Meditação para Dia 29 de Março

1. a)E Pedro ia seguindo-o de longe até ao pátio do príncipe dos sacerdotes“. São Pedro segue a Jesus: é sinal de amor; mas segue-o de longe: é sinal de fraqueza.

O respeito humano tirou-lhe a antiga coragem e o primitivo zelo. Sofres, acaso, do mesmo mal?

b) Pedro aproximou-se dos servos para se aquecer. Oh! Que antes se tivesse aproximado de Deus, para este lhe acender novo amor. Procurou a companhia dos inimigos de seu Mestre. Quem ama o perigo, nele cai. Não serás uma exceção à regra.

2. a) Pedro negou seu divino Mestre. Na companhia dos apóstolos ele confessou que Jesus era deus; no meio dos soldados o nega. Eis até onde leva a má companhia. Pedro cai por causa da pergunta duma criada. Milhares caem, porque não fogem à voz da sensualidade. Três vezes nega a Jesus. Tanto cai quem teve tamanha confiança em si!

b)E Pedro lembrou-se da palavra que lhe havia dito Jesus… E tendo saído para fora, chorou amargamente“. Bondade inesgotável de Jesus! O mesmo Jesus olha também para ti. Chora com São Pedro e levanta-te do pecado e da indiferença.

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 103)