Tag: providência divina (Page 1 of 2)

A jornada de Nazaré a Belém

Capítulo 15: A jornada de Nazaré a Belém
Submissão de Maria Santíssima e São José às ordens do imperador

Como são diferentes os pensamentos de Deus dos pensamentos dos homens, e superiores os desígnios do Rei do céu aos de todos os grandes da terra! O imperador Augusto publica um edito para se fazer o recenseamento de todos os vassalos do seu império, sem ter nisto outro motivo, senão o de satisfazer a sua ambição e orgulho. Mas a Providência que tem mui diferentes desígnios, tudo dispõe em ordem a que sejam cumpridas as profecias, que anunciavam o nascimento do Messias em Belém. Maria e José não consideram no mandado do príncipe mortal senão a vontade de Deus: adoram os seus decretos impenetráveis; entregam-se aos cuidados da sua Providência; e, sem desanimarem com as dificuldades da jornada, só cuidam em obedecer prontamente à ordem que os chama a Belém. Oh! Quanto a obediência nos seria fácil e agradável, se, imitando a Maria Santíssima e a São José, víssemos sempre a vontade de Deus nas ordens dos superiores! Continue reading

Do segundo fruto da segunda palavra

Capítulo VI. Do segundo fruto da segunda palavra
É outro fruto da mesma segunda palavra a o conhecimento do poder da graça de Deus, e da fraqueza da vontade humana, do qual poderemos aprender que nada há tão proveitoso como ter muita confiança no auxílio de Deus e desconfiar muito das próprias forças.

Deseja saber qual é o poder da Sua divina graça? Põe os olhos no bom ladrão. Tinha ele sido um notável pecador, e neste malíssimo estado tinha permanecido até o suplício da Cruz, isto é, pouco menos do que até a morte; e, no perigo iminente de condenação eterna, não havia ao menos uma pessoa que o aconselhasse, ou o socorresse; pois, apesar de estar tão próximo do Salvador, contudo estava ouvindo os Pontífices e os Fariseus que afirmavam que Ele era um revolucionário, e um ambicioso, que pretendia assenhorear-se de um reino, que não era Seu; estava ouvindo ao outro ladrão, seu companheiro, os mesmos impropérios que ele dirigia a Cristo, não havia ninguém, que a favor de Cristo dissesse nenhuma palavra, e nem Ele mesmo refutava aquelas blasfêmias e injúrias, e, não obstante isto, quando aquele ladrão parecia de todo abandonado para a sua salvação, muito próximo das penas eternas, e o mais distante, que era possível, da eterna bem-aventurança, instantaneamente iluminado e convertido pela divina graça, confessa que Cristo é inocente, é Rei da vida futura, e, como pregador repreende o seu companheiro, exorta-o a penitência, e diante de todos se encomenda devota e humildemente a Cristo. Continue reading

Jesus, Bom Pastor, Como nos Alimenta

Meditação para a Terça-feira da 2ª Semana depois da Páscoa. Jesus, Bom Pastor, como nos Alimenta

Meditação para a Terça-feira da 2ª Semana depois da Páscoa

SUMARIO

Jesus, o Bom Pastor, não se contenta com defender e curar as Suas ovelhas: alimenta-as ainda da maneira mais excelente:

1.° Com o pão da Sua Palavra;

2.° Com o pão da Sua Graça;

3.° Com o pão Eucarístico.

— Depois destas considerações, tomaremos a resolução:

1.° De nos aproveitarmos melhor da Palavra de Deus e da Sua graça, vivendo a vida da fé e nunca resistindo a um bom pensamento;

2.° De nos prepararmos mais para as nossas comunhões, e de conservarmos melhor os seus frutos.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra de São Paulo:

“Graças a Deus pelo seu dom inefável!” – Gratias Deo super inenarrabili dono ejus (2Cor 9, 15)

Continue reading

Jesus, Bom Pastor, defende-nos e cura-nos

Meditação para a Segunda-feira da 2ª Semana depois da Páscoa. Jesus, Bom Pastor, defende-nos e cura-nos

Meditação para a Segunda-feira da 2ª Semana depois da Páscoa

SUMARIO

Meditaremos sobre os tocantes cuidados de Jesus Cristo, nosso Bom Pastor:

1.° Em nos proteger e nos defender contra os inimigos da nossa alma;

2.° Em sarar todas as nossas enfermidades.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De encomendarmos muitas vezes a Jesus Cristo as necessidades da Igreja e da paróquia onde nascemos;

2.° De O invocarmos debaixo do título de Bom Pastor nas nossas tentações e tribulações, e de nos apresentarmos a Ele como um enfermo que pede a sua cura, dizendo-Lhe as palavras do Salmista, que nos servirão de ramalhete espiritual:

“Sarai a minha alma porque pequei contra vós” – Sana animam meam quia peccavi tibi (Sl 40, 5)

“Dizei à minha alma, eu sou a tua salvação” – Dic animae meae: Salus tua egosum (Sl 36, 3)

Continue reading

Milagres da Confiança

Meditação para o Dia 09 de Dezembro

O pobre Jó, todo ferido, no auge do sofrimento e da miséria, ainda esperava no Senhor.

“Ainda que o Senhor me tirasse a vida, ainda assim esperaria Nele”

Deus recompensou tamanha confiança, e a saúde e a prosperidade voltaram à casa de Jó. Exemplos sublimes dessa confiança heroica, sempre os encontramos nas Escrituras e na vida dos santos. Nunca se ouviu dizer deixasse Nosso Senhor sem recompensa quem Nele confiou. A confiança faz milagres. Numa de suas viagens, São Martinho caiu nas mãos de salteadores, na estrada. Foi roubado e despojado. Iam já os bandidos matar o santo, quando, repentinamente, cheios de um pavor misterioso, puseram-no em liberdade, contra toda expectativa. Continue reading

As Cruzes da Providência

Meditação para o Dia 29 de Outubro

As cruzes que nos envia a Divina Providência são melhores do que as que voluntariamente procuramos na penitência. Diz São Francisco de Sales que as cruzes que encontramos pelas ruas são excelentes, e que mais o são ainda – e tanto mais quanto mais importunas – as que se nos deparam em casa. Valem mais as cruzes do que as disciplinas, os jejuns, e tudo o mais que inventou a austeridade. É entre elas que resplandece a generosidade dos filhos da cruz e dos habitantes do Calvário. Continue reading

Como é bom entregar-se à Divina Providência!

Meditação para o Dia 25 de Outubro

A Providência de Deus é admirável e infinita. Intervém em tudo, reina em tudo e faz reverter tudo em sua glória. Por que nos inquietarmos? Deus sabe o que faz! E tudo faz para nosso bem. Por isso dizia Santa Joana de Chantal, a admirável filha de São Francisco de Sales:

“O perfeito abandono de nós mesmos nos braços da Divina Providência, a aquiescência amorosa a tudo que de nós quiser, o santo afeto de lhe agradar pelos atos de todas as virtudes, segundo as ocasiões, sobretudo a santa caridade e a humildade, – tudo isso é lenha que alimenta o sagrado fogo do amor celeste”

A entrega total, o perfeito abandono nas Mãos da Providência, eis o ideal da perfeição, porque a perfeição é o amor e o abandono é o cume da montanha do Amor. Continue reading

Seja o que Deus quiser!

Meditação para o Dia 24 de Outubro

Nada nos acontece sem permissão divina. Só o que Deus quiser, e nada mais. E isto nos deve encher de consolação, porque Deus só quer o nosso bem. Assim, devemos aceitar com a mesma indiferença a saúde ou a doença, porque, como tudo, elas nos vêm da misericórdia Eterna. Que podem temer as almas entregues, em total abandono, nas mãos de Deus? Chega ao cume da perfeição o que vive abandonado e inteiramente submisso aos decretos da Divina Providência. Continue reading

Golpes de Misericórdia

Meditação para o Dia 17 de Outubro

Os golpes que sofremos na vida vêm do alto. São golpes de misericórdia, golpes de Cirurgião, para curar. Ferem, causam dor, provocam gemidos? Não importa. Deixemos que o Médico Divino faça a operação necessária. Sem ela nos perderemos. Bendigamos a Mão Divina, que nos fere por misericórdia. É mão de pai, de amigo, que nos quer salvar. Não há outro remédio para nossa salvação. O Senhor, na Sua Providência Amorosa, decretou bater-nos, ferir-nos. Faça-se a vontade Divina, toda santa, toda amável! Continue reading

Deus tarda mas não Falha

Meditação para o Dia 19 de Abril

Assim diz o povo, cheio de confiança na Divina Providência. De fato, experimentamos, a cada passo, os efeitos da Misericórdia Divina, sempre solícita em nos socorrer. Deus tem a sua hora e é mister esperá-la. Nossa oração deve ser perseverante e humilde. A impaciência e a revolta afastam-nos a graça.

“Não vos desespereis – diz o Pe. Luiz Dupont – quando Vosso Pai Celeste demora em vos atender”

Continue reading

« Older posts

© 2021 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑