Tag: felicidade (Page 2 of 7)

Livre!…

Meditação para o Dia 18 de Dezembro

Queremos ser livres. É uma das aspirações mais ardentes da Humanidade. O sonho do mundo. E como sofre o homem em busca do seu ideal, até hoje em vão procurando, nesta terra vil, neste mundo de injustiças! As revoluções abalam o mundo e a liberdade refulge aos olhos dos sonhadores, aos olhos do povo, como um raio de luz, para desaparecer logo, deixando-nos em trevas. A liberdade completa, o paraíso terrestre, que uma filosofia materialista prega, é uma utopia, suprema loucura. Continue reading

“Videbimus!”

Meditação para o Dia 18 de Dezembro

Um religioso da Ordem de São Domingos, ao exorcizar um possesso, perguntou ao demônio em que lugar queria ele habitar. O demônio respondeu pela boca do possesso:

“Quisera estar no Céu, para gozar a visão de Deus. Eu só vi um instante a Sua Face Adorável e, para obter segunda vez esse favor e gozar ainda, um instante só, a mesma felicidade, aceitaria tudo, tudo o que sofreram todos os demônios reunidos, desde o começo e até o último dia do Juízo”

Continue reading

Vida, minha vida, por que te Perturbas?

Meditação para o Dia 17 de Dezembro

Nos dias que antecederam a vinda do Salvador, contam as tradições, o templo de Jerusalém se enchia de rumores e sinais estranhos. Um doutor da lei, testemunha desses prodígios, exclamou:

“Templo, ó Templo, que tens? Por quete perturbas?” – ‘E, falando eu de outro templo – diz Lacordaire – maior que o de Jereusalém, o templo da vida humana, digo também, com o mesmo acento melancólico: ‘Ó vida! Ó vida! por que te perturbas? Não encontrarás jamais repouso? Não te acalmas?'”

Continue reading

Felicidade do homem pela Encarnação

Sábado. Felicidade do homem pela Encarnação

Meditação para o Sábado da 2ª Semana do Advento

Sumário

Meditaremos os grandes bens que nos provêm da Encarnação do Verbo, e consideraremos o Verbo Encarnado:

1.° Como consolador das nossas aflições;

2.° Como médico caridoso que cura todas as nossas misérias.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De recorrer em todas as nossas aflições a Jesus Cristo como único e verdadeiro consolador;

2.° De não nos afeiçoarmos aos falsos bens da terra, mas a Jesus Cristo só.

O nosso ramalhe espiritual será a palavra do Salvador:

Venite ad me omnes qui laboratis et onerati estis, et ego reficiam vos – Vinde a mim todos os que andais em trabalho, e vos achais carregados, e eu vos aliviarel (Mt 11, 28)

Continue reading

Nossa Esperança

Meditação para o Dia 27 de Novembro

Há homens materializados, pagãos, sem esperança alguma além-túmulo. Julgam encontrar alívio no pensamento de uma aniquilação total da criatura humana após a morte. É a esperança pagã. A esperança dos gentios, diz Santo Ambrósio, é que a morte faça acabar todos os males. E, como tiveram uma vida estéril, assim, dizem, a morte será apenas o fim de uma carreira de sofrimentos a que estávamos presos. Quanto a nós, cristãos, mais generosos, pela esperança na recompensa, somos mais resignados, porque temos motivos de consolação. Não cremos ter perdido, mas apenas enviado um pouco antes de nós os que morreram, não como vítimas para a morte, mas como cidadãos para a Eternidade! Continue reading

Morrer para Viver e Viver para Morrer

Meditação para o Dia 13 de Novembro

“Nesta vida – diz São Francisco de Sales – vivemos morrendo e morremos vivendo continuamente. Só os que morreram no Senhor são verdadeiramente felizes, porque só eles vivem a vida verdadeira. Beati mortui qui in Domino moriuntur

Não nos aflijamos desesperadamente quando Nosso Senhor vem chamar para a vida eterna alguns dos nossos entes queridos. Ele é o Senhor da vida e da morte e só Ele sabe o que nos convém. Louvemos a misericórdia Divina, quando nos conserva a vida ou no-la tira. Continue reading

Deus será tudo em todos

II. Deus será tudo em todos

II. Sermão para a Festa de Todos os Santos

SUMÁRIO

Exordio. Desenvolvimento do texto. Deus é tudo pela imensidade da sua essência, está em todos pela incompreensível fecundidade com que se comunica.

Proposição e divisão. Para tornar o homem feliz, devemos dar-lhe a verdade, a alegria e a paz. No céu teremos:

1.° A presença de Deus, o verdadeiro e mais nobre exercício do nosso espirito;

Neste 1.º Ponto – Os bem-aventurados possuem pela presença de Deus a verdade sem erro, sem dúvidas, sem fadigas. Felizes, os que têm o coração puro, porque verão a Deus devendo purificar-se neste mundo.

2.° No gozo de Deus, a perfeita alegria dos nossos corações;

Neste 2.º Ponto – As alegrias do mundo não passam de ilusões. No céu, a nossa alma flutuará eternamente na mais nobre e perfeita alegria. Aspiremos a essa alegria.

3.° Na tranquila posse de Deus, a imutável firmeza do nosso repouso.

Neste 3.º Ponto – No céu eternos repousos. A nossa paz não será perturbada como neste mundo.

Peroração. Meditemos esta felicidade. Votos pela glória e pela felicidade do rei neste mundo e no outro.

Ut sit Deus omnia in omnibus.
Deus será tudo em todos. (I Cor 15, 28)

Continue reading

O Progresso

Capítulo 49. O Progresso - Livro Rumo à Felicidade, de Fulton Sheen
O G. K. Chesterton disse:

«Há uma coisa no mundo que nunca faz progresso: é a ideia de progresso»

Com isso ele quis dizer que, se não tivermos um conceito certo do que realmente significa o progresso, nunca saberemos se estamos a avançar. Infelizmente há muitos que, em lugar de trabalharem por um ideal, o mudam, e chamam a isto progresso. Nunca ninguém poderia saber que estava a fazer progresso no caminho de Chicago para São Francisco, se São Francisco fosse identificada com Nova Iorque. Só quando a meta estiver fixada e definida, é que podemos ter um alvo e a energia para disparar à seta. Continue reading

Negociar a Felicidade

Meditação para o Dia 11 de Julho

A felicidade é um negócio. E os que sabem empregar bem o capital em bancos e boas transações, gozam os juros de cem por um, aqui e na vida eterna. Que faz o bom negociante? Coloca o seu capital em negócios seguros e de vantagens certas. Compra e vende com lucros. Quereis ser felizes? Imitai o negociante. Com a moeda de vosso conforto, riqueza e saúde, comprai um pouco de felicidade para os que sofrem. E são tantos! O segredo da felicidade, segundo o Evangelho, está em fazer os outros felizes. Continue reading

Em Deus está a nossa Conservação

Capítulo 33. Em Deus está a nossa Conservação - Livro Rumo à Felicidade, de Fulton Sheen
SE a nossa vontade se puser do lado de Deus, nunca poderemos desanimar, porque o lado que escolhemos, está sempre vitorioso e nunca é ludibriado. Em Deus está a conservação, no mal a ruína. A realidade das coisas encontra-se sempre do lado de Deus.

O mal é, necessariamente, instável, porque vai contra a natureza das coisas segundo foram criadas. Todas as leis da natureza humana nos impulsionam para o nosso destino específico tanto de santidade como de saúde. Se cuidarmos, devidamente, do nosso corpo, obedecendo às regras da saúde, seremos saudáveis; se violarmos essas leis, a nossa revolta trará a doença, e poucos tomariam o devido cuidado consigo, se a violação das leis da saúde não trouxesse algum castigo, como aviso. Continue reading

« Older posts Newer posts »

© 2020 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑