Tag: pecado (page 1 of 6)

A Adúltera

Meditação para o Dia 18 de Novembro

1. Então os escribas e fariseus lhe trouxeram uma mulher apanhada em adultério“. Queriam que a julgasse, para poderem acusar. Que nova malícia contra o maior benfeitor! Jesus, que tudo sabia e que é supremo juiz, negou-se a julgar. Tu, que nada sabes e nada podes, és tão precipitado em julgar o teu próximo. Deus por acaso, te fez juiz dos outros? Continue a ler

Jesus pagando Impostos

Meditação para o Dia 14 de Novembro

1. Chegaram-se a Pedro os que cobravam o tributo de duas dracmas e lhe disseram: Vosso Mestre não paga as duas dracmas? Respondeu: Sim“. Exigiram de Jesus o que Ele não estava obrigado a dar. Não fazes o mesmo quando pecas, seja grave, seja levemente? Exiges que Deus te conserve a liberdade de ação, o uso de teus membros e ainda que te perdoe e te satisfaça. Não é isto abusar de sua bondade?

Jesus quis pagar o que não precisava dar. Ai de ti, se Ele se limitasse a ser justo. Quanto já agradeceste à Sua misericórdia infinita? Continue a ler

O Jovem de Naim

Meditação para o Dia 22 de Outubro

1. a) Eis que levavam um defunto à sepultura, filho único de sua mãe que já era viúva“. Quão inexorável é a morte! Arrebata da vida um jovem, apesar das lágrimas de sua mãe, de quem era o único consolo. Quem te assegura que a morte ainda te concederá mais algum tempo?

b) A Igreja chora a morte espiritual de seus filhos. Quanto não fez ela para evitar esta morte, e quanta ingratidão encontra! Já pertenceste também ao número dos filhos ingratos? Reparaste todo o mal causado? Continue a ler

Morte duma Menina

Meditação para o Dia 30 de Setembro

1. Senhor, nesta hora acaba de expirar minha filha; mas vem, impõe tua mão sobre ela, e viverá“. A única filha de pais nobres e ricos teve de morrer na flor dos anos. Não confies jamais em juventude, robustez, saúde e recursos. A morte sempre te acompanha, e este ou outro dia, talvez já próximo, será teu último. Não será provável que seja o de hoje? Pode ser, mas não é impossível. Estás preparado para morrer? Aguardar-te-á, pelo menos, um longo purgatório? Que loucura, não fazer tudo para aplacar neste mundo a justiça de Deus e pagar as dívidas até ao último vintém, agora que custa pouco e que é meritório! Continue a ler

A Cura do Paralítico

Meditação para o Dia 26 de Setembro

1. E eis que lhe apresentaram um paralítico prostrado num leito“. Tão triste como o estado do paralítico é o do pecador e do indiferente. Também este não tem uso das mãos e dos pés, porque nada faz para se salvar. O indiferente precisa, como o paralítico, de quatro que o guiem, levando-o a Jesus: deve refletir sobre seu triste estado, meditar a misericórdia de Deus, confiar nEle e amar sinceramente a seu Salvador. Quem se deixa levar por estes quatro guias, será salvo. Continue a ler

O Inimigo Infernal

Meditação para o Dia 25 de Setembro

1. E logo que saltou em terra, veio ter com Ele um homem que estava possuído do demônio havia já muito tempo, e não vestia roupa alguma, nem habitava em casa, senão nos sepulcros“… “gritando e ferindo-se com pedras“. Assim é que o demônio trata os homens; mas, não obstante isso, sujeitam-se-lhe pelo pecado. O pecado despe a veste da inocência; prende a alma, vulnera-a; profana o sangue de Jesus, afronta a Deus e leva ao inferno. Quantas vezes, cego por uma paixão ou extremamente leviano, não preferiste todos estes males ao amor de teu Deus! Continue a ler

A Inveja

Meditação para o Dia 19 de Setembro

1. Mestre, quem estava contigo da outra banda do Jordão, de quem tu deste testemunho, ei-lo aí, está batizando e todos vem a Ele“. Eis os discípulos de São João invejosos. Até pessoas santas veem-se tentados por este vício, que faz falar dos outros com desprezo e exagero.

Todos vem a Ele”

Os discípulos, zelando a honra de São João, visavam sua própria glória, que julgavam ameaçada. Nunca cedeste a este vício? Amas a glória de Deus mais do que a tua? A inveja, indigna do homem sob todos os pontos de vista, não deve entrar em teu coração. Continue a ler

O pecador aflige o Coração de Deus

Coração de Jesus desprezado

Exacerbavit Dominum peccator: secundum multitudinem irae suae non quaeret – “O pecador irritou ao Senhor: não se importa da grandeza de sua indignação” (Sl 9, 24)

Sumário. Não há dissabor maior do que ver-se pago com ingratidão por uma pessoa amada e beneficiada. Daí infere quanto deve estar amargurado o Coração sensibilíssimo de Jesus, que, não obstante os imensos e contínuos benefícios concedidos aos homens, é tão vilmente ultrajado pela maior parte deles, especialmente neste tempo de carnaval. Jesus não pode morrer; mas, se o pudesse, havia de morrer só de tristeza. Procuremos nós ao menos desagravá-Lo um pouco com os nossos obséquios.
Continue a ler

O pecador não quer obedecer a Deus

O pecador não quer obedecer a Deus

A saeculo confregisti iugum meum, rupisti vincula mea, et dixisti: non serviam – “Quebraste desde o princípio o meu jugo, rompeste os meus laços, e disseste: não servirei” (Jr 2, 20)

Sumário. Grande Deus! Todas as criaturas obedecem a Deus, como a seu supremo Senhor; os céus, a terra, o mar, os elementos obedecem-lhe de pronto ao menor sinal. E o homem, mais amado e privilegiado de Deus do que todas essas criaturas, não quer obedecer-lhe, e cada vez que peca, diz por suas obras com inaudita temeridade a Deus: Senhor, não Vos quero servir ― Confregisti iugum meum, dixisti: non serviam. Irmão meu, é isso o que tu também fizeste, se tiveste a desgraça de pecar.
Continue a ler

Pecado e Conversão

Meditação para o Dia 23 de Julho

1. Ainda que as tentações possam concorrer para maior virtude, elas não deixam de ser perigosas, por pintarem o bem a esperar-se pelo pecado, como grande e apreciável, estimulando a fantasia e a paixão. O perdão de que precisas depois do pecado é por elas apresentado como extremamente fácil e sem incômodo algum. Feito, porém, o pecado, a conversão se afigura pesada, penosa, senão impossível. De todos estes enganos o autor é aquele que é o pai da mentira: o demônio. Não deves, pois, ouvi-lo. Continue a ler

Artigos antigos

© 2017 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑