Tag: conversão (page 1 of 4)

Homilia para o III Domingo da Quaresma – Ano C

Dom Henrique Soares da Costa
Ex 3,1-18a.13-15
Sl 102
1Cor 10,1-6.10-12

O tempo da Quaresma recorda muitas vezes o tempo da travessia do deserto por parte de Israel: tempo de peregrinação, de provação e de purificação. O livro do Deuteronômio recorda isto com palavras muito fortes:

“Lembra-te de todo o caminho que o Senhor teu Deus te fez percorrer durante quarenta anos no deserto, a fim de humilhar-te, tentar-te e conhecer o que tinhas no coração. Portanto, reconhece hoje no teu coração que o Senhor teu Deus te educava, como um homem educa seu filho” (Dt 8,2.5)

Continue reading

O Santo Sudário

Meditação para a Sexta-feira da Segunda Semana da Quaresma. O Santo Sudário

Meditação para a Sexta-feira da Segunda Semana da Quaresma

SUMARIO

Para nos conformarmos com o espírito da Igreja, que honra o Santo Sudário, consideraremos:

1.° Quão justa é a devoção a esta insigne relíquia;

2.° Quão santificante é.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De nos representarmos muitas vezes o Santo Sudário, contendo impressas as chagas do Salvador, e todo impregnado do Seu sangue;

2.° De nos excitarmos com esta lembrança ao amor de Jesus crucificado, ao horror do pecado, ao zelo da salvação e das virtudes que lá conduzem.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra de São Pedro:

“Armai-vos do pensamento de Jesus crucificado” – Christo igitur passo in carne, et vos eadem cogitatione armamini (1Pd 4, 1)

Continue reading

O Exame Particular de Consciência

Meditação para o Sábado da Primeira Semana da Quaresma. O Exame Particular de Consciência

Meditação para a Sábado da Septuagésima

SUMARIO

Meditaremos:

1.° Na natureza e importância do exame particular de consciência;

2.° Na maneira de o fazer

— Tomaremos depois a resolução:

1.º De cumprirmos fielmente daqui em diante este exercício;

2.° De o fazermos consoante as regras dos mestres da vida espiritual.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra de Jeremias:

“Constitui-te para arrancares e destruíres, para edificares e plantares” – Constitui te… ut evellas, et destruas… aedifices, et plantes (Jr 1, 10)

Continue reading

Maneira de fazer o Exame de Consciência

Meditação para a Quinta-feira da Primeira Semana da Quaresma. Maneira de fazer o Exame de Consciência

Meditação para a Quinta-feira da Primeira Semana da Quaresma

SUMARIO

Meditaremos na maneira de fazer o exame de consciência, e veremos:

1.° Os caracteres deste exame;

2.° Os atos que devem acompanhá-lo.

— Tomaremos depois a resolução:

1.º De observarmos no nosso exame as regras indicadas pelos santos;

2.º De o fazermos com uma sincera dor das nossas culpas e com um firme propósito de emenda.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra do santo rei Ezequias:

“Repassarei diante de vós pela memória toda a minha vida com amargura da minha alma” – Recogitabo tibi omnes annos meos in amaritudine animae meae (Is 28, 15)

Continue reading

O Exame de Consciência

Meditação para a Quarta-feira da Primeira Semana da Quaresma. O Exame de Consciência

Meditação para a Quarta-feira da Primeira Semana da Quaresma

SUMARIO

Como a primeira condição para bem nos confessarmos é examinar a nossa consciência, destinaremos as seguintes meditações a este exame. Consideraremos:

1.° A importância do exame quotidiano da nossa consciência;

2.° A importância do exame preparatório para a confissão.

— Tomaremos depois a resolução:

1.º De fazermos com exatidão, todas as tardes, o nosso exame de consciência;

2.° De empregarmos um particular cuidado em examinarmo-nos bem antes da confissão.

Conservaremos como ramalhete espiritual a palavra do Salmista:

“Examinei miudamente todos os meus passos, e toda a minha fadiga encaminhei a guardar a vossa santa lei” – Cogitavi vias meas, et converti pedes meos in testimonia tua (Sl 118, 59)

Continue reading

Santidade do Tempo Quaresmal

Meditação para o Sábado depois das Cinzas. Santidade do Tempo Quaresmal

Meditação para o Sábado depois das Cinzas

SUMARIO

Meditaremos:

1.° A santidade do tempo quaresmal;

2.° Os meios de santificar este tempo.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De resguardarmos melhor o nosso coração e os nossos sentidos do pecado e da distração;

2.° De tratarmos durante este tempo da reforma do defeito que mais nos importa corrigir.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra de São Paulo:

“Eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora os dias de salvação” – Ecce nunc tempus acceptabile, ecce nunc dies salutis (2Cor 6, 2)

Continue reading

A liberdade para a qual Cristo nos libertou

Dom Henrique Soares da Costa

Meditação I – Quinta-feira depois das Cinzas

Por Dom Henrique Soares da Costa

Reze o Salmo 118/119, 1-8:

1Felizes os que seguem o caminho da rectidão
e vivem segundo a lei do SENHOR.
2Felizes os que cumprem os seus preceitos
e o procuram com todo o coração,
3que não praticam o mal,
mas andam nos caminhos do SENHOR.
4Promulgaste os teus preceitos
para se cumprirem fielmente.
5Oxalá os meus passos sejam firmes
no cumprimento dos teus decretos.
6Então não terei de que me envergonhar,
se observar os teus mandamentos.
7Poderei louvar-te de coração sincero,
instruído pelos teus justos juízos.
8Hei-de cumprir as tuas leis;
não me abandones mais!

Leitura da Epístola de São Paulo aos Gálatas 1, 1-5:

1Paulo, apóstolo – não da parte dos homens, nem por meio de homem algum, mas por meio de Jesus Cristo e de Deus Pai, que o ressuscitou dos mortos – 2e todos os irmãos que estão comigo, às igrejas da Galácia: 3Graça e paz a vós, da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo, 4que a si mesmo se entregou pelos nossos pecados, para nos libertar deste mundo mau, segundo a vontade de Deus nosso Pai. 5A Ele a glória pelos séculos dos séculos! Ámen.

Continue reading

Quarta-feira de Cinzas: Início do retiro quaresmal

Dom Henrique Soares da Costa

Hoje iniciamos o Santo Tempo da Quaresma. Como faço já há alguns anos, também neste 2019 oferecerei a você, caro Amigo, um itinerário para estes dias sagrados: neles, com a Palavra de Deus em mãos e o coração aberto ao Cristo Jesus, vamos caminhar para a santa celebração da Páscoa do Senhor.

Neste ano, meditaremos na Epístola de São Paulo aos Gálatas. Amanhã iniciaremos a sua leitura orante. Hoje, releia com atenção as leituras da Missa desta Quarta-feira de Cinzas.

1. Deixe-se tocar com toda a sinceridade do coração pelo apelo vivo, atual, a você dirigido pelo Senhor Deus:

“Voltai para Mim com todo o vosso coração!”

Não sei qual a sua situação neste início de Quaresma…
Não sei como está sua fé no Senhor, sua confiança na Sua santa presença na sua vida…
Não sei se você tem sido fiel ou infiel, generoso ou preguiçoso para com o Senhor…
Não sei se você tem vivido segundo o Cristo ou segundo o mundo…
Mas, agora, o importante é deixar-se tocar pelo apelo da Palavra do Senhor:

“Voltai para o Senhor, vosso Deus! Ele é benigno e compassivo, paciente e cheio de misericórdia!”

2. Coloque-se sinceramente diante do Senhor. Acolha com todo o seu coração o dom que Ele lhe faz de um tempo de salvação.
Eis a Palavra do Senhor para você:

“No momento favorável, Eu te ouvi e no dia da salvação, Eu te socorri!”

Procure levar muito a sério que este tempo quaresmal é um tempo favorável, um tempo de salvação! Que o seu olhar, nestes dias, dirija-se para Jesus nosso Senhor:

“Aquele que não cometeu pecado, Deus O fez pecado por nós, para que Nele nós nos tornemos justiça de Deus!”

Eis: não receba em vão tão grande dom, tão grande graça! Nesta Quaresma, busque o Senhor Jesus Cristo com todo o seu coração, com todo o seu amor, com toda confiança! Ele Se fez homem por você, por você Se entregou! Ele não brincou conosco! Amou-nos de verdade!

3. Finalmente, planeje bem suas observâncias quaresmais, sobretudo a oração, o jejum e a esmola. Mas, faça tudo isto não por fazer, não por simples observância exterior, não por pura tradição, mas procurando colocar seu coração e seu amor ao Senhor naquilo que fará.

4. E, agora, com o coração coberto de cinzas, reze hoje os sete salmos penitencias como expressão de humilde arrependimento seu e da Igreja e de vontade de fazer o caminho quaresmal; reze-os com um coração generoso para com o Senhor; reze-os com a insistência humilde de um pobre diante do seu Deus. Salmos 6, 31/32, 37/38, 50/51, 101/102, 129/130, 142/143.

Pensamento da Morte

 Meditação para a Quarta-feira de Cinzas. Pensamento da Morte

Meditação para a Quarta-feira de Cinzas

SUMARIO

Consideraremos que a cerimônia da Cinza nos convida a santificar a Quaresma:

1.° Com a penitência e mortificação;

2.° Com o pensamento da morte.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De abraçarmos de boa vontade as mortificações próprias deste santo tempo, o jejum e a abstinência, com todas as tribulações que a Providência nos enviar;

2.° De nos excitarmos a fazer bem todas as coisas conforme a palavra cie São Bernardo:

“Se tivesses de morrer hoje}, farias isto ou aquilo?” – Si modo moriturus esses an hoc vei illud faceres?

Continue reading

Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma 2019

Papa Francisco rezando na presença de Deus

«A criação encontra-se em expetativa ansiosa,
aguardando a revelação dos filhos de Deus» (Rm 8, 19)

Queridos irmãos e irmãs!

Todos os anos, por meio da Mãe Igreja, Deus «concede aos seus fiéis a graça de se prepararem, na alegria do coração purificado, para celebrar as festas pascais, a fim de que (…), participando nos mistérios da renovação cristã, alcancem a plenitude da filiação divina» (Prefácio I da Quaresma). Assim, de Páscoa em Páscoa, podemos caminhar para a realização da salvação que já recebemos, graças ao mistério pascal de Cristo:

«De fato, foi na esperança que fomos salvos» (Rm 8, 24)

Este mistério de salvação, já operante em nós durante a vida terrena, é um processo dinâmico que abrange também a história e toda a criação. São Paulo chega a dizer:

«Até a criação se encontra em expetativa ansiosa, aguardando a revelação dos filhos de Deus» (Rm 8, 19)

Nesta perspetiva, gostaria de oferecer algumas propostas de reflexão, que acompanhem o nosso caminho de conversão na próxima Quaresma. Continue reading

« Older posts

© 2019 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑