Meditação para o Dia 24 de Agosto

Segundo a Imitação de Cristo, Cap. XXXV – L. III

Jesus Cristo: Filho, nunca estarás seguro nesta vida, por isso, enquanto viveres, sempre te serão necessárias as armas espirituais. Andas cercado de inimigos: à direita e à esquerda te acometem. Se, pois, não te cobrires por todos os lados, com o escudo da paciência, não estarás por muito tempo sem feridas. Além disto, se teu coração não se fixar irrevogavelmente em Mim, com a firme vontade de sofrer tudo por Meu Amor, não poderás aguentar tão renhida batalha nem alcançar a palma dos bem-aventurados. Convém-te, pois, arrostar varonilmente todos os obstáculos e pelejar com muito esforço contra tudo o que se te opuser. PORQUE O MANÁ SÓ É CONCEDIDO AO VENCEDOR; E AO PREGUIÇOSO MUITA MISÉRIA O ESPERA. Se nesta vida buscas descanso, como chegarás depois à bem-aventurança? Não esperes ter aqui muito descanso, mas arma-te de paciência para sofrer tudo. Procura a verdadeira paz, não na terra, mas no Céu; não nos homens, nem em criatura alguma, mas em Deus só. Pelo amor de Deus deves sofrer de bom grado todas as adversidades, como os trabalhos, dores, tentações, vexames, angústias, perseguições, necessidades, doenças, injúrias, maledicências, repreensões, censuras, humilhações, afrontas, desprezos e vilipêndios. Estes são os degraus por onde se sobe à perfeição da virtude. Estes são os exercícios do novo soldado de Cristo, estes os diamantes e as pérolas que ornam a sua coroa celestial. Eu darei eterno galardão por breve trabalho e glória infinita por contusão passageira. Os meus santos sofreram tudo com paciência e confiaram mais em Deus que em si, porque sabiam que todos os sofrimentos da vida presente não têm proporção com a glória com que devem ser recompensados no futuro.

Voltar para o Índice do Breviário da Confiança

(Brandão, Ascânio. Breviário da Confiança: Pensamentos para cada dia do ano. Oficinas Gráficas “Ave-Maria”, 1936, p. 255)