Tag: negação de pedro

O que Jesus Cristo sofreu dos Seus Apóstolos

Meditação para a Segunda-feira Santa

SUMARIO

Meditaremos sobre o que Jesus Cristo sofreu dos Seus Apóstolos na Sua Paixão, a saber:

1.° De Judas, que O traiu;

2.° De São Pedro, que O negou;

3.° Dos outros Apóstolos, que O abandonaram.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De não nos fiarmos em nós mesmos e de confiarmos só em Deus;

2.° Se suportarmos com paciência todos os desgostos que nos dão as criaturas, até os nossos melhores amigos.

O nosso ramalhete espiritual será a queixa de Jó aplicada a Nosso Senhor:

“Os meus propínquos me desampararam” – Derelinquerunt me propinqui mei (Jó 19, 14)

Continue reading

“Senhor, Tu sabes que Te amo”

Meditação para o Dia 03 de Maio

1. a)Simão, filho de Jonas, amas-Me tu mais que a estes?“. Respondeu-lhe:

“Sim, Tu sabes que Te amo”

Disse-lhe Jesus:

“Apascenta os meus cordeiros”

Pedro é nomeado chefe por Jesus, que escolheu para isso quem muito o amava. Desconfiado do testemunho da própria consciência, São Pedro recorre à onisciência de seu divino Mestre, dizendo humilde e modestamente:

“Tu sabes que Te amo”.

Continue reading

São Pedro do lado dos inimigos

Meditação para Dia 29 de Março

1. a)E Pedro ia seguindo-o de longe até ao pátio do príncipe dos sacerdotes“. São Pedro segue a Jesus: é sinal de amor; mas segue-o de longe: é sinal de fraqueza.

O respeito humano tirou-lhe a antiga coragem e o primitivo zelo. Sofres, acaso, do mesmo mal?

b) Pedro aproximou-se dos servos para se aquecer. Oh! Que antes se tivesse aproximado de Deus, para este lhe acender novo amor. Procurou a companhia dos inimigos de seu Mestre. Quem ama o perigo, nele cai. Não serás uma exceção à regra.
Continue reading

São Pedro nega três vezes a seu Divino Mestre – Seu arrependimento

Capítulo XXI

Petrus coepit anathematizare et jurare: Quia non novi hominem istum – “Pedro começou a fazer imprecações e a jurar: Não conheço este homem…” (Mc 14, 71)

Et egressus foras, flevit amare – “E tendo saído, chorou amargamente” (Mt 26, 75)

Oh! Como esta renuncia de São Pedro deveu trespassar o coração de Jesus! Pedro, o príncipe dos apóstolos; Pedro, honrado da confiança particular do seu Mestre, nega covardemente Aquele que há pouco prometera acompanhar até à morte!

Oh! Jesus destinado ao suplício e declarado infame, reus est mortis. Jesus coberto de escarros por uma populaça vil. Jesus tratado com indigna derivação por uma turba ímpia e furiosa de criados. Jesus saciado de ignomínias, de penas, de insultos. Jesus abandonado já por vossos próprios discípulos, para que permitistes que a negação de São Pedro viesse ainda aumentar as vossas dores?… Ah! É que vosso amor queria-nos dar uma grande lição: queria-nos ensinar, pela queda do vosso apóstolo, a evitar a presunção, desconfiar das nossas próprias forças, e não confiar senão em vós; queríeis ensinar-nos a temer a nossa fraqueza, a não olhar longos anos passados em serviço vosso como um motivo de segurança. Continue reading

© 2020 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑