Tag: virtude (page 1 of 2)

Por que não Progrides na Virtude?

Meditação para o Dia 25 de Outubro

1. Saiu o que semeia, a semear a sua semente; e, ao semeá-la, uma parte caiu junto ao caminho, foi pisada e as aves do céu a comeram“. Jesus, o Semeador Divino, planta a semente da virtude nos corações. Cai junto ao caminho a que cai em corações sempre distraídos, nos quais a semente das graças é logo pisada, pelo que não poderá dar fruto. Pobre alma, onde tudo e todos têm a entrada livre, menos o Semeador Divino! Como poderás progredir na virtude, se todo o teu pensar, querer e proceder está visando as coisas passageiras da terra! Continue a ler

Vantagens da Humildade

Meditação para o Dia 17 de Agosto

1. O humilde goza de grande paz e tranquilidade. Que é que poderia roubar-lhas? Censuras, em vez de o entristecerem, alegram-no, porque julga merecê-las, ou, pelo menos, tê-las merecido em outras ocasiões. Injúrias e calúnias não o perturbam; os bens da terra e a prosperidade não o ensoberbecem; a preferência dada a outros não o aflige; faltas de atenção não o abatem, não havendo nada que lhe possa roubar a tranquilidade. Se não gozas desta paz constante, examina-te se não é por falta de humildade. Continue a ler

Sê Humilde

Meditação para o Dia 16 de Agosto

1. A todas as virtudes é indispensável a humildade. Os motivos para ser humilde não os procures fora de ti, mas em ti mesmo.

“Lembra-te que és pó e em pó te hás de tornar”

Se alguém julga ser alguma coisa antes de o ser, engana-se a si mesmo. Beleza, mocidade, nobreza, saber, etc., então serão nada? Pelo contrário, são dons de não pequeno valor, mas não os possuis por ti, e sim por Deus.

“Que tens que não hajas recebido?”

A Deus deves a existência, a saúde, o bem-estar, tudo o que és e o que tens. Se para a sua posse concorreste com as tuas forças, também estas deves a teu Criador, pois nada possuis por ti mesmo. Continue a ler

A Santa Pureza

Meditação para o Dia 14 de Agosto

1. A santa pureza, a mais bela das virtudes, requer vigilância assídua. Antes de tudo guarda teus olhos, pois, por eles, as mais das vezes, entra a morte na alma. Suposto que um olhar indiscreto já não seja pecado, quão facilmente conduz ao mal! A curiosidade leviana de olhar para tudo e de querer tudo saber, a ociosidade, a falta de energia consigo mesmo, a repugnância à mortificação, tem reduzido fortalezas, até então nunca tomadas, a simples montão de cinzas.

“Quem ama o perigo, nele há de perecer”

Prefere ser tido, nesta virtude, antes por exagerado, do que por leviano. Continue a ler

Perdoa sem Reservas

Meditação para o Dia 12 de Agosto

1. Não é suficiente não odiar a ninguém. Dirás: “Não quero mal, mas também nada tenho que ver com quem me ofendeu”? Palavra é essa detrás da qual se escondem aversão e rancor. Deus não exige indiferença e sim amor ao inimigo. Por ti, Jesus crucificado, embora tenhas ofendido grave e repetidamente, orou:

“Pai, perdoa-lhe, pois não sabe o que faz”

Queres o teu direito? Pois Deus quer o seu; quer que não seja ofendido por implacabilidade e quer que por ti seja amado todo aquele que Ele não exclui de seu amor. Continue a ler

Obedecer por Amor de Deus

Meditação para o Dia 09 de Agosto

1. Não há ninguém na terra que não tenha de obedecer a alguém. Deus tem como seus representantes os pais, autoridade eclesiástica e civil, etc. Que disparate contemplar neles só a pessoa e o caráter humano, desprezar suas ordens ou cumpri-las à força! Obediência – palavra misteriosa que poucos compreendem a fundo e, menos ainda, põem em prática. palavra odiosa a muitos, a todos aqueles que a tem por fraqueza e covardia! Entretanto, a história de toda a mocidade de Jesus está compreendida nas palavras:

“Desceu com eles, e veio para Nazaré e lhes estava sujeito”…

Continue a ler

Piedade Verdadeira

Meditação para o Dia 05 de Agosto

1. Ser piedoso e afetar piedade são coisas bem diferentes. A verdadeira piedade é coisa real, fundada na convicção de que Deus é Criador, Benfeitor, Pai e Tudo, merecendo adoração, obediência, respeito e ação de graças. Quem é piedoso, possui virtude ou, pelo menos, está trabalhando para tê-la. O piedoso sabe bem distinguir entre obras e meros sentimentos; estes são dispensáveis; aquelas, necessárias. Procurar em tudo a vontade de Deus, deve ser a norma sempre predominante de tua vida. Continue a ler

Querer Seriamente

Meditação para o Dia 30 de Julho

1. a) Se nada de grande e de importante poderá ser adquirido sem trabalho e combate, muito menos a virtude. Não temas ao ouvir falar em combate e violência; a virtude e sua recompensa, o céu eterno, tudo valem. “O reino dos céus padece luta“, mas aos “que fazem força” ele está garantido!

b) O meio mais indispensável é querer seriamente. O que tão fácil parece, não o é para abranger o homem todo. Tal vontade séria é rara; desejar alguma coisa ainda não é querer. Começar hoje e desistir amanhã, ou querer, mas não aquilo que se deve, não é querer seriamente. Continue a ler

Energia e Força de Vontade

Meditação para o Dia 05 de Julho

1. A vontade, como as demais forças da alma, é capaz de aperfeiçoamento. A vontade séria e verdadeira é tão rara! Falta o querer e mais ainda o perseverar, quando se trata de dificuldades na vida sobrenatural da alma. Até aqueles que são vencedores intrépidos no reino da técnica, das descobertas, das ciências, das artes, etc., às vezes não alcançam nem uma única vitória sobre o próprio coração e sobre as suas inclinações; talvez nem num mês, nem num ano inteiro. Heróis em outro plano, acovardam-se neste. Procedes de modo idêntico? Tens uma vontade séria quanto à tua salvação? Ou queres talvez reformar tudo, menos o próprio coração e o teu procedimento? Continue a ler

Sê Casto

Meditação para o Dia 23 de Junho

1. Puro é quem sujeita a carne ao espírito, subtraindo ao serviço das baixas inclinações a imaginação, a memória, o pensar, querer e sentir, olhos, ouvidos, boca e mãos. Virtude tão estimável é um vaso precioso, mas muito quebradiço. Não há nada para onde a natureza corrupta se incline, sem cessar, com tanta veemência, como para o lado dos prazeres sensuais. Talvez passem anos sem graves combates; de repente, desencadeia-se verdadeiro furacão. Além disto outros perigos ameaçam a santa pureza: o impetuoso combate do mundo, as más companhias, o próprio anjo impuro. Quantos cuidados por isso são precisos! Continue a ler

Artigos antigos

© 2017 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑