Meditação para o Dia 20 de Junho

“Quando Jesus chegou àquele lugar, levantando os olhos, viu-o e lhe disse: Zaqueu, desce depressa, porque importa que eu fique hoje em tua casa. E desceu a toda pressa e recebeu-O com gosto. Mas, vendo isto, todos murmuraram, dizendo que se tinha ido hospedar em casa de um homem pecador. Entretanto Zaqueu, posto na presença do Senhor disse-Lhe: Senhor, eu estou para dar aos pobres a metade dos meus bens e naquilo em que eu tiver defraudado a alguém, pagar-lhe-ei quadruplicado. Jesus lhe disse: Pois então entrou hoje a salvação nesta casa porque também este é um filho de Abraão. Na verdade, o filho do homem veio buscar e salvar o que tinha perdido.” (1)

Zaqueu nada pediu. Curioso, desejou ver a Jesus que passava, e subiu, porque era de baixa estatura, a um sicômoro. Jesus o descobre. Levanta os olhos e lhe diz:

“Zaqueu, desce depressa, porque importa que Eu fique hoje em tua casa”

E Jesus entrou na casa do pecador, a quem converteu, fazendo entrar ali a salvação. Quanta misericórdia! Como Zaqueu, somos também pecadores e, também como ele, de pequena estatura na virtude e no amor. No sicômoro da confiança, esperemos Nosso Senhor. Vê-Lo-emos passar, distribuindo o perdão e fazendo o bem. E Ele nos dirá, com um olhar cheio de doçura:

“Desce depressa, importa que Eu fique em tua casa”

E, ainda como Zaqueu, sejamos generosos em reparar as nossas faltas e em pagar quadruplicado o que devemos pelos nossos pecados. Temos os méritos de Jesus Crucificado. E na casa de nossa pobre alma há de entrar a salvação!

Referências:
(1) São Lucas, 19,1-10

Voltar para o Índice do Breviário da Confiança

(Brandão, Ascânio. Breviário da Confiança: Pensamentos para cada dia do ano. Oficinas Gráficas “Ave-Maria”, 1936, p. 187)