Devoção dos 7 Domingos em Honra à São José

São José e o Menino Jesus (Torres Clemente)

São José e o Menino Jesus (Torres Clemente)

Esta devoção foi manifestada pelo mesmo São José a dois religiosos franciscanos e posteriormente confirmada e indulgenciada pelos Sumos Pontífices. Mais precisamente, foi o Papa Gregório XVI que fomentou a devoção dos sete domingos de São José, concedendo-lhe muitas indulgências, mas o Santo Padre Pio IX outorgou-lhes atualidade perene com o seu desejo de que se recorresse a S. José para acudir à então situação aflitiva da Igreja universal.

Exercícios para cada um dos Sete Domingos dedicados em Honra e Veneração das Sete principais Dores e Sete Gozos que teve São José durante sua vida mortal

ATO DE CONTRIÇÃO

Deus e Senhor meu, em quem creio e espero e a quem amo sobre todas as coisas, entre a multidão de meus pecados, me confundo e com sincero arrependimento, peço-Vos perdão e clemência. Pesa-me de Vos ter ofendido e proponho, com a Vossa Divina Graça, nunca mais tornar a vos ofender. Tende piedade de mim, Senhor. Escutai os meus rogos e não permitais que eu me separe de vós. E Vós, bondoso São José, intercedei por mim para que Jesus perdoe os meus pecados e derrame sobre a minha alma os tesouros de Sua santa graça para que eu possa fazer, com fruto, os Sete Domingos, em vossa honra e bem de minha alma. Lembrai-vos, meu doce protetor, que nenhum dos que têm implorado vosso auxílio têm ficado sem consolo. Animado desta confiança, venho à vossa presença neste dia, suplicando-vos as graças de que necessito e que espero conseguir de Jesus e Maria. Amém.

PRIMEIRO DOMINGO

A santa Comunhão deste dia se oferecerá para agradecer a São José, os serviços que prestou a Jesus e Maria. A indulgência plenária aplicar-se-á pelas almas do purgatório que mais amaram o glorioso Patriarca. Reza-se o Ato de Contrição.

MEDITAÇÃO

Primeira Dor e Alegria de São José
Sobre as Tristezas e Alegrias de São José na maternidade de Maria.

Oh! Esposo puríssimo de Maria Santíssima, glorioso São José, assim como foi grande a amargura de vosso coração na perplexidade de abandonardes vossa castíssima Esposa, assim foi inexplicável a vossa alegria, quando pelo Anjo vos foi revelado o soberano mistério da encarnação.

Por esta vossa dor e por esta vossa alegria, vos rogamos a graça de consolardes agora e nas extremas dores, a nossa alma com a alegria de uma boa morte semelhante à vossa entre Jesus e Maria.

Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória

Após a meditação sobre o tema acima, reza-se a Coroa das sete tristezas e das sete alegrias de São José.

SEGUNDO DOMINGO

A Santa Comunhão deste dia, se oferecerá para dar graças a São José pelos favores que nos tem alcançado com sua poderosa intercessão. A indulgência plenária será aplicada pelas almas do purgatório que mais devoção tiveram à Sagrada Família. Reza-se o ato de Contrição

MEDITAÇÃO

Segunda Dor e Alegria de São José
Sobre as Tristezas e as Alegrias de São José por ocasião do nascimento do Menino Jesus no Presépio de Belém.

Oh! felicíssimo Patriarca, glorioso São José, que fostes escolhido para o cargo de pai adotivo do Verbo Humanado, a dor que sentistes ao ver nascer em tanta pobreza o Deus Menino, que se transformou em celeste júbilo ao escutardes a angélica melodia e ao verdes a glória daquela brilhantíssima noite.

Por esta vossa dor e por esta vossa alegria, suplicamos a graça de nos alcançardes que depois da jornada desta vida, passemos a ouvir os angélicos louvores e gozar os resplendores da glória celeste.

Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória

Após a meditação sobre o tema acima, reza-se a Coroa das sete tristezas e das sete alegrias de São José.

TERCEIRO DOMINGO

A Santa Comunhão deste dia se oferecerá pela conversão dos inimigos da Igreja. A indulgência plenária se aplicará pelas almas do purgatório que mais tiveram devoção ao precioso sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo. Reza-se o Ato de Contrição

MEDITAÇÃO

Terceira Dor e Alegria de São José

Sobre as Tristezas e as Alegrias de São José na circuncisão do Menino Jesus.

Oh! obedientíssimo executor das divinas leis, glorioso São José, o sangue preciosíssimo, que na Circuncisão derramou o Redentor Menino vos transpassou o coração, mas o nome de Jesus vo-lo reanimou, enchendo-o de contentamento.

Por esta vossa dor e por esta vossa alegria, alcançai-nos que, sendo arrancados de nós os vícios nesta vida, com o nome de Jesus no coração e na boca expiremos cheios de júbilo.

Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória

Após a meditação sobre o tema acima, reza-se a Coroa das sete tristezas e das sete alegrias de São José.

QUARTO DOMINGO

A Santa Comunhão deste dia se oferecerá ao Pai Eterno, para imitar a São José quando lhe ofereceu o Menino Jesus. A indulgência plenária se aplicará pelas almas do purgatório que mais trabalharam em propagar a devoção a São José. Reza-se o Ato de Contrição

MEDITAÇÃO

Quarta Dor e Alegria de São José

Sobre as Tristezas e as Alegrias de São José na apresentação do Menino Jesus no Templo.

Oh! fidelíssimo Santo, que também tivestes parte nos mistérios de nossa redenção, glorioso São José, se a profecia de Simeão a respeito do que Jesus e Maria tinham de sofrer vos causou mortal angústia, também vos encheu de sumo gozo pela salvação e gloriosa ressurreição, que igualmente predisse, teria de resultar para inumeráveis almas.

Por esta vossa dor e por esta vossa alegria, obtende-nos que sejamos aqueles que, pelos méritos de Jesus e pela intercessão da Virgem Sua Mãe, têm de ressuscitar gloriosamente.

Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória

Após a meditação sobre o tema acima, reza-se a Coroa das sete tristezas e das sete alegrias de São José.

QUINTO DOMINGO

A Santa Comunhão deste dia se oferecerá para arrojarmos de nosso coração todo ídolo que ocupar o lugar de Jesus. A indulgência plenária será aplicada pelo descanso eterno dos missionários falecidos que levaram o culto de São José a países infiéis. Reza-se o Ato de Contrição

MEDITAÇÃO

Quinta Dor e Alegria de São José

Sobre as Tristezas e as Alegrias de São José por ocasião de sua fuga para o Egito.

Oh! vigilantíssimo guardião, íntimo familiar do Filho de Deus encarnado, glorioso São José, quanto penastes para alimentar e servir o Filho do Altíssimo, particularmente na fuga que com ele houvestes de fazer ao Egito!

Mas, qual não foi também vossa alegria terdes sempre convosco o mesmo Deus e por verdes cair por terra os ídolos do Egito.

Por esta vossa dor e por esta vossa alegria, alcançai-nos que, expelindo longe de nós o inferno tirano, especialmente com a fuga das ocasiões perigosas, sejam derrubados de nosso coração todos os ídolos de afetos terrenos e que inteiramente empregados no serviço de Jesus e de Maria, para eles somente vivamos e felizmente morramos.

Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória

Após a meditação sobre o tema acima, reza-se a Coroa das sete tristezas e das sete alegrias de São José.

SEXTO DOMINGO

A Santa Comunhão deste dia se oferecerá pelas necessidades do Soberano Pontífice da Igreja. A indulgência plenária será aplicada pelos que nesta vida tiveram o nome de José. Reza-se o Ato de Contrição.

MEDITAÇÃO

Sexta Dor e Alegria de São José

Sobre as Tristezas e as Alegrias de São José por ocasião de seu regresso do Egito.

Oh! anjo da terra, glorioso São José, que cheio de pasmo vistes o Rei do Céu submisso aos vossos mandatos, se a vossa consolação, ao reconduzi-lo do Egito, foi turbada pelo temor do Arquelau, sossegado pelo Anjo, permanecestes alegre em Nazaré com Jesus e Maria.

Por esta vossa dor e por esta vossa alegria, alcançai-nos que, desocupado o nosso coração de vãos temores, gozemos paz de consciência, vivamos seguros com Jesus e Maria, e também entre eles morramos.

Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória

Após a meditação sobre o tema acima, reza-se a Coroa das sete tristezas e das sete alegrias de São José.

SÉTIMO DOMINGO

A Santa Comunhão deste dia se oferecerá a São José, pedindo-lhe que nos conceda a graça de que todos os anos, durante nossa vida possamos fazer com fruto esta devoção dos sete domingos. A indulgência plenária será aplicada em sufrágio das almas do purgatório que foram fiéis em praticar esta mesma devoção. Reza-se o Ato de Contrição

MEDITAÇÃO

Sétima Dor e Alegria de São José

Sobre as Tristezas a as Alegrias de São José quando perdeu o Menino Jesus no Templo de Jerusalém.

Oh! exemplar de toda santidade, glorioso São José, que perdestes sem culpa vossa o Menino Jesus, e para maior angústia houvestes de buscá-lo por três dias, até que com sumo júbilo gozastes do que era vossa vida, achando-o no templo entre os doutores.

Por esta vossa dor e esta vossa alegria, suplicamos, com o coração nos lábios, que interponhais o vosso valimento para que nunca nos suceda perdermos a Jesus por culpa grave, mas se por desgraça o perdermos, com tão contínua dor o procuremos, que o achemos favorável, especialmente a gozá-lo no céu e lá cantarmos convosco eternamente Suas divinas misericórdias.

Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória

Após a meditação sobre o tema acima, reza-se a Coroa das sete tristezas e das sete alegrias de São José.

(Nota: as imagens contidas nas meditações foram tiradas dos azulejos de Palmira Laguéns, “Dores e alegrias de São José”, no Santuário Nossa Senhora de Torreciudad)

São José, Patrono da Igreja

1 Comment

  1. anair ap mainardes de oliveira

    Orações muito poderosas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2021 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑