Meditação para o Dia 21 de Agosto

1. Não há lei eclesiástica que obrigue a assistir à missa, senão aos domingos e dias santos; todavia, não haverá responsabilidade alguma deixando de assisti-la nos dias úteis, quando é fácil? Não será um menosprezo deste altíssimo mistério de amor? O sacrifício é oferecido por todos os fiéis, pelo que todos dele aproveitam; só os assistentes, porém, colhem os frutos especiais, de eterno valor. Cego, louco e caprichoso que és, renunciando a um tesouro que tão facilmente podes ter! Como te envergonham os primeiros cristãos e os neo-conversos! Como te arrependerás no termo da tua viagem por este mundo!

2. Um dos modos mais úteis de assistir à santa missa é meditar nela a santa Paixão de Jesus. Nada mais fácil, visto tudo lembrar Jesus: o altar, as vestes sacerdotais, a cruz, as genuflexões, etc.

Todo o método pode ser bom. Escolhe aquele que te parecer mais proveitoso. A santa missa pode ser para ti a fonte de força para o combate contra a carne, o mundo e o demônio. Por ela facilmente vencerás as tentações e conseguirás graças especiais para ti e para outros. Examina-te quantas vezes e como a assistes, e quais os frutos espirituais que dela tiraste ou que deves tirar.

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 248)