Tag: cruz (page 1 of 6)

Grande Pena Viver sem Pena!

Meditação para o Dia 23 de Fevereiro

Esta era a máxima de Santo Agostinho. Os santos mais unidos a Nosso Senhor, do alto da Montanha do Amor, divisam mais largos horizontes do que nós. Eles sabem o que é Eternidade e o quanto vale sofrer por amor de Deus e para salvação de nossa alma, destinada à felicidade eterna. Todos os santos foram, não só pacientes e conformados no sofrimento, como apaixonados pela cruz:

“Ou sofrer ou morrer!” – exclama Santa Teresa

Continue reading

Escolhe uma Cruz

Meditação para o Dia 15 de Fevereiro

Há duas cruzes ao lado de Nosso Senhor, no Calvário: a do bom e a do mau ladrão. Sem cruz não se vive na terra. O sofrimento é condição de nossa vida. Uma das cruzes nos há de pertencer. A do Bom Ladrão é a cruz do penitente. Dimas viu-se miserável, e pobre, carregado de crimes, pregado no madeiro infame. Contemplou ao seu lado a Misericórdia, resignou-se ao sofrimento e pediu a Nosso Senhor:

“Senhor, lembrai-Vos de mim em Vosso Reino”

E ouviu a doce voz da Misericórdia:

“Hoje estarás comigo no Paraíso”

Continue reading

O Bom Sofrimento

Meditação para o Dia 14 de Fevereiro

Já conheceis a expressão de São Francisco de Sales. A adversidade é mãe e a prosperidade madrasta da virtude. Quereis a prova? Manassés, no trono real, cercado de glória e de honras, era um sacrílego; na prisão, humilhado, sofrendo, torna-se um santo. Que foi David na prosperidade? Um homicida, um adúltero. Ferido pela morte de Absalão, chora, arrependido, quando a adversidade o visita. Reconhece o seu crime e canta o seu “Miserere” e o seu “Bonum mihi quia humiliasti me!“:

“Foi bom para a minha alma, Senhor, que me tivesses humilhado!”

Continue reading

O Sofrimento vem de Deus

Meditação para o Dia 12 de Fevereiro

Sim, vem de Deus o sofrimento. Será possível?!… Tudo o que existe no mundo, exceto o pecado, é verdade certa que vem de Deus, Criador de todas as coisas. As trevas e o mal não se produzem por criação divina, mas por subtração da luz e do bem. Diz a Sagrada Escritura:

Ego Dominus formans lucem et creans tenebras, factens pacem et creans malum – O Senhor, na sua munificência, nos dá a luz. Retirando-se esta, vêm as trevas. O Senhor nos dá a paz, a sua graça

Continue reading

Sejamos Resignados na Doença

Meditação para o Dia 30 de Janeiro

Esta resignação é tão agradável a Deus que, em pouco tempo de doença, enriquece a alma de mais tesouros de graças do que, em saúde, mil obras de zelo e caridade.

“O que glorifica a Deus, diz Santo Afonso, não são as nossas obras, mas a nossa resignação e conformidade da nossa vontade com a do Senhor!”

Sofrer como Jesus Cristo não é sofrer, dizia outro santo. A doença nos abate e leva ao desânimo. Almas piedosas se sentem como que abandonadas por Deus, acabrunhadas, tristes. Continue reading

O Apóstolo de Jesus Crucificado

Meditação para o Dia 25 de Janeiro

São Paulo é o Apóstolo da Cruz. Só quis conhecer e pregar Jesus Cristo crucificado. Por isso foi o Vaso de eleição para levar o nome de Jesus aos gentios.

“E eu lhe farei ver, disse o Senhor a Ananias, como é preciso sofrer pelo meu nome” (1)

O grande Apóstolo se gloriava nas suas dores, nas suas fraquezas, para ter a força Divina. “Libenter gloriabor in infirmitatibus meis ut maneat in me virtus Christi”. E não temia nem os ultrajes, nem as injúrias, perseguições, desprezos, açoites, por amor de Jesus Cristo, com quem vivia tão estreitamente unido, até à identificação, essa sublime identificação de que ele se fez o arauto. Continue reading

Por que a Doença?

Meditação para o Dia 24 de Janeiro

Primeiro, porque Deus a permitiu, e tudo que Deus permite, estejamos bem certos disto, é para nosso bem. Depois, como a saúde, a doença é também um dom de Deus. Nosso Senhor nô-la dá para provar nossa virtude e corrigir-nos de nossos defeitos; para mostrar-nos a nossa fraqueza e os desabusar; para desapegar-nos do amor às coisas terrenas e dos prazeres sensuais; para amortecer o ardor impetuoso e diminuir as forças da carne, nosso grande inimigo; para nos lembrar que estamos aqui no exílio e que o Céu é a nossa verdadeira pátria; para dar-nos, enfim, todas as vantagens que se recolhem dessa provação, quando se aceita com gratidão, como um favor especial (1). Continue reading

A Humilhação

Meditação para o Dia 23 de Janeiro

A humilhação revolta. É o que fere mais dolorosamente o nosso amor-próprio. Esmaga-nos e, quando nos bate, precisamos coragem e muita virtude para sofrê-la em silêncio. E, sem a humilhação, ninguém pode saber se é realmente humilde.

“A humilhação, diz São Bernardo, leva-nos à humildade, assim como a paciência, à paz, e o estudo à ciência. Quereis experimentar se a vossa humildade é verdadeira, até onde vai, se adianta ou recua? As humilhações vos fornecerão o meio” (1)

Continue reading

Que Mal fiz Eu?

Meditação para o Dia 22 de Janeiro

Exprimem estas palavras, queixa injusta e irrefletida de muitas pessoas, quando sentem o golpe das adversidades:

“Que mal fiz eu para sofrer tanto?”

O sofrimento é consequência do pecado, e todo filho de Adão está sujeito à lei divina que o decretou. Quando Jesus veio à terra para nos remir, tomou a cruz e nela morreu, num oceano de dores. Teria feito algum mal Aquele que é a própria Justiça, o Santo por excelência? Maria, concebida sem pecado, não teve, em amarguras e cruéis angústias, toda a sua vida? Continue reading

Os Bons Carrascos

Meditação para o Dia 20 de Janeiro

Bons carrascos são os indivíduos que, embora bons, virtuosos, de boas intenções, mas levados, talvez, pela intriga, por uma excitação nervosa, por excesso de mal-entendido e amargo zelo, maltratam-nos, perseguem-nos e nos fazem sofrer. E não é raro isto. São Pedro de Alcântara, cheio de compaixão para com Santa Teresa, disse-lhe que uma das maiores penas deste exílio era a que ela havia sofrido, isto é, a contradição das pessoas de bem. Continue reading

Older posts

© 2018 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑