Meditação para o Dia 24 de Setembro

Disse Bento XV, em memorável discurso sobre a heroicidade das virtudes de Santa Teresinha:

“A Infância espiritual é condição necessária para obter a vida eterna: os fiéis de todas as nações devem generosamente entrar no caminho pelo qual a Irmã Teresa do Menino Jesus atingiu o heroísmo da virtude”

As palavras do pontífice nada mais são do que o eco do Evangelho:

“Se não vos fizerdes pequeninos, não podereis entrar no Reino dos Céus”

A infância espiritual, segundo Bento XV, é caminho necessário da salvação e condição necessária para se chegar ao Céu. Tudo é simples no pequenino caminho preconizado por Teresinha. Basta humilhar-se e amar o Amor! Nem todos podem chegar à perfeição pelos caminhos difíceis, duros e assustadores dos anacoretas e dos gigantes da penitência e da santidade, como Santo Hilário, Margarida de Cortona ou Simão Estilita. Impossível é imitar esses heróis. Para tanto seria necessária uma graça especialíssima do Alto, a qual mui dificilmente se poderia impetrar sem presunção. Certo é que somos todos chamados por Jesus à perfeição:

“Sede perfeitos como vosso Pai Celeste é perfeito”

Deve, pois, existir outro caminho, acessível às almas fracas, pobres, pequeninas, como as nossas, as quais também poderão amar a Deus e chegar à santidade, à perfeição. Teresinha disse:

“Felizmente há muitas moradas no Reino do Céu. Se não houvesse senão aquelas com acesso por caminhos para mim incompreensíveis, eu lá não entraria, certamente… Mas, se há a morada das grandes almas, a dos Padres do deserto e a dos mártires da penitência, não deixará de haver também adas criancinhas, e nosso lugar está guardado entre estas”

Voltar para o Índice do Breviário da Confiança

(Brandão, Ascânio. Breviário da Confiança: Pensamentos para cada dia do ano. Oficinas Gráficas “Ave-Maria”, 1936, p. 286)