Tag: confissão (Page 2 of 3)

Maneira de fazer o Exame de Consciência

Meditação para a Quinta-feira da Primeira Semana da Quaresma. Maneira de fazer o Exame de Consciência

Meditação para a Quinta-feira da Primeira Semana da Quaresma

SUMARIO

Meditaremos na maneira de fazer o exame de consciência, e veremos:

1.° Os caracteres deste exame;

2.° Os atos que devem acompanhá-lo.

— Tomaremos depois a resolução:

1.º De observarmos no nosso exame as regras indicadas pelos santos;

2.º De o fazermos com uma sincera dor das nossas culpas e com um firme propósito de emenda.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra do santo rei Ezequias:

“Repassarei diante de vós pela memória toda a minha vida com amargura da minha alma” – Recogitabo tibi omnes annos meos in amaritudine animae meae (Is 28, 15)

Continue reading

O Sacramento da Penitência

Meditação para a Terça-feira da Primeira Semana da Quaresma. O Sacramento da Penitência

Meditação para a Terça-feira da Primeira Semana da Quaresma

SUMARIO

Como a fragilidade humana está tão exposta a sucumbir às tentações que a acometem, meditaremos no Sacramento da Penitência, que Nosso Senhor instituiu para nos perdoar os nossos pecados, e veremos:

1.° A excelência deste sacramento;

2.° A importância de bem o receber.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De agradecermos muitas vezes a Nosso Senhor, com piedosas aspirações, esta adorável instituição;

2.° De nos prepararmos melhor para as nossas confissões.

Conservaremos como ramalhete espiritual as mesmas palavras da instituição do Sacramento da Penitência:

“Aos que vós perdoardes os pecados, ser-lhes-ão eles perdoados, e aos que vós os retiverdes, ser-lhes-ão eles retidos” – Quorum remiseritis peccata, remittuntur eis; et quorum retinueritis, retenta sunt (Jo 20, 23)

Continue reading

A Santa Confissão

Parte II
Capítulo XIX

Nosso Senhor instituiu na Sua Igreja o Sacramento da Penitência ou Confissão para purificar as nossas almas das suas culpas, todas as vezes que se acharem manchadas. Nunca permitas, Filotéia, que teu coração permaneça muito tempo contaminado do pecado, tendo um remédio tão eficaz e simples contra a sua corrupção. Uma alma subjugada por um pecado devia ter horror de si mesma; e o respeito devido aos olhos da divina Majestade a obriga a purificar-se dele o mais cedo possível. Ah! Por que havemos de morrer desta morte espiritual, tendo nas mãos um remédio tão eficaz para nos curar? Continue reading

Conclusão de tudo o que fica dito sobre o Primeiro grau da Pureza da Alma

Reconciliação: Misricórdia de Deus

Capítulo XXI

Terminada esta protestação, escuta em espírito e atentamente a sentença que no céu Jesus Cristo há de pronunciar do seu trono de misericórdia, em presença dos anjos e dos santos, no mesmo instante em que o sacerdote, aqui na terra, te absolver de teus pecados. Há de cumprir-se então no céu o que Jesus Cristo nos predisse, porque haverá aí júbilo ao verem o teu coração, de novo cheio de amor de Deus, reentrar na companhia dos anjos e dos santos, que se reunirão com tua alma no espírito de amor e paz e que entoarão na presença de Deus os cânticos sagrados repassados de alegria espiritual. Continue reading

Espírito necessário para fazer bem a Confissão Geral

Sacramento da Penitência: Confissão dos Pecados

Capítulo XIX

Aí temos, Filotéia, as meditações de maior necessidade para alcançar o teu fim. Depois que as tiveres realizado, determina-te então a fazer com coragem e humildade a tua confissão geral, mas toma sentido no meu conselho: não deixes tua alma perturbar-se por alguma vã apreensão. Bem sabes que o óleo do escorpião é o melhor remédio contra o seu veneno; assim também a confissão do pecado é o remédio mais salutar contra o mesmo pecado; ela destrói-lhe tanto a confusão como a malícia. Continue reading

Em seguida é necessário Purificar a Alma de toda a Afeição ao Pecado

"Há muitos penitentes que efetivamente saem do pecado, porém não lhe perdem o afeto; (...) a semelhança da mulher de Ló, que virou a cabeça para Sodoma"

Capítulo VII

Todos os israelitas saíram do Egito, mas muitos deixaram lá o seu coração preso; por isso é que no deserto se lhes despertaram desejos das cebolas e viandas do Egito. Assim também há muitos penitentes que efetivamente saem do pecado, porém não lhe perdem o afeto; quero dizer: eles se propõem não recair no pecado, mas com uma certa relutância e pesar de abster-se de seus deleites. O coração os denuncia e afasta de si, mas sempre tende novamente para eles, a semelhança da mulher de Ló, que virou a cabeça para Sodoma. Privam-se do pecado, como os doentes dos melões; é verdade que não os comem com medo da morte, de que o médico os ameaçara; mas aborrecem-se da dieta, falam dela com aversão e não sabem o que fazer; ao menos, querem cheirá-los muitas vezes e tem por ditosos os que os podem comer. Continue reading

Antes de tudo é necessário que a Alma se Purifique dos Pecados Mortais

Sacramento da Penitência: Confissão dos Pecados

Capítulo VI

Libertar-se do pecado deve ser o primeiro cuidado de quem quer purificar o coração, e o meio de fazê-lo se depara no sacramento da penitência. Procura o confessor mais digno que possas achar; toma um desses livrinhos próprios para ajudar a consciência no exame que se deve efetuar sobre a vida passada, como os de Granada, Bruno, Arias, Auger; lê-os com atenção, notando, ponto por ponto, tudo em que ofendeste a Deus desde o uso da razão e, se não confias em tua memória, assenta por escrito o que notaste. Depois do exame, detesta e abomina os pecados cometidos, pela contrição mais viva e perfeita que podes suscitar em ti, em considerando estes motivos valiosíssimos: que pelo pecado perdeste a graça de Deus, abandonaste os teus direitos sobre o céu, mereceste as penas eternas do inferno e renunciaste a todo o amor de Deus. Continue reading

Pede e Perdoa

Meditação para o Dia 13 de Outubro

1. Quem te dera não teres necessidade de rezar:

“Perdoai-nos as nossas dívidas!”

Dívidas ingentes são teus pecados! Pecados esses, contados desde os primeiros dias do uso da razão! Quem lhes conhece o número? Pecados, cujo número não se diminuiu com o conhecimento da bondade de Deus. Pecados, cujo peso fez cair Jesus por terra no monte das Oliveiras e sair-lhe o sangue. E Jesus, que te manda pedir perdão de tão ingente dívida, também promete a remissão por meio de sincero arrependimento, acompanhado da exposição franca no tribunal da penitência. Como deves sentir ter ofendido a um Deus que nada de mal te fez! Continue reading

Médico e Condutor

Meditação para o Dia 01 de Setembro

1. Também na estrada ao céu há desvios e rodeios. Ai de ti, se a quiseres trilhar sem condutor que te guie e que, ao caíres, te levante. Tal condutor é o confessor. Ainda que seja indiferente quem te dê a absolvição dos pecados, uma vez que tenha poder para isso, não é indiferente como ele te guia e como tu te deixas guiar. O sacerdote não é só juiz, mas também médico e conselheiro. Quem não compreenderá quanto, como tais, diferem uns dos outros! Que importante papel, o do confessor! Com o médico é conselheiro trata-se só de interesses passageiros; com o diretor espiritual, porém, tem de se tratar de interesses eternos. Continue reading

Pecado e Conversão

Meditação para o Dia 23 de Julho

1. Ainda que as tentações possam concorrer para maior virtude, elas não deixam de ser perigosas, por pintarem o bem a esperar-se pelo pecado, como grande e apreciável, estimulando a fantasia e a paixão. O perdão de que precisas depois do pecado é por elas apresentado como extremamente fácil e sem incômodo algum. Feito, porém, o pecado, a conversão se afigura pesada, penosa, senão impossível. De todos estes enganos o autor é aquele que é o pai da mentira: o demônio. Não deves, pois, ouvi-lo. Continue reading

« Older posts Newer posts »

© 2021 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑