Tag: virgem maria (page 1 of 6)

Os Papas e o Rosário

Meditação para 06 de Outubro: Os Papas e o Rosário
Devoção dos Papas

O Rosário foi justamente denominado a devoção predileta e privilegiada dos Papas.

Nenhuma outra na Igreja teve mais calorosas e insistentes recomendações e mereceu tantas Encíclicas.

Desde Xisto IV até hoje, mais de cinquenta Encíclicas, Bulas, e Decretos sobre a devoção do Rosário. A palavra do Santo Padre é para todo bom católico a palavra de Deus, e ele sempre a recebe com amor e a obedece e venera.

Os Juízes infalíveis da verdade, os mestres e guias da cristandade, falaram em documentos autênticos, solenes e oficiais, sobre o Rosário de Maria.

Os Papas e o Rosário! Que assunto vasto e para volumes! Continue reading

O Rosário nossa salvação

Meditação para 05 de Outubro: O Rosário nossa salvação

Maria, Nossa Esperança

Sim, nossa esperança! Ninguém se salvará a não ser com Ela e sob a sua materna proteção. Com fervor seráfico bradava tantas vezes Santo Afonso de Ligório:

“Jesus meu amor! Maria minha esperança!”

“Ó Senhora, diz São Germano, sois minha única consolação, guia da minha peregrinação na terra, fortaleza de minha fraqueza, riqueza de minha miséria, liberdade de minha prisão, esperança de minha eterna salvação”.

São Boaventura ousou dizer:

“Ó Maria, vós sois a esperança até dos desesperados!”

Trememos ao pensar na sorte que nos está reservada depois de tantos pecados e gravíssimas ofensas, abusos da graça e ingratidões sem número para com Deus. Continue reading

Os fins do Rosário

Meditação para 04 de Outubro: Os fins do Rosário

Obter o Socorro Divino

O Rosário, segundo o espírito de São Domingos e pelo desejo de Nossa Senhora, tem um duplo fim: — obter do céu a proteção e a graça por Maria, e, formar as almas na escola das virtudes que é a contemplação dos mistérios.

É um brado de socorro ao céu e uma escola de virtudes. O primeiro movimento, diz Leão XIII, a atitude tradicional dos católicos nos perigos, e nas circunstâncias difíceis, foi sempre recorrer à Maria e se entregar em paz à sua maternal bondade. Esta piedade profunda e confiante na Rainha do céu, resplandece ainda mais quando se propaga o veneno das heresias, ou campeia a imoralidade, e os inimigos da fé parecem fazer periclitar a Igreja militante do Senhor.

A história antiga, a história moderna, a história eclesiástica, relatam os votos, as orações públicas, e particulares, dirigidos à Mãe de Deus, e os socorros alcançados pela sua intercessão. A paz e a tranquilidade públicas, que Ela obteve do céu. Daí tantos e belos títulos com que A saúdam as nações cristãs: — Nossa Senhora Auxiliadora, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Nossa Senhora da Consolação, Nossa Senhora dos Exércitos, Nossa Senhora da Paz! Entre estes títulos, porém, diz Leão XIII, enfim, há um que se impõe e que consagra e imortaliza os insignes benefícios de Maria à cristandade — é o de Rainha do Santíssimo Rosário (1).

Continue reading

Origem do Rosário

Meditação para 03 de Outubro: Origem do Rosário
O Rosário e São Domingos

Leão XIII afirma sempre em suas Encíclicas com a tradição, que o Rosário foi instituído por São Domingos sob a ordem e inspiração da Mãe de Deus, a Rainha do céu (1).

“O Rosário, diz, cujo rito a Mãe de Deus ensinou em pessoa a São Domingos para que ele o propagasse” – Magne Dei Matris, 7 de Setembro 1892

Todos os Papas desde Xisto IV aceitaram esta tradição e a confirmaram em preciosos documentos. No século XVIII, o Bolandista Cuyper contestou esta gloriosa tradição em nome da crítica histórica e escreveu:

“Só temos a autoridade dos Papas e confessamos que ela é grande e é favorável à Tradição. Todavia, num assunto puramente histórico, os eruditos católicos podem discutir e ter opiniões contrárias. As bulas deste gênero não confirmam fatos históricos. Em geral os Papas dizem como provável o que apresentam”

Continue reading

Que é o Rosário?

Meditação para 02 de Outubro: Que é o Rosário?

Essência do Rosário

O Rosário é uma prática de devoção em honra de Jesus e Maria. Desde a sua Encíclica primeira, a definiu Leão XIII:

“É uma fórmula composta por São Domingos que nos recorda em ordem, os mistérios de nossa salvação, para a nossa meditação, e, junta a esta meditação, uma coroa mística composta de dezenas de Ave-Marias intercaladas de Pai-Nossos”

Está aí a definição clássica e completa do Rosário dada pelo Papa na Encíclica Supremi Apostolatus de 1.º de Setembro de 1883.

Rosário, como o lembra a etimologia da palavra, vem de rosa. É uma coroa de rosas de Ave-Marias em honra de Maria Santíssima, a Rosa Mística. Compõe-se de quinze dezenas de Ave-Marias e 15 Pai-Nossos. Continue reading

Origem do Mês do Rosário

Meditação para 01 de Outubro: A Origem do Mês do Rosário

Origem

Outubro é verdadeiramente o nosso mês das flores. O mês das rosas. A primavera.

Maio só o podemos chamar o mês das flores da nossa piedade e fervorosa devoção à Maria. É o nosso outono.

Só temos flores nos jardins porque vivemos numa primavera eterna.

Já não é assim outubro.

Vicejam rosas e lírios, as flores simbólicas de Nossa Senhora. É o nosso mês de Maria — Rosa mística, a Rainha do Santíssimo Rosário.

Ao mês de maio quis a piedade católica juntar mais um mês durante o ano, consagrado à Mãe de Deus. E como o Rosário é a mais bela e a mais alta expressão do culto à Maria, a rainha das devoções marianas, e, em outubro, se celebra a Festa litúrgica de Nossa Senhora do Rosário, ficou pois naturalmente consagrado este belo mês ao Rosário. Continue reading

Maria, Mãe das Graças e nossa vida

Meditação para o dia 20 de Maio. Maria, Mãe das Graças e nossa vida

Meditação para o dia 20 de Maio

A oração de Maria obtém-nos a graça da justificação. Para a exata compreensão da razão por que a Santa Igreja nos ordena que chamemos a Maria nossa vida, é necessário saber que, assim como a alma dá vida ao corpo, assim também a graça divina dá vida à alma. Uma alma sem a graça divina só tem nome de viva, mas na realidade está morta, como foi dito àquele bispo no Apocalipse:

“Tens reputação de que vives, mas estás morto” (Ap 3, 1)

Obtendo Maria por meio de sua intercessão a graça aos pecadores, deste modo lhes dá vida. Ouçamos as palavras que a Igreja lhe põe na boca, aplicando-lhe a seguinte passagem dos Provérbios:

“Os que vigiam desde manhã por me buscarem, achar-me-ão” (8, 17)

Continue reading

Maria nos vale no Purgatório

Meditação para o dia 19 de Maio. Maria nos vale no Purgatório

Meditação para o dia 19 de Maio

Revelou Nossa Senhora a Santa Brígida:

“Eu sou a Mãe de todas as almas do purgatório; pois por minhas orações lhes são constantemente mitigadas as penas que mereceram pelos pecados cometidos durante a vida”

Digna-se até essa Mãe piedosa entrar naquela santa prisão para visitar e consolar suas filhas aflitas, ‘‘Penetrei no fundo do abismo” (Eclo 21 8), isto é, do purgatório — como explica São Boaventura — para consolar com minha presença essas santas almas. Oh! Como é boa e clemente a Santíssima Virgem, exclama São Vicente Ferreri, para as almas do purgatório, que por sua intercessão recebem contínuo conforto e refrigério! E que outra consolação lhes resta em suas penas, senão Maria e o socorro dessa Mãe de misericórdia? Continue reading

Maria leva seus devotos ao Céu

Meditação para o dia 18 de Maio. Maria leva seus devotos ao Céu

Meditação para o dia 18 de Maio

Pela devoção a Maria salvaram-se os bem-aventurados

O servos de Maria têm um belíssimo sinal de predestinação. Para confortá-los, a Santa Igreja aplica à Mãe de Deus o texto do Eclesiástico:

“Em todos estes busquei o descanso e assentarei a minha morada na herança do Senhor” (24, 14)

Hugo, cardeal, comenta: Feliz daquele em cuja morada a Santíssima Virgem encontra o lugar de seu repouso. Maria ama a todos os homens e quereria ver a sua devoção reinar no coração de todos os fiéis. Muitos ou não a recebem ou não a conservam. Feliz de quem a recebe e conserva fielmente. “Assentarei a minha morada na herança do Senhor”, isto é, — segundo Pacciuchelli — a devoção à Santíssima Virgem ostenta-se em todos os que no céu formam a herança do Senhor e lá eternamente o louvam. Continue reading

O Doce Nome de Maria

Meditação para o dia 17 de Maio. O Doce Nome de Maria

Meditação para o dia 17 de Maio

O nome de Maria vem do céu

O sublime nome de Maria não foi encontrado na terra, nem inventado pelo entendimento ou arbítrio dos homens, como se dá com os outros nomes. Veio de Deus e foi-lhe imposto por ordem divina, como o atestam São Jerônimo, Santo Epifânio, Santo Antonino e outros. Diz Ricardo de São Lourenço:

“A Santíssima Trindade vos conferiu este nome, ó Maria, que é superior a todo nome, depois do nome do vosso Filho, ela enriqueceu-o de tanto poder e majestade, que ao proferi-lo quer que se dobrem os joelhos dos que estão no céu, na terra e no inferno”

Vários privilégios outorgou o Senhor ao nome de Maria. Consideremos apenas um entre todos os demais: quanto Deus o fez suave na vida e na morte aos servos dessa Santíssima Senhora.

Continue reading

« Older posts

© 2019 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑