Tag: santidade (page 2 of 17)

A Devoção é Útil a todo Estado e Circunstâncias da Vida

A devoção é semelhante as abelhas que tiram todo o mel da flor, sem deixá-las murchar, e as deixa intactas e frescas como as achou...

Capítulo III

O Senhor, criando o universo, ordenou as árvores que produzissem frutos, cada uma segundo a sua espécie; e ordenou do mesmo modo a todos os fiéis, que são as plantas vivas de sua Igreja, que fizessem dignos frutos de piedade, cada um segundo o seu estado e vocação. Diversas são as regras que devem seguir as pessoas da sociedade, os operários e os plebeus, a mulher casada, a solteira e a viúva. A prática da devoção tem que atender a nossa saúde, as nossas ocupações e deveres particulares. Na verdade, Filotéia, seria porventura louvável se um bispo fosse viver tão solitário como um cartuxo? Se pessoas casadas pensassem tão pouco em ajuntar para si um pecúlio, como os capuchinhos? Se um operário frequentasse tanto a igreja como um religioso o coro? Se um religioso se entregasse tanto a obras de caridade como um bispo? Não seria ridícula uma tal devoção, extravagante e insuportável? Entretanto, é o que se nota muitas vezes, e o mundo, que não distingue nem quer distinguir a devoção verdadeira da imprudência daqueles que a praticam desse modo excêntrico, censura e vitupera a devoção, sem nenhuma razão justa e real. Continue reading

Propriedades e Excelências da Devoção

Docilidade da Santa Devoção

Capítulo II

Aqueles que desanimavam os israelitas da empresa de conquistar a terra prometida, diziam-lhes que esta terra consumia os habitantes, isto é, que os ares eram tão insalubres que aí não se podia viver, e que os naturais da terra eram homens bárbaros e monstruosos a ponto de comer os seus semelhantes, como gafanhotos. Deste modo, Filotéia, o mundo anda a difamar diariamente a santa devoção, espalhando por toda parte que ela torna os espíritos melancólicos e os caracteres insuportáveis e que, para persuadir-se, é bastante contemplar o semblante enfadonho, triste e pesaroso das pessoas devotas. Mas, como Josué e Caleb que tinham ido explorar a terra prometida, asseguravam que eram, muito ao contrário, paragens deliciosas e encantadoras por sua fertilidade e beleza, assim também todos os santos, animados do Espírito Santo e da palavra de Jesus Cristo, asseveram que a vida devota é suave, aprazível e ditosa.
Continue reading

A Natureza da Devoção

Alma Devota

Capítulo I

Aspiras à devoção, Filotéia, porque a fé te ensina ser esta uma virtude sumamente agradável à Majestade Divina. Mas, como os pequenos erros em que se cai ao iniciar uma empresa vão crescendo à medida que se progride e ao fim já se avultam de um modo quase irremediável, torna-se absolutamente necessário que, antes de tudo, procures saber o que seja a devoção.

Existe, pois, uma só devoção verdadeira e existem muitas que são vãs e falsas. É mister que saibas discernir uma das outras, para que não te deixes enganar e não te dês a exercícios de uma devoção tola e supersticiosa. Continue reading

A Prestação de Contas

Meditação para o Dia 25 de Novembro

1. a) Dá conta da tua administração, porque já não poderás ser meu feitor“. Terrível palavra que um dia o Eterno Juiz há de dirigir a ti! Deus te deu ricos dons do corpo e da alma, não para que sejas seu dono absoluto, e sim para que os uses em Seu serviço, contribuindo assim para tua própria felicidade. Que uso fizeste deles? O que não é feito para Deus, é perdido. Faze, pelo menos desde agora, um bom uso dos dons do corpo: saúde, robustez, os cinco sentidos; dos dons de fortuna: honras, boa reputação, bens; e dos dons da alma: inteligência, memória e vontade. Continue reading

Os Bens da Terra

Meditação para o Dia 23 de Novembro

1. Então lhe disse um da turba: Mestre, dize a meu irmão que divida comigo a herança“. O amor desordenado aos bens da terra muitas vezes é a causa de discórdias mesmo entre aqueles que mais se devem amar. Valem, na realidade, tanto? Aquele homem, que a Jesus devia ter pedido a herança eterna, preferiu pedir os bens passageiros da terra. Que triste cegueira! Qual é o principal objeto de tuas orações? Negócios e desejos temporais ou a maior perfeição cristã? Amando demasiadamente riquezas e honras deste mundo, estás em perigo de ser pobre e desprezado na eternidade. Continue reading

As Ovelhas do Bom Pastor

Meditação para o Dia 20 de Novembro

1. a) Eu sou o bom Pastor“. Três inimigos ameaçam as ovelhas de Jesus: o lobo, isto é, o demônio, que as quer devorar; o mercenário, isto é, o mundo, que as engana; e o ladrão, isto é, o egoísmo prejudicial. Deverás desanimar em face de tantos inimigos? Ó, não! Jesus permite que eles venham, para te dar ocasião de conhecê-los, vencê-los e assim ganhar louros eternos.

b) Conheço as minhas ovelhas… e dou minha vida por elas“. Que consolo! Em todo sofrimento poderás dizer:

“Jesus me conhece. Ele não me desamparará! Quanto me deve amar, se por mim nasceu, viveu, sofreu e morreu!”

Continue reading

Santa Isabel da Turíngia

Meditação para o Dia 19 de Novembro

1. No auge da felicidade e do poder, cercada dos carinhos de seu esposo e de toda a corte, Santa Isabel de Turíngia não se esqueceu de Deus. Consagrou-Lhe as primícias de seu amor. Por isso fez, às escondidas, penitências graves. Por amor de Deus desceu aos hospitais e aos caminhos públicos, para visitar e tratar doentes; por amor dEle distribuiu, com larga mão, a maior parte de suas riquezas; por amor de Deus consentiu na partida de seu esposo extremado, seu único protetor na terra, para a Cruzada. Compara tua vida com estas virtudes. Continue reading

A Cura de Dez Leprosos

Meditação para o Dia 17 de Novembro

1. E, entrando em uma aldeia, saíram-lhe ao encontro dez leprosos, que pararam ao longe e levantaram a voz, dizendo: ‘Jesus, Mestre, compadece-te de nós’“. Lança um olhar sobre tua alma, talvez cheia de faltas e pecados, qual lepra espiritual. Se nada perceberes, pior para ti. Os santos encontraram em si faltas e manchas, e tu de tudo te julgas isento? Convence-te de teu mísero estado e recorre àquele que unicamente pode salvar-te. Oxalá que a lepra de tua alma não se torne incurável por adiares tanto uma conversão séria! Continue reading

O Maior no Reino do Céu

Meditação para o Dia 15 de Novembro

1. Naquela hora chegaram-se a Jesus os seus discípulos, dizendo: Quem julgas tu que é o maior no reino do céu?“. Até os apóstolos são tentados pela ambição e pelo orgulho, vícios que todos herdamos dos primeiros pais. Não herdaste o mesmo mal? Não queres parecer mais do que és, sobressaindo sempre e querendo levar a palma em tudo? Com que direito? Pecaste menos que outros? Correspondeste melhor do que eles às graças que Deus, sem teu mérito, te deu? Não deverás prestar conta rigorosa de tudo? Continue reading

Os Apóstolos na Transfiguração de Jesus

Meditação para o Dia 11 de Novembro

1. Entusiasmado pela transfiguração, São Pedro disse:

“Senhor, bom é que estejamos aqui; se queres, façamos aqui três tabernáculos, um para ti, outro para Moisés e outro para Elias”

Não procedes, muitas vezes, como o apóstolo? Consolado por Deus, tudo julgas possível; na noite da tentação e do desamparo, porém, te tornas tímido como o apóstolo na Paixão de Jesus, a quem só seguiu de longe e a quem até negou. A virtude não consiste em consolações, mas na luta contra o mal e na prática constante do bem. Continue reading

Older posts Newer posts

© 2018 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑