Meditação para Dia 21 de Janeiro

1. a) Jesus, Deus como seu Pai, obedece às suas criaturas. O Cordeiro imaculado sujeita-se não só a Maria e a São José, mas até a pecadores. Veio para cumprir não só sua própria vontade, mas a de seu Pai celestial. E tu?…

b) Como Jesus obedeceu na infância, assim durante toda a vida. Sujeitou-se no Egito, em Nazaré, na vida pública, na paixão, na morte, e ainda hoje no Santíssimo Sacramento.

“Foi obediente até à morte”

E tu?…

2. a) Cumprir simplesmente uma ordem não equivale a ter virtude da obediência. Esta supõe que se veja nos superiores a pessoa de Deus e por isso se lhes obedeça prontamente.

b) A obediência ao confessor e a todos os superiores, além de ser sumamente meritória, dá paz e certeza da eterna salvação. O obediente tem o próprio Deus por seu guia. Procura conformar em tudo tua vontade com a vontade divina, manifestada por intermédio das autoridades legítimas.

“Não se faça a minha vontade, mas a tua”

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 35)