Tag: paralítico

Recorrer a Deus nas aflições

Meditação para o 18º Domingo depois do Pentecostes. Recorrer a Deus nas aflições

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus 9, 1-7

1Depois disto, subiu para o barco, atravessou o mar e foi para a sua cidade. 2Apresentaram-lhe um paralítico, deitado num catre. Vendo Jesus a fé deles, disse ao paralítico: «Filho, tem confiança, os teus pecados estão perdoados.» 3Alguns doutores da Lei disseram consigo: «Este homem blasfema.»

4Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: «Porque alimentais esses maus pensamentos nos vossos corações? 5Que é mais fácil dizer: ‘Os teus pecados te são perdoados’, ou: ‘Levanta-te e anda’? 6Pois bem, para que saibais que o Filho do Homem tem, na terra, poder para perdoar pecados – disse Ele ao paralítico: ‘Levanta-te, toma o teu catre e vai para tua casa.»

7E ele, levantando-se, foi para sua casa. 8Ao ver isto, a multidão ficou dominada pelo temor e glorificou a Deus, por ter dado tal poder aos homens.

Continue reading

Tem Confiança, Filho…

Meditação para o Dia 04 de Junho

“Eis que vieram ter com Ele uns homens, trazendo no leito um homem que era paralítico, o qual era introduzido por quatro homens e procuravam introduzi-lo e pô-lo diante Dele. E, como não pudessem apresentá-lo, não achando por onde o passar por causa de muita gente, subiram sobre o telhado e descobriram o telhado da casa onde estava; e, tendo feito uma abertura pelas telhas, arriaram o leito em que o paralítico jazia, pondo-o no meio da casa, diante de Jesus. E, vendo Jesus a sua fé, disse ao paralítico: – tem confiança, filho; homem, os teus pecados te são perdoados.” (1)

Continue reading

A Cura do Paralítico

Meditação para o Dia 03 de Outubro

1. Queres ficar são?” perguntou Jesus ao paralítico na piscina, o qual já estava enfermo havia trinta e oito anos. Jesus não duvidava da grande vontade do doente de sarar, mas quis que ele confessasse seu desejo, sua fé e confiança. Também à tua alma Ele pergunta:

“Queres ficar sã, queres ser santo?”

Queres, no rigor da palavra, ou só o desejas sem querê-lo seriamente? Este quer, aquele quer – quanta diferença! Um consegue tudo, outro não faz nada. Uma vontade séria é o primeiro requisito para a santidade. Mostra-a, usando dos meios à tua disposição, fugindo dos perigos e vencendo-te a ti mesmo. Continue reading

© 2020 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑