Tag: jesus (page 1 of 2)

Jesus chora sobre Jerusalém

Meditação para o 9º Domingo depois do Pentecostes. Jesus chora sobre Jerusalém

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas 19, 41-47

41Quando se aproximou, ao ver a cidade, Jesus chorou sobre ela e disse: 42«Se neste dia também tu tivesses conhecido o que te pode trazer a paz! Mas agora isto está oculto aos teus olhos. 43Virão dias para ti, em que os teus inimigos te hão-de cercar de trincheiras, te sitiarão e te apertarão de todos os lados; 44hão-de esmagar-te contra o solo, assim como aos teus filhos que estiverem dentro de ti, e não deixarão em ti pedra sobre pedra, por não teres reconhecido o tempo em que foste visitada.»

45Depois, entrando no templo, começou a expulsar os vendedores. 46E dizia-lhes: «Está escrito: A minha casa será casa de oração; mas vós fizestes dela um covil de ladrões.» 47Ensinava todos os dias no templo.

Continue reading

Vida Interior de Nosso Senhor

Meditação para a Segunda-feira da 3ª Semana depois da Páscoa

SUMARIO

Como depois das nossas meditações da semana passada, devemos conhecer e imitar Jesus Cristo, estudaremos a Sua vida interior, que o olho humano não viu e que por isso não exige menos as nossas meditações. O autor da Imitação ensina-nos em poucas palavras o que é a vida interior. Consiste, diz ele, em conservarmos o nosso coração:

1.º Recolhido em Deus;

2.º Desprendido de qualquer outra afeição (1).

Veremos como a santíssima alma de Jesus satisfez estas duas condições.

—Tomaremos a resolução:

1.º De nos entregarmos de todo o coração à vida contemplativa e de união com Deus;

2.º De reprimirmos a desordem dos sentidos e da imaginação, que é o princípio da vida dissipada.

O nosso ramalhete espiritual será estas duas palavras, que resumem os dois pontos da nossa meditação: Deus só.
Continue reading

O Santo Nome de Jesus

Meditação sobre o Santo Nome de Jesus

Meditação sobre o Santo Nome de Jesus

SUMARIO

Consideraremos, nesta meditação, que o nome de Jesus, que foi posto ao Menino Deus no dia da sua circuncisão, é:

1.° Um nome cheio de grandeza e de majestade, que exige respeito;

2.° Um nome cheio de misericórdia e de salvação, que inspira confiança;

3.° Um nome cheio de doçura e de ternura, que atrai todo o nosso amor.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De pronunciar sempre com respeito, confiança e amor este divino nome, e de repeti-lo muitas vezes à maneira de aspiração;

2.° De prestar uma atenção inteiramente especial ao nome de Jesus, que entra na conclusão de todas as nossas orações (1), pensando que as nossas orações tiram daí todo o seu valor;

3.° De não designar Nosso Senhor, na locução ordinária, por outros nomes, tais como o Cristo, o Senhor, mas de chamá-lO pelo Seu verdadeiro nome (2).

O nosso ramalhete espiritual será a palavra de São Bernardo:

“Ó Jesus, sede o meu Jesus, isto é, Salvador” – O Jesu, esto mihi Jesus

Continue reading

Jesus Cristo mereceu-nos o perdão dos nossos pecados pela efusão de todo o seu sangue

Capítulo III

Neque per sanguinem hircorum aut vitulorum, sed per proprium sanguinem introivit semel in sancta, aeterna redemptione inventa – “Nem por sangue de bodes, ou de bezerros, mas pelo seu próprio sangue entrou Jesus Cristo uma só vez no Santuário, havendo achado uma redenção eterna” (Hb 9, 12)

Ai! De que valia para nos obter a graça divina o sangue de todas as vitimas? Da mínima importância eram todos esses sacrifícios; eram na expressão do Apóstolo, cerimônias defeituosas e destituídas de toda a virtude; jamais lograriam elas destruir o muro de separação que entre Deus e o homem o pecado levantara. Quem é pois que teria assaz po­der para nos restituir a graça com o céu? O homem?
Continue reading

Jesus, o Salvador

Meditação para Dia 05 de Janeiro

1. Sabes quanto deves ao divino Menino no presépio? Foi Ele que transformou a face do mundo. Antes se desconhecia a Deus; prestou-se adoração ao sol, a animais, a imagens. Tanto caiu o homem!

Os governantes abusaram do seu poder. O lar era profanado. A mulher estava entregue à crueldade e à volúpia dos que a disputavam.

Entre a abundância e a pobreza, entre a opulência e a miséria não havia ponte. Asilos para pobres, velhos, doentes e órfãos, não se conheciam. Continue reading

Tudo em nome de Jesus

Meditação para Dia 03 de Janeiro

1. A devota invocação do Santíssimo Nome de Jesus equivale a uma oração inteira. Com esse nome os apóstolos fizeram estupendos milagres, os mártires triunfaram, os confessores venceram as carícias do mundo, fracas virgens tornaram-se fortes e insuperáveis.

“Tudo que pedirdes ao Pai em meu nome, vo-lo dará”

Tens confiança? Como a Igreja, termina todas as tuas orações: “por Nosso Senhor Jesus Cristo“; chama por Jesus em horas de tristeza e de alegria, de consolo e de tentação. Seja-te familiar esta invocação na vida e o será na morte. Continue reading

O Nome mais Santo

Meditação para Dia 02 de Janeiro

1. a) “Dar-lhes-às o nome de Jesus”. Tão santo é o nome do Salvador que ante Ele “se dobram os joelhos dos que estão nos céus, na terra e nos infernos“. A Igreja ordenou a seus ministros se descobrirem, e inclinarem a cabeça ao pronunciarem tão venerado nome. Qual o respeito em que tens este Santo Nome?

b) É sem mérito próprio que filhos herdam um grande nome paterno. Continue reading

Vivendo na Caridade, vive-se em Deus

Santa Catarina de Sena e Jesus Cristo
Querida irmã em Jesus. Eu, Catarina, serva dos servos de Jesus, escrevo-te no seu precioso sangue, desejosa que te alimentes do amor de Deus e que dele te nutras, como do seio de uma doce mãe. Ninguém, de fato, pode viver sem este leite! Quem possui o amor de Deus, nele encontra tanta alegria que cada amargura se transforma em doçura e cada grande peso se torna leve. E isto não nos deve surpreender porque, vivendo na caridade, vive-se em Deus:

“Deus é amor; quem permanece no amor habita em Deus e Deus habita nele”

Vivendo em Deus, por conseguinte, não se pode ter amargura alguma porque Deus é delícia, doçura e alegria infinita! É esta a razão pela qual os amigos de Deus são sempre felizes! Mesmo se doentes, necessitados, aflitos, atribulados, perseguidos, nós estamos alegres. Mesmo quando todas as línguas caluniosas nos metessem em má luz, não nos preocuparemos, mas nos alegraremos com tudo porque vivemos em Deus, nosso repouso, e saboreamos o leite do seu amor. Continue reading

Vida desolada de Jesus Cristo

Vida desolada de Jesus Cristo

Magna est velut mare contritio tua. Quis medebitur tui? – “É grande como o mar o teu desfalecimento; quem te remediará?” (Lm 2, 13)

Sumário. A vida do Redentor foi destituída de qualquer consolação; porquanto os suplícios que devia sofrer até à morte eram-Lhe em todo tempo presentes. O que, porém, O afligia não era tanto esta previsão, como a vista dos pecados que os homens haviam de cometer e a eterna perdição que dali havia de provir. Quando nos acharmos em desolação, animemo-nos unindo a nossa desolação à de Jesus Cristo. Ao mesmo tempo, lembremo-nos de que pelos nossos pecados temos também concorrido para afligir e contristar o seu amabilíssimo Coração. Continue reading

Profecias do Antigo Testamento cumpridas em Jesus

Jesus Cristo, mosaico
Sabemos que em Jesus Cristo se cumprem todas as profecias que falam do Messias no Antigo Testamento – e sabemos que são muitas profecias: contam-se mais de trezentas.

Essas profecias anunciam a sua pessoa, as suas ações, a sua doutrina. O cumprimento de todas elas é um dos motivos que nos levam a saber que a Bíblia é inspirada pelo Espírito Santo.

Jesus sabe que as profecias messiânicas se referem a Ele. Ao ler Isaías na sinagoga de Nazaré, Ele afirma:

“Hoje se cumpre diante de vós esta escritura” (Lc 4, 21)

Aos fariseus que se recusavam a crer nele, Jesus diz:

“Perscrutai as Escrituras, já que nelas esperais ter a vida eterna; elas dão testemunho de mim” (Jo 5, 39)

O evangelista Mateus se propõe, em seu evangelho, demonstrar que Jesus é o Messias, baseando-se nas profecias do Antigo Testamento.

São profecias que anunciam o Cristo centenas de anos antes do seu nascimento e que, até do ponto de vista estatístico, exigiriam intervenção divina para tamanho índice de acerto.

Uma pequena mostra:

Continue reading

« Older posts

© 2019 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑