Tag: natal (page 1 of 7)

Ofertas dos Magos

Meditação sobre a Ofertas dos Magos

SUMARIO

Meditaremos:

1.º Nas ofertas que os magos fazem ao Menino Jesus;

2.° Nas ofertas que devemos fazer-lhe também.

— Tomaremos depois a resolução:

1.º De oferecer com frequência, durante o dia, a nossa adoração e o nosso amor ao Deus do presépio, em união com os magos;

2.° De incitar, nas nossas orações, o fervor destes piedosos reis.

O nosso ramalhete espiritual será a antiga oração da Igreja de Paris:

Ao Menino Jesus o ouro da caridade, a mirra da mortificação, e o incenso da oração (1)

 

Continue reading

Natal de Nosso Senhor

Meditação para o Natal de Nosso Senhor

Meditação para o Nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo

Evangelho segundo São Lucas 2, 1-20

Por aqueles dias, saiu um édito da parte de César Augusto para ser recenseada toda a terra. Este recenseamento foi o primeiro que se fez, sendo Quirino governador da Síria.

Todos iam recensear-se, cada qual à sua própria cidade. Também José, deixando a cidade de Nazaré, na Galileia, subiu até à Judeia, à cidade de David, chamada Belém, por ser da casa e linhagem de David, a fim de se recensear com Maria, sua esposa, que se encontrava grávida.

E, quando eles ali se encontravam, completaram-se os dias de ela dar à luz e teve o seu filho primogênito, que envolveu em panos e recostou numa manjedoura, por não haver lugar para eles na hospedaria.

Na mesma região encontravam-se uns pastores que pernoitavam nos campos, guardando os seus rebanhos durante a noite. Um anjo do Senhor apareceu-lhes, e a glória do Senhor refulgiu em volta deles; e tiveram muito medo. O anjo disse-lhes: «Não temais, pois anuncio-vos uma grande alegria, que o será para todo o povo: Hoje, na cidade de David, nasceu-vos um Salvador, que é o Messias Senhor. Isto vos servirá de sinal: encontrareis um menino envolto em panos e deitado numa manjedoura.»

De repente, juntou-se ao anjo uma multidão do exército celeste, louvando a Deus e dizendo: «Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens do seu agrado.»

Quando os anjos se afastaram deles em direção ao Céu, os pastores disseram uns aos outros: «Vamos a Belém ver o que aconteceu e que o Senhor nos deu a conhecer.»

Foram apressadamente e encontraram Maria, José e o menino deitado na manjedoura. Depois de terem visto, começaram a divulgar o que lhes tinham dito a respeito daquele menino. Todos os que ouviram se admiravam do que lhes diziam os pastores. Quanto a Maria, conservava todas estas coisas, ponderando-as no seu coração. E os pastores voltaram, glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham visto e ouvido, conforme lhes fora anunciado.

Continue reading

“Gloria in Excelsis Deo!”

Meditação para o Dia 25 de Dezembro

Os anjos cantaram no presépio de Belém:

“Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade” – Gloria in excelsis Deo et in terra pax hominibus bonae voluntatis

Jesus baixou à terra. O Príncipe da paz veio estabelecer o seu reino de Amor e de Misericórdia. E nos dirá:

“Eu vos dou minha paz!”

Continue reading

Vida de Maria unida a Jesus

Meditação para a Sexta-feira da 4ª Semana do Advento. Vida de Maria unida a Jesus

Meditação para a Sexta-feira da 4ª Semana do Advento

Sumário

Depois de ter meditado a vida de Jesus em Maria, meditaremos a vida de Maria unida à de Jesus; e veremos que foi uma vida:

1.° Toda interior;

2.° Toda de amor;

3.° Toda de imitação.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De vigiar a nossa alma para não a deixar o ocupar-se no que a distrai, como as novidades, as conversações frívolas, os vãos divertimentos, os pensamentos inúteis;

2.° De nos unirmos muitas vezes a Deus por atos de amor e pela aplicação em imitar Jesus Cristo.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra de Maria:

O meu espírito se alegrou por extremo em Deus meu Salvador – Exultavit spiritus meus in Deo salutari Meo (Lc 1, 47)

Continue reading

Sua vida de méritos

Meditação para a Quinta-feira da 4ª Semana do Advento. Sua vida de méritos

Meditação para a Quinta-feira da 4ª Semana do Advento

Sumário

Concluiremos as nossas meditações a respeito da vida do Verbo Encarnado no seio de Maria, considerando:

1.° Os merecimentos que Ele adquiriu durante nove meses;

2.° A parte que se digna conceder-nos nos Seus merecimentos.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De pôr a nossa confiança nos merecimentos de Jesus Cristo, e de combater, por esta consideração, qualquer pensamento de desanimação e de desconfiança;

2.° De tornar as nossas obras meritórias, oferecendo-as a Deus e unindo-as às obras semelhantes de Jesus Cristo.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra do Salmo:

Em vós, Senhor, é que esperei: não permitais que jamais seja eu confundido – In te, Domine, speravi; non confundar in aeternum (Sl 30, 1)

Continue reading

Sua vida de vítima

Meditação para a Quarta-feira da 4ª Semana do Advento. Sua vida de vítima

Meditação para a Quarta-feira da 4ª Semana do Advento

Sumário

Consideraremos que o seio de Maria não é somente um templo, em que o Verbo Encarnado mostra o Seu zelo e expande a Sua oração: é também um altar, em que se sacrifica. Por conseguinte meditaremos:

1.° A vida de vítima, que tem Jesus no seio de Sua Mãe;

2.° A vida de vítima, que nós mesmos devemos ter.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De santificar, o dia com diferentes atos de amor para com Jesus, nossa vítima no seio de Maria;

2.° De trabalhar na nossa emenda espiritual com o sacrifício de nossos gostos e desejos.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra de São Paulo:

Jesus Cristo amou-nos e se entregou a si mesmo por nós outros, como oferenda e hóstia a Deus – Christus dilexit nos, et tradidit semetipsum pro nobis oblationem et hostiam Deo (Ef 5, 2)

Continue reading

Sua vida de oração

Meditação para a Terça-feira da 4ª Semana do Advento. Sua vida de oração

Meditação para a Terça-feira da 4ª Semana do Advento

Sumário

Meditaremos:

1.° A vida de oração, que teve, como nosso sumo sacerdote, o Verbo Encarnado no seio de Maria;

2.° A suave obrigação, que a todos assiste, de ter igualmente uma vida de oração.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De fazer melhor as nossas orações ordinárias;

2.° De pedir muitas vezes a Deus o espírito de oração, que é de todas as graças a mais importante à salvação.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra de Nosso Senhor:

Importa orar sempre, e não cessar de o fazer – Oportet semper orare et non deficere (Lc 18, 1)

Ou a palavra dos Apóstolos:

Senhor, ensinai-nos a orar – Domine, doce nos orare (Lc 11, 1)

Continue reading

Vida cheia de zelo do Verbo Encarnado em Maria

Meditação para a Segunda-feira da 4ª Semana do Advento. Segunda-feira. Vida cheia de zelo do Verbo Encarnado em Maria

Meditação para a Segunda-feira da 4ª Semana do Advento

Sumário

Consideraremos Jesus em Maria, constituído sacerdote do gênero humano por Deus seu Pai; e como tal, abrasado em zelo:

1.° Pela glória de Deus;

2:° Pela salvação dos homens.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De referir todas as nossas ações à maior glória de Deus, e de dar com este intuito a cada uma delas toda a perfeição possível;

2.° De fazer o que depender de nós para a salvação do próximo, e de diligenciar de todo o coração salvar-nos.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra de Santo Inácio:

Para maior gloria de Deus – Ad majorem Dei gloriam

Continue reading

Preparação próxima ao Natal

Meditação para o 4º Domingo do Advento. Preparação próxima ao Natal

Meditação para o 4º Domingo do Advento

Evangelho segundo São Lucas 3, 1-6

No décimo quinto ano do reinado do imperador Tibério, quando Pôncio Pilatos era governador da Judeia, Herodes, tetrarca da Galileia, seu irmão Filipe, tetrarca da Itureia e da Traconítide, e Lisânias, tetrarca de Abilena, sob o pontificado de Anás e Caifás, a palavra de Deus foi dirigida a João, filho de Zacarias, no deserto.

Começou a percorrer toda a região do Jordão, pregando um batismo de penitência para remissão dos pecados, como está escrito no livro dos oráculos do profeta Isaías:

«Uma voz clama no deserto: ‘Preparai o caminho do Senhor e endireitai as suas veredas. Toda a ravina será preenchida, todo o monte e colina serão abatidos; os caminhos tortuosos ficarão direitos e os escabrosos tornar-se-ão planos. E toda a criatura verá a salvação de Deus.’»

Continue reading

Sua vida recolhida no seio de sua Mãe

Meditação para o Sábado da 3ª Semana do Advento. Sua vida recolhida no seio de sua Mãe

Meditação para o Sábado da 3ª Semana do Advento

Sumário

Meditaremos as ocupações interiores do Verbo Encarnado durante a Sua estada no seio de Sua Mãe. A primeira destas ocupações era prestar continuamente a Deus quatro grandes ofícios:

1.º A adoração;

2.° O amor;

3.° A ação de graças;

3.° O louvor.

— Depois de ter meditado estes diversos ofícios, tomaremos a resolução:

1.° De fazer muitas vezes, pela salutar prática das orações jaculatórias, atos de adoração e amor, de reconhecimento e louvor;

2.° De oferecer as nossas obras a Deus com algum destes diferentes intuitos, e de animar-nos por isto a fazê-las perfeitíssimamente.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra do Salmista:

O Senhor é grande e digno de todos os louvores – Magnus Dominus et laudabilis nimis (Sl 47,2; 95, 4; 144, 3)

Continue reading

« Older posts

© 2019 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑