Tag: cruz (page 1 of 9)

Consolação e Perturbações

Meditação para o Dia 16 de Agosto

Segundo a Imitação de Cristo, Cap. IX – L. II

Quando Deus te der alguma consolação espiritual, receba-a agradecido,reconhecendo que é dom de Deus e não merecimento teu. Com ela não te desvaneças nem te alegres em excesso, nem presumas vãmente de ti, mas humilha-te pelo dom recebido e sê mais acautelado e timorato em todas as tuas obras, porque passará aquela hora de alegria e virá a tentação. Quando te for tirada a consolação, não desesperes logo, mas espera com humildade e paciência que volte esta alegria celeste, porque todo poderoso é Deus para dá-la de novo e ainda maior que a precedente. Isto não é novo nem estranho para os que têm experiência dos caminhos do Senhor. Continue reading

O Paraíso na Terra

Meditação para o Dia 15 de Agosto

Segundo a Imitação de Cristo, Cap. XII vs. 11 – L. II

Quando chegares ao estado em que a aflição te seja suave e gostosa por amor de Jesus Cristo, dá-te então por feliz, porque achaste o paraíso na terra. Mas, enquanto o padecer te for molesto e buscares evitá-la, crê que te vai mal, e onde quer que fores, contigo irá a tribulação. Se te resolveres, como deves, a sofrer e morrer, logo te irá melhor e acharás a paz. E, ainda quando fosses arrebatado, como São Paulo, ao terceiro Céu, nem por isso estarias isento de padecer. “Eu lhe mostrarei – diz Jesus – quando convém que ele sofra por meu nome”. Continue reading

Levar a Cruz e Amar a Cruz

Meditação para o Dia 14 de Agosto

Segundo a Imitação de Cristo, Cap. XII vs. 8-9-10-11 – L. II

Quanto mais se debilita a carne pela aflição, tanto mais se fortalece o espírito pela graça interior. E, às vezes, é tal o seu amor dos sofrimentos e tanto o desejo de conformar-se a Jesus Cristo Crucificado, que não quer estar um só momento sem dor e tribulação, pois crê ser tanto mais aceito a Deus quanto forem maiores os trabalhos que por seu respeito puder sofrer. Não é isto virtude humana, senão graça de Jesus Cristo, que tão poderosamente faz tão grandes coisas na carne frágil, fazendo-lhe que ame e sofra com afeto intenso aqueles mesmos males a que naturalmente tem horror e aversão. Não há coisa mais contrária à inclinação do homem que levar a cruz, amar a cruz, castigar o corpo e pô-lo em servidão, fugir das honras, sofrer de bom grado as injúrias, desprezar-se a si mesmo e desejar que o desprezem; suportar as aflições e desgraças e não desejar prosperidade alguma neste mundo. Se consideras as tuas forças, acharás que nada disto podes fazer. Porém, se confiares no Senhor do Céu, Ele te enviará celestial fortaleza e terás poder sobre a carne e o mundo. Continue reading

Leva tua Cruz de Boa Vontade!

Meditação para o Dia 13 de Agosto

Segundo a Imitação de Cristo, Cap. XII v. 4 – L. II

Deus quer que aprendas a sofrer a tribulação sem alívio, sujeitando-te de todo a Ele e fazendo-te mais humilde com a tribulação. Ninguém sente mais vivamente a Paixão de Cristo que aquele que padece pelos semelhantes. Assim, sempre a cruz está preparada e em qualquer lugar te espera. Para qualquer parte que vás,não lhe podes fugir, porque, para onde quer que fores, levas a ti contigo e sempre acharás a ti mesmo. Ou te eleves ou te abaixes; ou te dês às coisas exteriores ou às interiores, em tudo acharás cruz. Continue reading

O Caminho Real da Santa Cruz

Meditação para o Dia 12 de Agosto

Segundo a Imitação de Cristo, Cap. XII – L. II

A muitos parecem duras estas palavras do Salvador: “Renuncia a ti mesmo, toma a tua cruz e segue-me”. Porém, muito mais duras parecerão aquelas que Ele pronunciar no dia de Juízo: “Apartai-vos de Mim, malditos, ide para o fogo eterno”. Os que agora ouvem e seguem de boa vontade a palavra da cruz, não temerão então a sentença da eterna condenação. Continue reading

Quão poucos são os que Amam a Cruz de Jesus Cristo

Meditação para o Dia 11 de Agosto

Segundo a Imitação de Cristo, Cap. XI – L. II

Jesus Cristo tem agora muitos que amam o seu reino celestial, mas poucos que levam a sua cruz. Muitos desejam sua consolação e muito poucos desejam atribulação. Muitos companheiros acha de sua mesa e poucos de sua abstinência. Todos querem gozar de sua alegria, mas poucos querem sofrer alguma coisa por Ele. Muitos seguem a Jesus até o partir do pão, porém poucos até o beber o cálice da sua paixão. Muitos admiram seus milagres, mas poucos abraçam a ignomínia da cruz. Muitos amam a Jesus quando não há adversidade. Muitos O louvam e exaltam enquanto Dele recebem algumas consolações. Porém, se Jesus se lhes esconde e os deixa por algum tempo, logo se queixam ou demasiadamente desanimam. Aqueles, porém, que amam a Jesus por amor de Jesus e não por amor de sua própria consolação, tanto O louvam em toda tribulação e angústia decoração como nas mais doces consolações. E, ainda que nunca mais se lhes quisesse dar consolação, sempre O louvariam e Lhe dariam graças.

Continue reading

Momentos Preciosos

Meditação para o Dia 31 de Julho

“Os momentos de sofrimento – diz Bossuet – são momentos preciosos”

É que, no sofrimento, cumpre-se a Vontade de Deus. Só tem méritos para o Céu o que fazemos dentro dos limites da Vontade Santíssima de Deus. Ora, se Deus nos permite a enfermidade, aceitemo-la, assim como tudo o que Ele quiser, e resignemo-nos. Continue reading

Senhor, Vós me Enganastes!

Meditação para o Dia 30 de Julho

“Deus – escreveu Lacordaire – ocultou no sofrimento um bálsamo reparador e misterioso. A alegria de sofrer, que experimentaram os verdadeiros amigos de Nosso Senhor, o mundo jamais será capaz de a entender”

Santa Teresa disse:

“Este sentimento, sentimento simultâneo de alegria e de dor, é uma alegria apenas nascente, algo de incompreensível para mim. O prazer e a dor que sinto ao mesmo tempo, são para mim um mistério” (1)

Continue reading

A Escola dos Santos

Meditação para o Dia 28 de Julho

A escola dos santos foi a escola da cruz. Não se encontrará um só que não tenha passado por muitas e grandes tribulações para chegar à glória. E todos abençoaram e amaram apaixonadamente a cruz.

“Os santos – diz a Imitação (1) – e amigos de Cristo serviram o Senhor em fome, em sede, em frio e nudez, em trabalhos e fadigas, em vigílias e jejuns, em orações e santas meditações, em perseguições e muitos opróbrios. Oh! Quantas e quão graves tribulações padeciam os apóstolos, os mártires, os confessores, as virgens e todos os demais que quiseram seguir as pisadas de Cristo! Pois aborreceram neste mundo suas vidas para as possuírem na eternidade” (2)

Continue reading

Tome a sua Cruz e Me Siga

Meditação para o Dia 24 de Julho

Somos chamados a subir o Gólgota, acompanhando o Mestre.

“Tome a sua cruz e me siga!”

Felizes os que ouviram o convite honroso de Nosso Senhor e se alistaram entre as almas generosas e reparadoras, sempre fiéis em seguir o Esposo no caminho do Calvário. Conta-se que o Pe. João d’Ávila, santo homem de Deus, ilustre filho da Companhia de Jesus, hesitava um dia em prosseguir uma caminhada difícil para assistir ao Santo Sacrifício da Missa. E, fatigado e enfermo, já ia voltar, quando lhe apareceu Nosso Senhor e, mostrando-lhe a chaga do Coração disse:

“A fadiga, o sofrimento, meu filho, não me impediram de chegar ao alto do Calvário!”

Continue reading

Older posts

© 2018 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑