Meditação para o Dia 06 de Agosto

Segundo a Imitação de Cristo, Cap. XX

“Quando estás atribulado e aflito, então é tempo de merecer. “Convém que passes por fogo e por água antes que chegues ao lugar de descanso”, diz o salmista. Senão te fizeres violência, não vencerás o vício. Enquanto estamos neste frágil corpo, não podemos estar sem pecado, nem viver sem fadiga e dor. De boa vontade queríamos o descanso sem miséria alguma. Porém, com o pecado, perdemos a inocência, perdemos também a verdadeira felicidade. Por isto nos importa ter paciência e esperar a misericórdia de Deus “até que esta maldade se acabe e seja destruída a mortalidade da vida”. Oh! Quão grande é a fraqueza humana, que sempre está inclinada aos vícios! Com muita razão nos devemos humilhar e não nos ter em grande conta, pois somos tão frágeis e tão inconstantes. Depressa se perde, por descuido, o que, com muito trabalho, dificultosamente se ganhou pela graça. Ai de nós se assim queremos buscar o descanso, como se já tivéramos paz e segurança, quando em nossa vida não aparece ainda sinal de verdadeira santidade! Bem necessário era ainda que fôssemos instruídos outra vez, como dóceis noviços, nos bons costumes, se, por ventura, houvesse esperança de alguma futura emenda e de maior aproveitamento espiritual.”

Voltar para o Índice do Breviário da Confiança

(Brandão, Ascânio. Breviário da Confiança: Pensamentos para cada dia do ano. Oficinas Gráficas “Ave-Maria”, 1936, p. 237)