Meditação para o Dia 27 de Maio

Santa Teresinha, a encantadora florzinha do Carmelo, foi a missionária da confiança e do Amor Misericordioso. Na sua doce via da infância espiritual, vai conduzindo a Nosso Senhor legiões de almazinhas do seu Pequenino Caminho. Ela nos ensina a confiar em Maria, e eis como fala de Nossa Senhora:

“Surpreendo-me, às vezes, a dizer à Santíssima Virgem:

– Ó minha Mãe querida, sabeis que me julgo mais feliz do que Vós? Eu Vos tenho por Mãe, e Vós não tendes uma Santíssima Virgem para amar!… Verdade é que sois a Mãe de Jesus, mas Vós me destes Jesus e Ele, na cruz, Vos deu a nós como nossa Mãe. E por isso somos mais ricos do que Vós! Outrora, na Vossa humildade, queríeis ser a pequenina escrava da Mãe de Deus. E eu, pobre criaturinha, sou, não vossa escrava, mas vossa filha! Sois a Mãe de Jesus e sois minha Mãe!” (1)

Sois minha Mãe! Que pensamento confortador! E quem tem mãe não perece, não sofre, ou, se chora, tem consolo, tem o seio materno, quente e amoroso, onde desabafar o coração. Nem sempre Deus nos conserva neste exílio da vida o coração de nossa mãe da terra. Quantos de nós têm no peito a ferida da saudade materna, ainda aberta e a sangrar. Mas, oh! Maria, sois a Mãe terna, Mãe cujo amor não desfalece, Mãe cujo coração é tão grande, tão belo, tão misericordioso e bom, que só no Céu o poderemos um dia saber. E sois minha Mãe! Sois minha Mãe! Que felicidade!

Referências:
(1) Sainte Therèse de L’ Enfant Jesus. Vie – Lettres 13.e à Céline

Voltar para o Índice do Breviário da Confiança

(Brandão, Ascânio. Breviário da Confiança: Pensamentos para cada dia do ano. Oficinas Gráficas “Ave-Maria”, 1936, p. 162)