Page 2 of 174

Como a Galinha e os Pintainhos…

Meditação para o Dia 09 de Setembro

Que ternura da Misericórdia do Coração de Jesus! Compara-se à galinha, acolhendo amorosamente os pintinhos sob as asas! Quando viu a ingratidão de Jerusalém, chorou. E lembrou-se um dia do quanto fizera para salvá-la!

“Jerusalém! Jerusalém! Quantas vezes quis Eu ajuntar teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintainhos sob as asas; e não quiseste”

Continue reading

A Observância Restaurada (Abril, 1783)

20ª Carta Circular de Santo Afonso: A Observância Restaurada (Abril, 1783)

Aos Padres e Irmãos da Congregação do Santíssimo Redentor

Nota: A 4 de agosto de 1783, reuniu-se, em Ciorani, um Capitulo Geral para tratar da disciplina religiosa, bastante enfraquecida em virtude do “Regolamento“. Encerrada a assembleia, o Santo envia a todas as casas a presente Circular, em que inculca o cumprimento de tudo que, no Capítulo, fôra estabelecido.

Pagani, 30 de agosto de 1783.

Vivam Jesus, Maria e José!

Revmos. Padres e Irmãos diletíssimos em Cristo.

Tendo Deus se dignado, em Sua infinita misericórdia, abençoar e permitir vermos encerrado e terminado o nosso Capítulo Geral, que, com o assentimento de S. Majestade, o Rei, se realizou em nossa casa de Ciorani, e o que mais me consola, com suma paz e tranquilidade, e com toda a satisfação dos Padres delegados; espero que agora queiram receber em todas as nossas casas, com igual satisfação, as determinações do mencionado Capítulo. Continue reading

Aurora da Misericórdia

Meditação para o Dia 08 de Setembro

Santa Catarina Labouré, a inocente filha de São Vicente de Paulo, viu Nossa Senhora nas aparições da medalha milagrosa. Era tão bela! Das mãos da Virgem, anéis de fulgurantes pedrarias irradiavam luzes esplendorosas que chegavam até a terra, simbolizando as graças e misericórdias de Maria, descendo sobre o mundo.

“O vestido de Nossa Senhora – disse a vidente, com toda a sua adorável simplicidade de camponesa – era da cor do céu, quando ainda de madrugada, pouco antes do nascer do sol”

Continue reading

Missões… Observância (Julho, 1779)

19ª Carta Circular de Santo Afonso: Missões... Observância (Julho, 1779)

Aos Padres e Irmãos da Congregação do Santíssimo Redentor

Nota: Devido à idade e, mais ainda às enfermidades, julgava o Santo que seria esta a sua última Circular aos confrades; por isso como das outras vezes, insiste nos pontos capitais: a conduta em tempo de missões e a observância regular.

Pagani, 10 de julho de 1778.

Vivam Jesus, Maria e José!

A minha idade avançada e mais ainda as contínuas enfermidades, que não cessam de torturar-me, fazem-me crer que esta será a última recomendação que vos faço, meus caríssimos Padres e Irmãos. Justamente, por isso espero que haveis de por em prática as Recomendações que, em nome de Jesus Cristo, vos dirijo, considerando-as como um último penhor de meu amor para convosco. Continue reading

Que é o Reino do Amor?

Meditação para o Dia 07 de Setembro

O reino do Amor é o Céu, é a pátria querida de nosso coração, ora exilado, triste e saudoso neste vale de lágrimas. A nossa Santinha o descreve com intuição genial das coisas celestes.

“Lá – diz Santa Teresinha (1) – não encontraremos olhares indiferentes nem invejosos, porque a felicidade de cada um será a de todos. Entre os mártires nos assemelharemos aos mártires; entre os doutores, aos doutores; entre as virgens, às virgens. Assim como numa família, todos, sem inveja, confiam uns aos outros, assim nos haveremos no Céu com os nossos irmãos. Continue reading

Êxito das Missões (Outubro, 1776)

18ª Carta Circular de Santo Afonso: Êxito das Missões (Outubro, 1776)

Aos Padres e Irmãos da Congregação do Santíssimo Redentor

Nota: O argumento da presente Circular é semelhante ao da precedente: fervor na observância e proveito das missões. Cada ano, o Santo torna a fazer recomendações especiais aos confrades.

Nocera, (outubro) de 1776.

Vivam Jesus, Maria e José!

Padres e Irmãos meus em Jesus Cristo. Estais vendo em que grandes aflições nos encontramos. Somos perseguidos de inimigos tão poderosos que, se Deus não nos protegesse, a Congregação estaria já destruída. Tudo se deve ao esforço do inferno, que quer ver destruída esta grande obra das missões por causa da guerra que lhe move; mas todo o inferno nenhum mal poderá fazer, se formos fiéis a Jesus Cristo. O que vos peço, portanto, é que lhe sejais fiéis. Continue reading

Sacrifício e Recompensa

Meditação para o Dia 06 de Setembro

É tão pequeno o sacrifício e tão grande a recompensa! Uma felicidade eterna deveria custar – se isso fosse possível – um trabalho eterno. Entretanto, Nosso Senhor só nos pede um pouco de sacrifício, e este mesmo aligeirado no seu peso pelo amor! Ó misericórdia infinita! Era considerando essas verdades que o Apóstolo das gentes, apaixonado pela cruz, não achava bastante todo sofrimento pela glória eterna. Continue reading

Oração… Missões (Novembro, 1775)

17ª Carta Circular de Santo Afonso: Oração... Missões (Novembro, 1775)

Aos Padres e Irmãos da Congregação do Santíssimo Redentor

Nota: Santo Afonso, vendo os esforços que os inimigos fazem para aniquilar a Congregação, redobra suas recomendações aos frades; e, depois de algumas breves exortações à oração e ao amor a Jesus e Maria, entra de novo no assunto das missões.

Nocera, 4 de novembro de 1775.

Vivam Jesus, Maria e José!

Caríssimos Confrades. Redobrai de fervor em vossas orações, porque nossos adversários estão empregando todos os esforços para nos arruinar.

Quero dar-vos, primeiramente, alguns conselhos gerais. Continue reading

Sofrer e Amar

Meditação para o Dia 05 de Setembro

Sofrer e amar!… É o que tem valor neste mundo. Nada mais subsiste fora disto. No sofrimento se ama, e o amor é tudo. São João da Cruz disse:

“Sem o amor nada são todas as obras reunidas”

E o amor só se encontra na cruz.

“O sofrimento unido ao amor, escreve Santa Teresinha (1), é a única coisa que me parece desejável neste vale de lágrimas”

Continue reading

Amor a Jesus e à Congregação (Julho, 1774)

16ª Carta Circular de Santo Afonso: Amor a Jesus e à Congregação (Julho, 1774)

Aos Padres e Irmãos da Congregação do Santíssimo Redentor

Nota: Comovente exortação ao amor de Jesus, à observância regular e à perseverança. A todos procura encorajar com uma profecia sobre o futuro da Congregação.

(Arienzo), 29 de julho de 1774.

Vivam Jesus, Maria e José!

Amadíssimos Irmãos em Jesus Cristo.

A coisa principal que vos recomendo, meus caros Irmãos, é o amor a Jesus Cristo. Somos obrigados a amá-lO muito. Para este fim é que ele, desde toda a eternidade, nos escolheu e chamou a esta Congregação: sim, para amá-lO e fazê-lO amar dos outros. E que maior honra e fineza nos podia fazer Jesus Cristo do que tirar-nos do meio do mundo, a fim de atrair-nos ao Seu amor? Continue reading

« Older posts Newer posts »

© 2018 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑