Meditação para o Dia 01 de Março

Quereis a perfeição? Buscai-a nestas duas fontes: a Cruz e a Eucaristia. “Se alguém quer ser perfeito” – diz Nosso Senhor – tome “a cruz de cada dia” – “quotidie”. E não é a Eucaristia o pão da vida eterna, a memória da paixão de Jesus Cristo? A ideia do sacrifício da cruz é inseparável a do sacrifício do Altar. Não se vive neste mundo sem cruz, mas para nos ajudar a carregá-la, deu-nos o Senhor a Eucaristia. Ó bondade, ó misericórdia do Coração de Jesus! Sempre nos convida ao seu banquete de amor:

“Vinde a mim, vós que estais sobrecarregados e que tanto sofreis, vinde, Eu vos aliviarei”

Se a cruz é de todos os dias, todos os dias vamos também à Eucaristia. Quando se padece, alivia-se o coração com uma visitinha ao Sacrário, com uma comunhão bem feita!

“Os homens – dizia Jó – são consoladores importunos”

Tomemos o hábito de correr logo ao Sacrário, à mesa da comunhão, quando o sofrimento nos acabrunha, quando o coração está sobrecarregado e ferido. Só Ele, só Jesus pode suavizar a nossa dor. Disse Nosso Senhor a uma alma:

“Quando quero conduzir uma alma ao cume da perfeição, Eu lhe dou a cruz e a Eucaristia. A Eucaristia faz, primeiro aceitar, depois, amar e, afinal, desejar a cruz. A cruz purifica a alma e a dispõe e prepara para o Banquete Eucarístico. A Eucaristia nutre, fortifica a alma, ajuda a levar a cruz e sustenta-a no caminho do Calvário”

Haverá dons mais preciosos do que a cruz e a Eucaristia?

Voltar para o Índice do Breviário da Confiança

(Brandão, Ascânio. Breviário da Confiança: Pensamentos para cada dia do ano. Oficinas Gráficas “Ave-Maria”, 1936, p. 70)