Meditação para o Dia 04 de Junho

“Eis que vieram ter com Ele uns homens, trazendo no leito um homem que era paralítico, o qual era introduzido por quatro homens e procuravam introduzi-lo e pô-lo diante Dele. E, como não pudessem apresentá-lo, não achando por onde o passar por causa de muita gente, subiram sobre o telhado e descobriram o telhado da casa onde estava; e, tendo feito uma abertura pelas telhas, arriaram o leito em que o paralítico jazia, pondo-o no meio da casa, diante de Jesus. E, vendo Jesus a sua fé, disse ao paralítico: – tem confiança, filho; homem, os teus pecados te são perdoados.” (1)

Que confiança a do paralítico! Levado caridosamente por quatro homens, sujeita-se a todo sacrifício para chegar à presença de Jesus. E é conduzido no próprio leito em que jazia, talvez há muitos anos. Atravessa a multidão, sobe ao telhado e chega até Nosso Senhor. Que bons amigos os quatro homens que o conduziram! Quando a paralisia do pecado, da tibieza, dos maus hábitos nos impedir os passos no caminho da salvação, aceitemos os bons amigos que nos levem ao Médico Divino. São eles as boas leituras, o confessor, os sofrimentos, a doença, os golpes da vida. Esses amigos nos farão subir pela confiança, descobrirão o telhado de nosso pobre coração, fechado pelo egoísmo, e nos farão descer pela humildade, talvez pelas humilhações, até a presença tão doce de Jesus. Ouviremos, então, a palavra que nos há de encher o coração:

“Tem confiança, filho, teus pecados te são perdoados”

Referências:
(1) São Marcos 2,1-5; São Mateus 9

Voltar para o Índice do Breviário da Confiança

(Brandão, Ascânio. Breviário da Confiança: Pensamentos para cada dia do ano. Oficinas Gráficas “Ave-Maria”, 1936, p. 171)