Author: Gabriel (page 1 of 119)

Santa Isabel e seu Filho

Meditação para o Dia 14 de Dezembro

1. a) Isabel deu à luz um filho. E ouviram seus vizinhos e parentes que o Senhor havia assinalado com ele sua misericórdia“. Deus tirou de Isabel, que lho tinha pedido durante dezenas de anos, a esterilidade corporal. O mesmo Deus faz tudo, para tirar de tua alma a esterilidade espiritual; sem tua cooperação, porém, ela ficará eternamente sem frutos.

b) Isabel recebeu um filho, de quem disse o Espírito Santo que havia de ser grande diante do Senhor. A grandeza perante Deus é a única de valor real. Aprecias esta praticamente, preferindo-a a tudo? Continue reading

Provações de Maria e de José

Meditação para o Dia 13 de Dezembro

1. E José, seu esposo, como era justo e não a queria infamar, resolveu deixá-la ocultamente“. Terrível provação para o esposo! Maria, o ideal de toda virtude, que São José diariamente teve de admirar, era mãe, mas ele ignorava a mensagem do anjo e a conceição milagrosa em virtude do Espírito Santo. Com tanta severidade Deus prova às vezes os justos! São José não pensou em fazer valer seus direitos, manifestando tudo. Resolveu antes deixar ocultamente sua esposa e não lhe manchar a reputação. És u tão solícito pela reputação alheia como São José? Continue reading

O Mistério da Anunciação

Meditação para o Dia 12 de Dezembro

1. a) Eu te saúdo, cheia de graça, o Senhor é contigo“. O anjo não falou de si, mas louvou a outrem. Reconheces, de bom grado, os méritos dos outros? Quanto a ti, fala, como o anjo, não de teus méritos, saber, virtude, etc., e sim daquilo que possa ser útil a tua alma. Deves visar em tudo a glória de Deus, o bem de tua alma e da do próximo.

b) Cheia de graça, o Senhor é contigo“. A graça é a única coisa que tem valor aos olhos de Deus. E está ela em tua alma, ou acha-se esta cheia de imperfeições e pecados? Continue reading

Maria, oásis no Mundo Pervertido

Meditação para o Dia 11 de Dezembro

1. Já no Paraíso, Deus prometeu o redentor, mostrando assim a Sua misericórdia verdadeiramente infinita. Adiou, todavia, o cumprimento de Sua promessa, por muitos séculos, para que se tornasse bem visível a enorme miséria que resultou do pecado. Com poucas exceções, os homens todos se tinham afastado de seu Deus, adorando criaturas e entregando-se a indizíveis vícios. Por toda parte orgulho, egoísmo, impureza, crueldade. Quanto deves a Deus, que pela redenção transformou a terra de tal modo, que hoje é fácil salvar-te, desde que o queiras seriamente. Continue reading

Meditação para o 2º Domingo do Advento

Dom Henrique Soares da Costa
Por Dom Henrique Soares

O tempo do Advento coloca-nos diante da miséria da humanidade, da pobreza e aperto da Igreja, da nossa própria miséria.
Pobre humanidade:

por mais que se julgue autossuficiente, é tão insuficiente,
por mais que deseje ser seu próprio deus, não passa de pó que o vento leva…
Pobre Igreja, tão santa pela santidade de Cristo, o Santo de Deus,
mas tão envergonhada pelos pecados de seus filhos e até de seus pastores, que deveriam ser exemplo e orgulho do rebanho;
tão difamada, tão vilipendiada, tão humilhada nos dias atuais.

Pobres de nós, que vivemos uma vida tão cheia de percalços e angústias, de lutas e lágrimas, de desafios que, às vezes, pararem mais fortes que nós!

Eis a humanidade!
Continue reading

Maria e José

Meditação para o Dia 10 de Dezembro

1. a) Conformando-se com a vontade de Deus, Maria Santíssima despojou-se com São José. Não receava por sua virgindade, que lhe era sobremodo cara; confiava tranquilamente na Onipotência divina, que de fato lha conservou. Aprende de tua Mãe a confiar, plenamente, em Deus, por maiores que sejam as tuas necessidades.

b) Deus não quis que a pureza de Sua Mãe fosse exposta a alguma suspeita. Cuidas assim de tua boa reputação, e também do bom nome de teu próximo?

Deus quis que o mistério da Encarnação, por algum tempo, fosse desconhecido pelo mundo. Escondes, do mesmo modo, o que talvez tens de bom e de louvável? Continue reading

A Adoração dos Magos

Adoração dos Reis Magos ao Menino Jesus

«Prostrando-se, o adoraram»

Neste último capítulo, vamos continuar a olhar para os Magos, contemplando-os agora na cena da adoração, que o Evangelho descreve assim: Entrando na casa, acharam o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se diante dele, o adoraram (cf. Mt 2, 9-12). Muitos pintores famosos deixaram-nos quadros belíssimos dessa cena. Ajoelhados ou inclinados perante o Menino Jesus, os Magos o adoram, com o olhar extasiado, e lhe oferecem os presentes que trouxeram.

No centro desta bela cena, aparece uma palavra que merece a nossa reflexão: a palavra «adorar». É uma das atitudes mais elevadas, mais sadias e mais necessárias para nós, os homens, especialmente nos nossos tempos. Não duvide de que tudo iria muito melhor, em nossa vida e no mundo, se aprendêssemos a adorar a Deus. Continue reading

Pureza de Maria

Meditação para o Dia 09 de Dezembro

1. Deus não permitiu em Maria Santíssima nem uma sombra sequer de pecado; Sua Mãe devia ser, sob todo ponto de vista, irrepreensível. Contudo, Maria só uma vez recebeu em suas entranhas puríssimas o Verbo Encarnado. O mesmo Deus, porém, quer morar em teu coração, não só espiritualmente, mas entrar nele, muitas vezes, na Santa Comunhão, com o mesmo Corpo e Sangue que teve em Maria. Quanta pureza, quanta humildade, quanta virtude não te são por isso necessárias! Continue reading

A Estrela dos Magos

A Estrela de Belém e os Reis Magos

Uns magos vieram do Oriente

Em todo presépio que se preze, sempre estão presentes as figuras dos três Reis Magos, montados em seus camelos e com um cortejo de pajens e oferendas. Eles avançam pela estrada que leva a Belém. Quantos de nós não fizemos avançar suas figurinhas de barro no presépio, um centímetro por dia, até colocá-los aos pés de Jesus Menino na data em que a Igreja comemora a sua chegada, 6 de Janeiro.

O Evangelho (cf. Mt 2, 1-10) não diz se eram mesmo três, nem de que país procediam. Mas usa uma expressão – «magos» – que naquele tempo designava, no Oriente, homens sábios, homens de ciência e estudo, conselheiros de reis (talvez por isso o povo cristão usou chamá-los de «Reis» Magos). Diante deles, marcando o rumo, brilhou no início do caminho uma estrela, que logo se ocultou e reapareceu mais brilhante quando já se aproximavam de Belém. Continue reading

Festa da Imaculada Conceição

Meditação para o Dia 08 de Dezembro

1. A pérola mais bela do colar da Santíssima Virgem é a sua conceição sem mancha, prerrogativa concedida unicamente a ela. O sangue destinado a correr nas veias de Deus mesmo não podia ser manchado em sua origem. Maria, que tinha de esmagar a cabeça da serpente, não podia, nem por um só instante, estar debaixo do poder desta. A Maria, que era cheia de graça, não podia faltar esse dom insigne, necessário à sua dignidade de Filha, Mãe e Esposa de Deus.

Folgando em saudar Maria com as palavras da Igreja: Toda és formosa e em ti não há mácula, procura ser-lhe semelhante em pureza. Continue reading

Older posts

© 2017 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑