Meditação para 10 de Outubro: O Rosário nas Aparições de Lourdes
Cidade do Rosário

Lourdes, é essencialmente a cidade do Rosário, escrevera um dos melhores historiadores dos acontecimentos da gruta de Massabielle, o padre Cross S. J.

Nossa Senhora se revela aos olhos cândidos de Bernadete e é uma aparição do Rosário com simbolismos, gestos e fatos relacionados intimamente com o Rosário. Quem não conhece a obra de Henri Lasserre e a autoridade que é este homem na história dos fatos de Lourdes? Ele o havia notado:

“Maria, aparece a uma criança que só conhecia e sabia rezar uma oração — o Rosário.”

Aparece na gruta onde floresce uma rosa selvagem — a flor do Rosário. A Virgem não tinha nem colar, nem diadema, nem joias, nenhum adorno de vaidade, mas em cada um de seus pés desabrochava uma rosa cor de ouro, e de suas mãos juntas pendia um Terço de contas brancas como gotas de leite e cadeias douradas como as messes… As contas do Rosário deslizavam uma a uma dos dedos da Senhora. E no entanto os lábios da Rainha dos Anjos estavam imóveis como para nos dizer: Esta coroa não é minha, meus filhos, é vossa, ela vos pertence…

Bernadete, ao ver a Aparição instintivamente, toma o seu Terço, mas não teve força para fazer o sinal da Cruz. Então, Maria com gesto grave e doce, para animar a pequena, faz o sinal da cruz e sem nada mais dizer ali permanece até que a menina tenha acabado de rezar o último Gloria Patri. Isto se repetiu dezoito vezes nas dezoito aparições. Maria sempre trazendo nas mãos o Rosário. O Rosário parecia alegrar a visão.

Depois da terceira Aparição diz a Virgem a Bernadete:

“Quero que me faças o favor de vir aqui durante quinze dias”

Outro simbolismo dos quinze mistérios do Rosário.

O povo compreendeu que Lourdes é a cidade do Rosário. Lá se construiu uma Basílica do Rosário para se perpetuar a vontade de Maria e dizer a todos que a mensagem da Mãe de Deus na gruta de Massabielle foi como a das aparições de São Domingos: — a mensagem do Rosário para a salvação do mundo e a conversão dos pecadores. Uma das grandes consolações de Leão XIII no fim da vida, foi traçar com as mãos tremulas o seu último documento sobre o Rosário, a carta Apostólica Parta-Humano Generi de 8 de Setembro de 1901, para dizer ao povo cristão como se alegrava ao saber que o Rosário estava em lugar de honra entre as devoções mais caras da Igreja, e que, em Lourdes, se iam consagrar numa Basílica do Rosário, quinze altares em honra dos quinze mistérios do Rosário. Lourdes foi consagrada a cidade do Rosário.

***

Mensagem do Rosário

Não queremos deixar passar em silêncio, diz Pio XI na Encíclica Ingravescentibus malis, que “em nossa época também a própria Santíssima Virgem Maria instantemente recomendou esta maneira de rezar (o Rosário) quando, aparecendo na gruta de Lourdes à inocente criança lhe ensinou pelo exemplo a recitação do Rosário”.

E conclui o Papa:

“E porque não esperarmos agora as graças se, com as devidas disposições e santamente, suplicarmos dessa maneira à Mãe Celeste?”

Três Papas confirmam a mensagem do Rosário em Lourdes: Leão XIII e Pio XI em documentos pontificais, e Pio X aprovando o ofício das Aparições de Lourdes para toda Igreja onde se lê:

“A Imaculada Virgem ensinou a menina a fazer piedosamente o sinal da cruz e a convidou pelo seu exemplo a recitar o Rosário que trazia ela pendido do braço e que o levou às mãos”

Maria quer o Rosário em nossas mãos. Baixa à terra duas vezes nos últimos tempos em Lourdes e em Fátima para nos trazer uma mensagem do Rosário.

Confirma as aparições de São Domingos e parece nos dizer também nesta hora de tantos erros e de tantos crimes:

— Pregai o meu Rosário! A salvação do mundo está no meu Rosário!

As multidões rezam o Rosário junto à gruta de Massabielle com fervor indescritível. O desejo de Nossa Senhora é realizado maravilhosamente.

O Padre Gasnier O. P. escreveu uma obra para demonstrar a relação íntima e impressionante entre cada uma das aparições de Lourdes e cada mistério do Rosário.

O Comissário Jacomet, inimigo de Bernadete, exclamava:

— “Esta menina representa uma comédia instigada por alguém”

— Sim, responde o Pe. Gasnier, é a Divina Comédia do Rosário instigada pela Virgem Maria (1)

Ao terminar Bernadete o Terço, a visão da gruta desaparecia. O Rosário faz parte da mensagem de Maria. Há três Revelações do Rosário à cristandade — a de São Domingos, a de Lourdes e a de Fátima. Em todas elas Maria se revela a Mãe e doce Refúgio dos pecadores, quer nos salvar e nos põe nas mãos a arma da vitória contra o inferno — o Rosário. Não nos impressiona o amor de Maria pelo seu Rosário? Que outra devoção foi mais recomendada e incentivada pela Mãe de Deus? E quando não pudéssemos crer nas revelações do Rosário a São Domingos, bastaria a mensagem de Lourdes para nos dizer que o Rosário é a oração predileta e privilegiada de Maria.

***

EXEMPLO

Santa Bernadete e o Rosário

Já se escreveu:

O maior milagre de Lourdes, o mais tocante e estupendo milagre é Bernadete.

O Anjo da gruta de Massabielle aprendeu de Nossa Senhora a recitar bem o Rosário e a fazer o sinal da cruz. E o sinal da Cruz de Bernadete e o seu Rosário nas mãos edificavam, comoviam a quantos a viram rezar. Desde pequena a vidente rezava em casa o Terço com os irmãozinhos. Quando Nossa Senhora lhe apareceu trazia a menina consigo o Terço querido. Não foram porventura a inocência e o Rosário que mais atraíram sobre esta criança os olhares de Maria? Depois que viu Maria não podia ela suportar o exílio da terra. Torturava-a uma saudade imensa de Nossa Senhora. Sua consolação era o Terço. Só ele a podia aliviar. Um dia lhe perguntaram:

— Nossa Senhora é bonita?

— Oh é tão bela, tão bela, responde Bernadete com entusiasmo, tão linda é Nossa Senhora que depois que a gente a viu não pode achar nada bonito neste mundo…

E depois com ardor:

— Ó minhas irmãs, amai a Santíssima Virgem! Se soubesses como Ela é boa, tão boa. Rezai bem o Terço! Colocai-vos sob a proteção de Maria e rezai bem o Terço!

Era a recomendação insistente do Anjo de Lourdes. Até a morte nunca lhe saia o Rosário das mãos. Rezava-o com aquele fervor angélico dos dias das Aparições.

Na tarde de quarta-feira de Páscoa, 16 de Abril de 1879, expirou a murmurar a prece que repetiu tantas vezes na vida:

— Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por mim, pobre pecadora… pobre pecadora…

E partiu para o céu a contemplar para sempre Aquela que seus olhos inocentes viram dezoito vezes na gruta de Massabielle.

Quando em 22 de Setembro de 1908 fizeram a exumação do corpo virginal da vidente, o acharam intacto após trinta anos de sepultura.

Lá estava com ela o Terço querido. Em 8 de Dezembro de 1933 Pio XI declara Santa a humilde Pastorinha que ouvira dos lábios de Maria:

“Eu não te farei feliz aqui na terra, mas serás feliz no outro mundo”

Bernadete, como São Domingos e os pastorezinhos de Fátima, foi a portadora da mensagem do Rosário ao mundo.

Referências:

(1) La Divine comédie de Lourdes – pg. 22-23

Voltar para o Índice do livro Mês do Rosário, de Mons. Ascânio Brandão

(BRANDÃO, Monsenhor Ascânio. O Mês do Rosário, Edições do “Mensageiro do Santíssimo Rosário”, 1943, p. 80-86)