Tag: epístola

A Epístola aos Hebreus

Lição 1: O autor de Hb

Até cinqüenta anos atrás era comum dizer-se que Hb é carta de S. Paulo Apóstolo. Em nossos dias, porém, já não se afirma isto, mesmo entre os católicos. Aliás, faz-se oportuno notar que é lícito discutir a autoria de algum escrito bíblico, contanto que não se ponha em dúvida a canonicidade do mesmo ou o seu valor de Palavra de Deus. É o que ocorre com Hb: pergunta-se qual o autor humano dessa carta inspirada pelo Espírito Santo.

1.1. Os dados da tradição

A própria tradição é hesitante sobre a origem paulina da carta. Os escritores orientais a atribuíram a São Paulo; verdade é que Orígenes de Alexandria († 258) admitia que Paulo fora o autor de Hb (isto é, a fonte da doutrina de Hb), mas não o redator; assim tentava explicar as diferenças de estilo existentes entre Hb e as cartas propriamente paulinas. Continue reading

As Epístolas Pastorais

Chamam-se “Pastorais” as epístolas 1/2 Tm e Tt, pois se dirigem a pastores de comunidades, aos quais propõem normas administrativas. O titulo de “Pastorais” data do século XVIII e deve-se ao teólogo protestante Paul Anton (t 1730). Há quem duvide da autoria paulina destas cartas. Daí o primeiro título do nosso estudo.

Lição 1 : Autenticidade

1. Até o começo do séc. XIX admitia-se tranquilamente a autoria paulina das epístolas pastorais. Esta até hoje é afirmada por grande número de autores católicos. Todavia os críticos apontam em contrário os seguintes argumentos:

1) O estilo das Pastorais é regular e harmonioso, contrastando com a impetuosidade e a exuberância das epístolas anteriores. O próprio vocabulário difere: de 848 vocábulos das cartas pastorais, 306 são exclusivos destas cartas no conjunto do epistolário paulino. Continue reading

As Epístolas do Cativeiro (II)

Lição 1: Epístola aos Colossenses

Cl e Ef são duas epístolas afins entre si, pois supõem a mesma problemática e a segunda parece ser a reedição ampliada e retocada da primeira. Estudemos cada qual de per si.

1.1. O fundo de cena geográfico

A cidade de Colossos ficava na Frigia, região montanhosa que, juntamente com Trôade, a Mísia, a Lídia e a Caria, constituía a província da Ásia pro consular. Em 133 a.C. os romanos adquiriram o domínio da região, por onde passava o rio Lico, banhando as cidades de Colossos (distante uns 200 km de Éfeso), Laodicéia e Hierápolis (distante de Colossos 16 e 20 km respectivamente). Colossos era originariamente notável centro comercial, que foi ofuscado por Laodicéia. Continue reading

As Epístolas do Cativeiro (I)

Lição 1: Introdução Geral

1. Chamam-se “epístolas do cativeiro” as cartas a Filemon, aos Colossenses, aos Efésios, aos Filipenses. E com razão, pois cada qual apresenta Paulo prisioneiro: Fm 1.9.10.13; Cl 4,3.10,18; Ef 3,1; 4,1; 6,20; Fl,7.13s.

2. Pergunta-se, porém: em qual cativeiro Paulo escreveu essas cartas?

Contam-se cinco cativeiros na vida de São Paulo: em Filipos (At 16,23-40), em Jerusalém (At 21,31 -23,31), em Cesaréia (At 23,35-26,32), em Roma primeira vez (At 27,1 -28,16), em Roma segunda vez (2Tm 1,8.12.16s; 2,9).

Há quem julgue que Paulo esteve preso também em Éfeso, pois nesta cidade permaneceu três anos (cf. At 20, 31) e sofreu hostilidades (cf. 1Cor 16,8, “adversários numerosos”; 15,32, “luta contra as feras; At 19, 13-40, tumulto dos ourives). Mais: em 2Cor 11,23 Paulo afirma que sofreu várias vezes a prisão; ora os Atos só referem até a data de 2Cor a prisão em Filipos (cf. At 16,23-40); não se deveria, por isto, supor um encarceramento em Éfeso? Em Rm 16,4 é dito que Priscila e Áquila expuseram sua cabeça para salvar a vida de Paulo – o que se supõe tenha ocorrido em Éfeso (cf. At 19, 23s). Continue reading

A Epístola aos Romanos

Lição 1: O fundo de cena de Rm

Já à primeira leitura, Rm apresenta índole diversa da de outros escritos paulinos. Em parte, isto se deve ao fato de que se dirigia a uma comunidade não fundada por S. Paulo. Quais as origens da comunidade cristã em Roma?

Havia em Roma uma colônia judaica formada por prisioneiros judeus levados para Roma pelo general Pompeu em 63 a. C. Muitos destes conseguiram a liberdade e fixaram residência em Roma. É de crer que, por ocasião do primeiro Pentecostes cristão, muitos judeus de Roma se achavam na Cidade Santa. Convertidos ao Evangelho, regressaram a Roma, onde deram origem a um núcleo de cristãos provenientes do judaísmo. Continue reading

A Segunda Epístola aos Coríntios

Lição 1: O fundo de cena da 2Cor

Quem compara entre si 1 e 2Cor, verifica grandes diferenças entre uma e outra. A primeira é doutrinaria, abordando diversos temas teológicos como a unidade da Igreja, a ceia eucarística, a ressurreição dos mortos, os carismas, etc. Ao contrário, a 2Cor, entre outras coisas, trata das relações de São Paulo com a comunidade, desfaz mal-entendidos, expõe os sentimentos de alma do Apóstolo…

Daí a pergunta: que terá acontecido entre 1 e 2Cor para provocar tal mudança de conteúdo e de estilo? Continue reading

A Primeira Epístola aos Coríntios

Lição 1: Fundo de cena

Corinto ficava na Acaia, num istmo entre dois golfos – o Sarônico, com seu porto de Cêncreas no mar Egeu, e o Coríntio, com o porto de Lequem no mar Adriático. Esta posição geográfica assegurava a Corinto prosperidade material crescente, pois para lá afluíam viajantes, com suas mercadorias e seus sistemas de vida, provenientes de diversas partes do mundo. Em 27 a. C., César Augusto fez de Corinto a capital da província romana da Acaia (Grécia Meridional).

Os cultos pagãos praticados na cidade concorriam, juntamente com a riqueza e o bem-estar, para promover a devassidão moral. Das numerosas divindades cultuadas em Corinto, a que mais em voga se achava, era Venus ou Afrodite, em cujo templo se abrigavam mais de mil mulheres prostituídas; as festas desta deusa, cognominadas Pandemos (de todo o povo), provocavam a massa da população à luxúria mais grosseira. Continue reading

A Epístola aos Gálatas

Lição 1: O fundo de cena

1.1. Quem eram os gálatas?

No século III a.C. algumas tribos celtas (gálataí é a forma mais recente de kéltai, em grego) se moveram da Gália e penetraram na Ásia Menor; após guerras violentas estabeleceram-se na região central desta, tendo por capital Ancira (Ankara de hoje, na Turquia). Em 25 a.C. os romanos invadiram a Galácia e a integraram numa confederação mais ampla, chamada “Província Romana da Galácia”, que chegava até o sul da Ásia Menor (compreendendo a Pisídia, a Licaônia e a Panfilia). Havia, pois, a Galácia étnica, situada no centro da Ásia Menor, com população rude e belicosa, e a Galácia política, que chegava até o sul da Ásia Menor e compreendia outros povos além dos celtas.

Os exegetas perguntam se a epístola aos gálatas se dirige à Galácia étnica ou à Galácia política. Continue reading

© 2021 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑