Meditação para o Dia 05 de Junho

“Vendo, porém, os fariseus e os escribas, que comiam com os publicanos e pecadores, murmuraram, dizendo aos discípulos de Jesus: Por que razão comeis vós e bebeis com os publicanos e pecadores? Por que razão vosso Mestre come e bebe com os publicanos e pecadores? Ouvindo isto, Jesus, respondendo-lhes, disse: Não têm os sãos necessidade de médico, mas sim os que estão enfermos. Ide-vos, pois, e aprendei o que quer dizer: Misericórdia quero e não sacrifício, porque não vim chamar os justos, mas os pecadores, à penitência.” (1)

Vede a misericórdia do Coração de Jesus! Come e bebe com os publicanos e pecadores, procura-os como o faz o Bom Pastor à ovelha desgarrada, e o Pai, ao Filho pródigo! E, quando os fariseus murmuram, responde:

“Não têm os sãos necessidade de médico, mas sim os que estão enfermos. Vim chamar os pecadores à penitência”

Por que ter medo de Nosso Senhor e tratá-Lo como um Juiz severo e duro, que só castiga? Oh! A Misericórdia do Coração de Jesus não é bem conhecida! Há o temor de Deus, que é o princípio da sabedoria, na expressão da Escritura, e o medo de Deus. Este é injusto e seca a fonte da Misericórdia. Medo de um Pai, de um Amigo, de um Irmão! Nosso Senhor se queixou a Santa Margarida e a Soror Benigna de que os homens o tratam como carrasco e desconhecem o seu Coração!

“O que mais ofende a Jesus, disse Santa Teresinha, e O fere no coração, é a falta de confiança. Não desconfiemos jamais da Misericórdia de Jesus!”

Referências:
(1) Mc 2,15-22; Mt 9,10-17

Voltar para o Índice do Breviário da Confiança

(Brandão, Ascânio. Breviário da Confiança: Pensamentos para cada dia do ano. Oficinas Gráficas “Ave-Maria”, 1936, p. 172)