Tag: vontade divina

Reino de Jesus Cristo em nós

Meditação para a Sexta-feira da 1ª Semana do Advento. Reino de Jesus Cristo em nós

Meditação para o Sexta-feira da 1ª Semana do Advento

Sumário

Depois de ter meditado a vinda do Salvador no fim dos séculos, meditaremos hoje a sua vinda e o seu reino nos nossos corações pela Sua graça; e veremos:

1.° Que este reino é cheio de doçura e de alegria;

2.° Que todos os prazeres do mundo lhe não são comparáveis.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De pôr a nossa alegria em Deus só, e toda a nossa complacência na Sua vontade;

2.° De conservar, pelo hábito da contemplação, o reino de Jesus Cristo em nós; e Lhe rogaremos com frequentes aspirações que viva para sempre nos nossos corações.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra de São Paulo:

“Alegrai-vos Incessantemente no Senhor” – Gaudete in Domino semper (Fl 4, 4)

Ou a palavra de Santo Agostinho:

“Tudo me seja amargo para que só Vós sejais doce à minha alma” – Omnia mihi amarescant, ut tu solus dulcis appareas anima mea (Slil., XXII)

Continue reading

O Apóstolo de Jesus Crucificado

Meditação para o Dia 25 de Janeiro

São Paulo é o Apóstolo da Cruz. Só quis conhecer e pregar Jesus Cristo crucificado. Por isso foi o Vaso de eleição para levar o nome de Jesus aos gentios.

“E eu lhe farei ver, disse o Senhor a Ananias, como é preciso sofrer pelo meu nome” (1)

O grande Apóstolo se gloriava nas suas dores, nas suas fraquezas, para ter a força Divina. “Libenter gloriabor in infirmitatibus meis ut maneat in me virtus Christi”. E não temia nem os ultrajes, nem as injúrias, perseguições, desprezos, açoites, por amor de Jesus Cristo, com quem vivia tão estreitamente unido, até à identificação, essa sublime identificação de que ele se fez o arauto. Continue reading

Os Três Graus da Conformidade

Meditação para o Dia 07 de Janeiro

São três os graus da conformidade com a vontade de Deus. No primeiro grau, a alma sofre com paciência; mas preferiria não sofrer. Não é isento de queixa,embora acompanhada sempre do estribilho: Não pode ser!… Paciência! Deus assim quis! Seja feita a Vontade de Deus! Já é agradável a Nosso Senhor a alma assim resignada, mas ela se acha ainda na via do temor e da imperfeição. No segundo grau, o sofrimento é acolhido como um hóspede do Céu, sendo reconhecido o seu valor e as vantagens que traz para o nosso adiantamento. Continue reading

Os Desígnios de Deus

Meditação para o Dia 06 de Janeiro

Deus tem desígnios insondáveis sobre nós. Só ele sabe o que necessitamos. O sofrimento que, às vezes, tanto nos revolta, é, podemos crê-lo, misericórdia, pura misericórdia Divina. Na Eternidade louvaremos mil vezes a mão que nos feriu. Dor bendita! Digamos com Santo André:

“Ó boa cruz!”

Peçamos a Nosso Senhor que se cumpra a Sua Santíssima Vontade. Continue reading

Fazer o que Deus quer, querer o que Deus Faz

Meditação para o Dia 05 de Janeiro

Eis a síntese da perfeição, o meio seguro de se chegar à santidade. Fora disso, a ilusão, o risco da perdição! Toda a perfeição consiste em que executemos o que Deus quer de nós.

“Se nos queremos santificar, diz o Padre Saint Omer C.SS.R., basta que, renegando a nossa própria vontade, façamos sempre a de Deus,porque todos os preceitos e todos os conselhos Divinos se resumem, em substância, em que devemos sofrer tudo o que Deus quer e como Deus quer” (1)

Continue reading

Deus Sabe de Ti

Meditação para o Dia 03 de Setembro

1. Se em verdade amas a Deus, rezarás não só com a boca, mas também com o coração e por todo o proceder.

“Seja feita a vossa vontade, assim na terra como nos céus”

Nada se dá, sem que Deus o permita. Por seu consentimento vem alegrias e dores, honras e humilhações, vida e morte. E tu serás pusilânime? Até murmurarás contra Deus? Dize antes como Jó, em todas as condições da vida:

“Seja bendito o nome do Senhor!”

Se de Deus recebeste tanto bem, por que não aceitarás dEle também alguma provação? É arte santa conformares-te com a vontade de Deus; arte, ao mesmo tempo, de inexcedível valor para ti. Continue reading

A nossa perfeição consiste na conformidade com a vontade divina

Adoração Eucarística (Gabriel Zavitoski): "Senhor, não permitais que Vos ofenda, fazei com que Vos ame sempre e depois disponde de mim segundo a vossa vontade."

“Senhor, não permitais que Vos ofenda, fazei com que Vos ame sempre e depois disponde de mim segundo a vossa vontade.”

Haec est enim voluntas Dei: sanctificatio vestra – “Esta é a vontade de Deus: a vossa santificação” (1 Ts 4, 3)

Sumário. Estejamos persuadidos de que um ato de plena e perfeita conformidade com a vontade de Deus basta para fazer um santo; pois, o que dá a Deus a vontade própria, lhe dá o que tem de melhor, e pode na verdade dizer: Senhor, nada mais tenho para Vos dar. Seja este, portanto, o alvo de todos os nossos desejos, obras e orações, conformarmo-nos com a vontade divina e fazermo-la assim como é feita no céu. Ofereçamo-nos frequentemente a Deus no correr do dia, dizendo: Senhor, não permitais que Vos ofenda, fazei com que Vos ame sempre e depois disponde de mim segundo a vossa vontade. Continue reading

© 2022 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑