Meditação para o Dia 29 de Julho

1. Sede perfeitos como é perfeito vosso Pai do céu“, é isto que Jesus exige de todos. Deves, pois, por ordem do próprio Salvador, adquirir virtudes, visto em sua posse consistir a perfeição. A virtude não é uma única ação boa, nem consiste em se estar isento de graves faltas ou em praticar exercícios exteriores de piedade. A virtude sobrenatural é mais; é ela que nos habilita para ações boas que tem por fim agradar a Deus. A virtude é, pois, uma aspiração perseverante ao bem e um exercício continuado, sendo por isso mais do que um entusiasmo passageiro. Ela deve inspirar e modificar todas as ações.

2. De Jesus podes aprender o que é verdadeira virtude. Seus pensamentos, suas palavras, suas obras, tudo visa Deus: não faz nada para agradar aos homens, e as censuras destes não o detém de fazer a vontade do Pai. Jesus vive, contribuindo sempre mais e mais para a glória do Pai. Deixa ao Pai Eterno o cuidado da honra, do descanso e da vida do Filho. Jesus não condena a riqueza; prefere, porém, a pobreza; não condena os prazeres inocentes, mas escolhe para si a cruz. Torna-se tudo para todos… Não saberás aprender dEle coisa alguma?

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 225)