares, ó Pai Eterno, ofereço-Vos o Vosso divino Filho, recebei-O por mim; e por Seus merecimentos dai-me um amor tão ardente e tão terno ao Santíssimo Sacramento, que, sempre voltado para uma igreja onde Ele resida, eu não cesse de pensar nEle e de suspirar pelo momento em que possa ir gozar de Sua presença.

Jaculatória — Meu Deus, por amor de Jesus, dai-me grande amor ao Santíssimo Sacramento.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

27º Dia da Visita a Nossa Senhora
Nossa Proteção

Maria é aquela torre de Davi, de que fala o Espírito Santo nos sagrados Cânticos:

«Ao redor dela se elevam fortalezas; ali se veem suspensos mil escudos e todas as armas dos valentes» (Ct 4, 4)

Vós sois portanto, ó Virgem Santíssima — como diz Santo Inácio Mártir — um escudo inexpugnável para aqueles que andam empenhados no combate. Ah! Como são numerosos os assaltos dos meus inimigos para me privarem da graça de Deus e da vossa proteção, ó Senhora minha amabilíssima! Mas vós sois a minha força; não vos dedignais de combater por aqueles que em vós põem a sua confiança, e por isso Santo Efrém diz que «sois a salvaguarda dos que em vós confiam». Defendei-me, pois, e combatei por mim, que em vós deposito toda a minha confiança e toda a minha esperança.

Jaculatória — Maria, Maria, o vosso nome é a minha defesa.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

27º Dia da Visita a São José
Sois nossa Confiança

Pela graça de Deus, agora não há no mundo nenhum cristão que não tenha devoção a São José; mas, entre todos os outros, certamente recebem dele mais graças, os que o invocam mais frequentemente e com mais confiança.

Jaculatória — São José, fazei que eu vos invoque sempre cheio de confiança.

Agora reza-se a oração a São José

28º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Nele todos os Bens

Se Deus nos deu o Seu próprio Filho — diz São Paulo — que bem poderia ainda recusar-nos? Com ele não nos deu todos os bens? (Rm 8, 32)
Sabemos, além disso, que o Pai Eterno pôs nas mãos de Jesus Cristo tudo quanto ele possui (Jo 13, 2)

Agradeçamos, pois, sem cessar, a bondade, a misericórdia, a liberalidade do nosso Deus amantíssimo, que nos quis enriquecer de todo o bem e de toda graça (Cor 1, 5), dando-nos Jesus no Sacramento do altar.

Assim, pois, ó Salvador do mundo, ó Verbo Encarnado, posso estar certo que sois meu, e todo meu, se o quiser; mas posso eu dizer igualmente que sou todo Vosso como o quereis? Ah! Senhor, não permitais que eu leve a ingratidão ao ponto de recusar entregar-me a Vós! Que eu não dê ao mundo semelhante espetáculo! Se o fiz no passado, que ao menos não o faça para o futuro. Consagro-me, hoje, inteiramente a Vós. Consagro-Vos para o tempo e para a eternidade, a minha vida, a minha vontade, os meus pensamentos, as minhas ações, os meus sofrimentos. Eis-me aqui para Vós; como uma vítima, que Vos é consagrada, separo-me das criaturas e ofereço-me inteiramente a Vós; consumi-me com as chamas do divino amor. Não quero mais que as criaturas tenham parte alguma no meu coração. Vendo as provas de amor que me prodigalizastes, quando eu ainda não Vos amava, tenho a firme confiança de que me aceitareis, agora que Vos amo, e que por amor me dou a Vós.

Pai Eterno, ofereço-Vos hoje todas as virtudes, todos os atos, todos os afetos do Coração do Vosso amado Jesus. Aceitai-os por mim e por seus merecimentos, que todos são meus, pois que mos deu, concedei-me as graças que Jesus Vos pedir por mim. Ofereço-Vos esses merecimentos para Vos agradecer tantas misericórdias que me haveis feito; ofereço-os para satisfazer à Vossa justiça pelos meus pecados; e por esses merecimentos, enfim, espero de Vós todas as graças, o perdão, a perseverança, o paraíso, e sobretudo o dom supremo do Vosso santo amor. Bem sei que sou eu que ponho obstáculos aos Vossos favores, mas dignai-Vos remediar também a isso. Eu vô-lo rogo em nome de Jesus Cristo que prometeu:

«Se pedirdes alguma coisa a meu Pai em meu nome, ele vô-la dará» (Jo 16, 23)

Não podeis, pois, rejeitar a minha súplica. Senhor, outra coisa não quero senão amar-Vos, dar-me inteiramente a Vós, e não ser mais ingrato como tenho sido até aqui. Volvei um olhar para mim, Senhor, e ouvi-me; fazei que neste dia me apegue a Vós de tal maneira, que não cesse mais de Vos amar. Amo-Vos, ó meu Deus; amo-Vos, ó bondade infinita; amo-Vos, meu amor, meu paraíso, minha felicidade, minha vida, meu tudo.

Jaculatória — Meu Jesus, meu tudo, quereis que eu seja Vosso, eu quero, também que sejais meu.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

28º Dia da Visita a Nossa Senhora
Porto dos Aflitos

Que alívio eu sinto nas minhas penas, que consolação nas minhas tribulações que força nas tentações, quando penso em vós, e vos chamo em meu auxílio ó Maria, minha Mãe dulcíssima e santíssima! Ah! Grandes Santos, quanta razão tendes de exaltar esta Augusta Senhora minha, chamando-lhe com Santo Efrém: «o porto dos aflitos»; com São Boaventura: «a reparação de nossas desgraças e a consolação dos miseráveis»; com São Germano: «o fim das nossas lágrimas», ó Maria, consolai-me; vejo que estou cheio de iniquidades, cercado de inimigos, pobre de virtudes, frio no amor para com Deus. Consolai-me, consolai-me, mas a consolação que desejo é começar uma vida nova, uma vida verdadeiramente agradável a vosso Filho e a vós.

Jaculatória — Fazei-me outro, ó Maria, minha Mãe, fazei-me outro, pois vós o podeis.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

28º Dia da Visita a São José
A Vós Recorremos

Se um pecador tivesse desejado alcançar de Jesus o perdão de suas faltas, quando Ele vivia na casa de São José, poderia encontrar um meio mais seguro de ser atendido que a intercessão deste santo? Se, pois, queremos ser reconciliados com Deus, recorramos a São José que, agora no céu, é ainda mais amado de Jesus Cristo do que quando estava na terra.

Jaculatória — São José, rogai sempre a Jesus me perdoe os meus pecados.

Agora reza-se a oração a São José

29º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Jesus à nossa Porta

«Eu estou à porta e bato (Ap 3, 20)

Ó Pastor amantíssimo, não contente com Vos sacrificardes sobre o altar da cruz por amor de Vossas ovelhas, quisestes ainda ficar nas igrejas, oculto sob os véus da Eucaristia, a fim de estardes mais perto de nós e poderdes bater sempre à porta de nossos corações e obterdes entrada. Ah! Soubesse eu gozar da Vossa presença, como o sabia vossa santa Esposa, que vos dizia nos Cânticos:

«Assentada estou à sombra daquele por quem tanto havia suspirado» (Ct 2, 3)

Ah! Se eu Vos amasse, se Vos amasse verdadeiramente, ó amabilíssimo Jesus Sacramentado, então sim todo o meu desejo seria ficar dia e noite, sem cessar, ao pé dum cibório; e aí, bem perto de Vós e imóvel na presença de Vossa majestade velada sob as espécies sagradas, eu também gozaria dessas delícias celestes e dessa felicidade inefável que gozam as almas inflamadas de amor para conVosco!

Atraí-me, eu vôlo rogo, atraí-me pelo odor de Vvossas perfeições e pelo amor imenso que manifestais neste Sacramento. Atraí-me; em Vosso seguimento corremos ao odor dos vossos perfumes (Ct 1, 3).

Sim, Salvador meu, abandonarei todas as criaturas e todos os prazeres da terra, para correr ao Sacramento que Vos encerra. Os Vossos filhos serão como oliveiras novas em tomo da vossa mesa (Sl 127).

Oh! Que frutos de virtudes não dão a Deus essas almas felizes, que, semelhantes a plantas tenras, circundam os vossos amados tabernáculos! Mas eu, ó meu Jesus, tenho vergonha de aparecer diante de Vós, tão despido e vazio de virtudes. Ordenastes que ninguém se aproxime do altar, com intenção de Vos honrar, sem Vos fazer alguma oferta:

«Não aparecerás em minha presença com as mãos vazias» (Ex 23, 15)

Que devo então fazer? Deixar de visitar-Vos? Oh, não; isso Vos desagradaria. Virei, pois, pobre como sou, e Vós mesmo, Senhor, me fornecereis os dons que quereis receber de mim. Porquanto, eu bem sei que permaneceis neste Sacramento não só para recompensar os Vossos amigos, mas ainda para repartir com os pobres os Vossos bens. Começai, pois, desde hoje.

Adoro-Vos, Rei do meu coração e verdadeiro amante das almas, Pastor terníssimo para com as Vossas ovelhas; eu hoje me aproximo desse trono do Vosso amor, e, não tendo outra coisa que Vos oferecer, apresento-Vos o meu miserável coração, a fim de que seja consagrado inteiramente a Vos amar e fazer a Vossa vontade.

Com este coração eu posso Vos amar; com este coração eu quero Vos amar, quanto me for possível. Atrai-o, portanto, para Vós, uni-o tão estreitamente à Vossa vontade, que de hoje em diante eu possa dizer com o Vosso caro discípulo que estou preso pelos laços do Vosso amor:

«Eu, Paulo, cativo de Jesus Cristo» (Ef 3, 1)

Uni-me todo a Vós, Senhor, e fazei que eu me esqueça de mim mesmo, para que chegue um dia a perder tudo e a mim mesmo, para Vos achar a Vós só, amando-Vos sem fim. Amo-Vos Senhor meu Sacramentado; a Vós me apego, a Vós me uno; fazei que Vos encontre e Vos ame, e não Vos separeis mais

Jaculatória — Ó meu Jesus, Vós só me bastais.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

29º Dia da Visita a Nossa Senhora
Estrada do Salvador

São Bernardo diz que Maria é a estrada real do Salvador, estrada segura para achar o Salvador e a salvação; e acrescenta que ela é o carro que conduz nossas almas a Deus. Sendo assim, ó Augusta Rainha, não espereis que eu chegue a Deus, se não me levardes nos vossos braços. Levai-me, sim, levai-me; e, se eu resistir, levai-me a força; usai do vosso poder, e pelos doces atrativos da vossa caridade sujeitai a minha alma, obrigai a minha vontade rebelde a renunciar às criaturas, e a buscar só a Deus e a Sua santa vontade. Mostrai à corte celeste a extensão do vosso poder. À multidão de vossos prodígios ajuntai um novo portento da vossa misericórdia, unindo estreitamente a Deus uma alma que andava completamente separada dEle.

Jaculatória — Ó Maria, podeis fazer que eu seja santo; de vós espero esta graça.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

29º Dia da Visita a São José
Fazei-nos amar a Jesus

Peçamos a São José o amor a Jesus Cristo, porque, seguro estou de que a graça mais singular que São José granjeia para seus devotos servos, é um terno amor para com o Verbo Encarnado; este privilégio foi-lhe concedido em recompensa do extremo afeto com que amou a Jesus neste mundo.

Jaculatória — São José, fazei que eu ame a Jesus como Ele quer ser amado de mim.

Agora reza-se a oração a São José

30º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Invenção do Amor

«Por que me ocultais a vossa face? (Jó 13, 24)

Era para Jó motivo de temor o ver que Deus lhe ocultava o Seu rosto; mas o ocultar Jesus a Sua majestade sob os véus eucarísticos, não é para nós motivo de receio, e sim um motivo de confiança e amor; porque, como observa Novarino, é exatamente para aumentar a nossa confiança e melhor nos manifestar o Seu amor, que o nosso Deus se oculta sob as espécies do pão. Porquanto, se este Rei do céu deixasse brilhar em nossos altares os esplendores da Sua glória, quem ousaria, chegar-se a Ele e manifestar-lhe com toda a confiança os seus afetos e desejos?

Ó meu Jesus, que invenção cheia de amor a do Santíssimo Sacramento, onde Vos ocultais sob a aparência do pão, para estardes ao alcance de todos os que querem, aqui na terra, Vos achar e amar! Muita razão tinha o profeta de exortar os homens a levantarem a voz e a publicarem por todo o mundo até onde chegaram as invenções do amor do nosso Deus para conosco:

«Fazei conhecer aos povos as suas invenções» (Is 12, 4)

Ó Coração amantíssimo do meu Jesus, digno de possuir os corações de todas as criaturas; Coração sempre repleto de chamas do mais puro amor, ó fogo abrasador, consumi-me inteiramente e dai-me uma vida nova, toda de amor e de graça! Uni-me de tal maneira a Vós que nunca mais de Vós me separe, ó Coração aberto para ser o refúgio das almas, recebei-me. Ó Coração, dilacerado na cruz pelos pecados do mundo, dai-me verdadeira dor de meus pecados. Sei que, neste divino Sacramento, conservais os mesmos sentimentos de amor que tínheis ao morrer por mim no Calvário; é, pois, certo que desejais ardentemente unir-me todo a Vós; será então possível que eu ainda resista e não me deixe vencer pelo Vosso amor? Ah! Pelos Vossos méritos Vos peço: ó meu amado Jesus, feri-me, ligai-me, prendei-me estreitamente ao Vosso Coração.

Com o auxílio da Vossa graça tomo hoje a resolução de Vos contentar em tudo daqui em diante, de calcar aos pés o respeito humano, inclinações, repugnâncias, caprichos, interesses, e enfim tudo o que possa impedir-me de Vos contentar plenamente. Fazei, Senhor, que eu seja fiel à minha resolução e que de hoje em diante todas as minhas ações, todos os meus pensamentos e afetos, sejam inteiramente conformes à Vossa vontade, ó amor divino, bani do meu coração qualquer outro amor. Ó Maria, minha esperança, tudo podeis junto de Deus: obtende-me a graça de ser até à morte um servo fiel do puro amor de Jesus. Amém, assim seja. Assim o espero no tempo e na eternidade.

Jaculatória — Quem me separará do amor de Jesus Cristo?

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

30º Dia da Visita a Nossa Senhora
Mãe Compassiva

Afirma São Bernardo que o amor de Maria para conosco não pode ser maior nem mais poderoso; de sorte que Ela é rica de ternura para se compadecer de nossas penas, e de poder para as aliviar. Ele diz:

«A poderosa e compassiva caridade da Mãe de Deus distingue-se ao mesmo tempo pela ternura da sua compaixão e eficácia da sua proteção; nela estas duas coisas são igualmente imensas»

É pois, verdade, ó Rainha puríssima, que sois tão rica em poder como em bondade: a todos podeis e desejais salvar. Hoje, portanto, e todos os dias de minha vida, vos invocarei com o piedoso Luís Blósio:

«Augusta Senhora, protegei-me nos combates, fortificai-me nos desfalecimentos»

Sim, ó Maria, na grande luta que sustento contra o inferno, socorrei-me sempre; e quando virdes que eu estou a ponto de sucumbir, dai-vos pressa em estender-me a vossa mão, e sustentai-me fortemente, ó Deus! Quantas tentações tenho ainda a vencer até à morte! Mas vós, minha esperança, meu refúgio, minha fortaleza, ó Maria, não permitais que eu perca jamais a graça de Deus. Estou resolvido a recorrer sempre e prontamente a vós em todas as tentações, dizendo:

Jaculatória — Socorrei-me, ó Maria! Ó Maria, socorrei-me!

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

30º Dia da Visita a São José
Lágrimas da Paixão

Ó santo Patriarca, pelas lágrimas que derramastes contemplando antecipadamente a Paixão de vosso Jesus, alcançai-me contínua e terna memória dos tormentos de meu Redentor; e pelas santas chamas de amor que estes pensamentos e colóquios acendiam em vosso coração, obtende-me uma centelha do mesmo para a minha alma, que, por seus pecados, tanto contribuiu para as dores de Jesus.

Jaculatória — São José, fazei que a cruz de Jesus esteja sempre gravada no meu espírito e no meu coração.

Agora reza-se a oração a São José

31º Dia da Visita a Jesus Sacramentado
Eterno Sacerdote

Oh! Como era belo contemplar o nosso amável Redentor no dia em que, fatigado da viagem, o rosto radiante de graça e de ternura, «se assentara à borda de um poço» (Jo 4, 6), esperando a Samaritana para a converter e salvar.

Pois, com essa mesma doçura, continuada dia por dia, o mesmo Jesus se conserva no meio de nós; descido do céu aos nossos altares, como a outras tantas fontes de graças, Ele espera as almas e as convida a lhe fazerem companhia a fim de atraí-las ao Seu perfeito amor. De todos os altares, onde está sacramentado, Jesus parece dizer-nos: ó homens, por que fugis da Minha presença? Por que não vindes a Mim, não vos aproximais de Mim, que tanto vos amo e, para vosso bem, Me conservo neste estado de abatimento? Que temeis? Não é ainda como juiz que Eu vim ao mundo; neste Sacramento de amor Me ocultei unicamente para fazer bem e para salvar a quem quer que a mim recorra:

«Não vim para julgar o mundo, mas para salvá-lo» (Jo 12, 47)

Compreendamos bem que, como Jesus Cristo, no céu, está sempre vivo para interceder em nosso favor (Hb 7, 25) assim, no Sacramento do altar, se ocupa sem cessar, dia e noite, em exercer em nosso favor o caridoso ofício de advogado, oferecendo-Se como vítima ao Seu Eterno Pai para nos obter dEle misericórdias e graças sem número.

Esta é a razão por que o piedoso Tomás de Kempis dizia que devemos aproximar-nos de Jesus no Santíssimo Sacramento e falar-lhe «sem apreensão nem constrangimento, como um amigo fala com seu amigo».

Visto que assim é, ó meu Rei e Senhor aqui oculto, permiti que Vos abra o meu coração cheio de confiança e Vos diga: ó meu Jesus, ó terno amigo de nossas almas, eu conheço a ingratidão dos homens para conVosco. Vós os amais, e eles não Vos amam; Vós lhes fazeis bem e eles Vos desprezam; quereis que ouçam a Vossa voz, e eles não Vos escutam; Vós lhes ofereceis graças, e eles as rejeitam … Ah! Meu Jesus, e é verdade que eu mesmo me ajuntei outrora a esses ingratos para Vos ofender? Ai! Infelizmente é verdade; mas quero corrigir-me, quero durante os dias que me restam de vida, reparar as ofensas passadas, fazendo quanto possa para Vos agradar e satisfazer. Dizei, Senhor, o que quereis de mim; estou disposto a fazer tudo quanto me ordenardes; fazei-me conhecer a Vossa vontade por meio da santa obediência; espero executá-la fielmente, ó meu Deus, estou decidido a fazer de ora em diante tudo que souber que Vos agrada, ainda que seja necessário perder tudo: parentes, amigos, honra, saúde e a própria vida. Perca-se tudo, contanto que fiqueis satisfeito.

Feliz é a perda, quando tudo se perde e tudo se sacrifica para contentar o Vosso Coração, ó Deus de minha alma! Amo-Vos, ó Bem supremo, infinitamente mais amável do que todos os outras bens, e amando-Vos, uno o meu pobre coração aos abrasados corações dos Serafins, ao Coração de Maria, ao Coração de Jesus. Amo-Vos com toda a minha alma, e só a Vós quero amar sempre.

Jaculatória — Meu Deus, meu Deus, eu sou Vosso, e Vós sois meu.

Agora reza-se a Comunhão Espiritual

31º Dia da Visita a Nossa Senhora
Ternura da Mãe

Diz o bem-aventurado Amadeu que Maria, nossa Rainha santíssima, está continuamente diante de Deus, exercendo o ofício de advogada nossa e interpondo em nosso favor o poderoso crédito de suas orações. Porque, ajunta ele, vendo as nossas misérias e perigos, esta nossa clementíssima Senhora não pode deixar de compadecer-se de nossos males e nos socorrer com uma ternura verdadeiramente maternal. Portanto, ó minha Mãe terníssima, nesta hora mesma vedes as misérias da minha alma e os perigos que me cercam, e rogais por mim.

Ah! Rogai, sim, rogai, e não cesseis de o fazer até que me vejais no céu para vos render graças para sempre, ó dulcissima Virgem Maria, o piedoso Luís Blósio diz que, depois de Jesus, sois a salvação segura daqueles que vos servem fielmente. Pois bem; a graça que hoje vos peço é a felicidade de ser até à morte vosso servo fiel, a fim de que, ao sair deste mundo, vá bendizer-vos no céu, seguro de nunca ser privado da vossa presença, enquanto Deus for Deus.

Jaculatória — Ó Maria, minha Mãe, fazei que eu vos pertença sempre.

Agora reza-se a oração a Nossa Senhora

31º Dia da Visita a São José
Assistência Particular

Devemos ser devotos de São José, principalmente para que ele nos alcance uma boa morte. Por ter salvo o Menino Jesus das traições que lhe armavam, ele tem o privilégio especialíssimo de livrar os moribundos das ciladas do demônio; e por ter assistido tanto tempo a Jesus e Maria, granjeando-lhes, com seu trabalho, morada e sustento, goza o nosso santo do privilégio de obter para seus servos, no momento da morte, a assistência particular de Jesus e Maria. Mais: sabemos que ele é o padroeiro da boa morte, porque teve a felicidade de morrer nos braços de Jesus e Maria. A São José invoquemos portanto muitas vezes na vida, dizendo-lhe:

Jaculatória — São José fazei que eu morra como vós, nos braços de Jesus e Maria.

Agora reza-se a oração a São José

Jesus Eucaristia

Consagração a São José

Glorioso São José, digno de ser entre os Santos venerado, amado e invocado com especial carinho, pelo primor de vossas virtudes, eminencia de vossa glória e poder de vossa intercessão pe­rante a Santíssima Trindade, perante Jesus, vosso Filho adotivo, e perante Maria, vossa castíssima Esposa, minha Mãe terníssima; tomo-vos hoje por meu advogado junto de ambos, por meu protetor e pai; proponho firmemente nunca esquecer-me de vós, honrar-vos todos os dias que Deus me conceder, e fazer quanto em mim estiver para inspirar a vossa devoção aos que estão a meu cargo. Dignai-vos, vo-lo peço, ó pai de meu coração, conceder-me vos­sa especial proteção, e admitir-me en­tre vossos mais fervorosos servos! Em todas as minhas ações assisti-me, jun­to de Jesus e Maria favorecei-me, e na hora da morte não me falteis, por piedade. Amém.

Tríduo a São José

1) Nas angústias deste vale de lágrimas a quem havemos de recorrer, nós, miseráveis, senão a vós, glorioso São José, a quem a Rainha dos Anjos, vossa amantíssima Esposa, consignou todos os seus tesouros, para que em nosso proveito os guardásseis? Ide a meu esposo José, parece dizer-nos Ma­ria Santíssima; ele vos consolará e, aliviando-vos do mal que vos aflige, vos dará a alegria e felicidade.

Ó glorioso São José, pelo ardentíssimo amor que tivestes a uma Esposa tão digna e amável, tende compaixão de nós.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai

2) Ofendemos certamente a divina justiça com os nossos pecados, e mere­cemos os mais severos castigos. Qual será o nosso refúgio? Qual o porto em que estaremos seguros? Ide a José, parece dizer-nos Jesus; ide a José, a quem Eu sempre, como a pai obedeci. Todo o Meu poder lhe comuniquei, pa­ra que dele se sirva em vosso bem.

Ó glorioso São José, pelo ardentíssimo amor que tivestes a um Filho tão ado­rável e querido, tende compaixão de nós.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai

3) Confessamos que os nossos pe­cados chamam sobre nós os mais pe­sados flagelos. Qual será para nós a arca de salvação? Qual o íris propício que em tal angústia nos sirva de con­forto? Ide a José, parece dizer-nos o eterno Pai; ide a José que fez na terra as minhas vezes para com meu Filho humanado. Se lhe confiei o meu Filho, fonte de todas as graças, todas as gra­ças em suas mãos depositei.

Ó glorioso São José, pelo ardentíssimo amor que tivestes ao eterno Deus, tão liberal para convosco, tende compaixão de nós.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai

Consagração Oficial a
Nossa Senhora Aparecida,
Padroeira do Brasil

Ó Maria Imaculada, Senhora da Con­ceição Aparecida, aqui tendes, prostra­do diante de vossa milagrosa imagem, o Brasil que vem de novo consagrar-se à vossa maternal proteção. Escolhendo-vos por especial Padroeira e Advoga­da de nossa Pátria, nós queremos que ela seja inteiramente vossa. Sim, ó Senhora Aparecida, o Brasil é vosso! Por vossa intercessão temos recebido todos os bens da mão de Deus e todos os bens esperamos receber ainda e sempre, por vossa intercessão. Aben­çoai, pois, ó Rainha de amor e de mi­sericórdia, abençoai, defendei e salvai o nosso Brasil.

Preservai a nossa fé! Assisti os nos­sos Bispos! Santificai as almas consa­gradas a Deus! Socorrei as nossas fa­mílias! Afastai do vício e da corrupção a mocidade e os operários brasileiros, especialmente visados pelos inimigos de nossa Fé! Esclarecei o nosso Governo! Guiai, enfim, a todos os nossos ir­mãos de Pátria, no caminho do céu e da verdadeira felicidade.

Lembrai-vos, Senhora da Conceição Aparecida, de que somos e queremos ser vossos filhos, e mostrai, ante o Céu e a Terra, que sois a Padroeira po­derosa do Brasil e a Mãe querida de todos os brasileiros!

(LIGÓRIO, Santo Afonso M. de. Visitas ao SS. Sacramento, A SS. Virgem Maria e a São José. Tradução pelo Pe. Francisco Alves, C.Ss.R. Oficinas Gráficas Santuário de Aparecida, 1960, 5ª Edição)