Tag: páscoa (page 1 of 2)

Meditação para o III Domingo da Páscoa

Dom Henrique Soares da Costa

Por Dom Henrique Soares da Costa

A Palavra de Deus deste Domingo do Tempo Pascal recorda-nos um fato histórico tremendo, ao mesmo tempo misterioso e doloroso: os judeus, povo a quem fora prometido o Messias, povo que esperou o Messias, não acolheu esse Messias! E tudo terminou num desastre:

“Vós rejeitastes o Santo e o Justo. Vós matastes o Autor da Vida. Vós O entregastes e O rejeitastes diante de Pilatos”

Eis, caríssimos: misteriosamente o Povo de Deus do Antigo Testamento não foi capaz de reconhecer o Messias que lhe fora enviado e o entregou a Pilatos, que O mandou crucificar.
Continue reading

Meditação para 2º Domingo da Páscoa – Domingo in Albis

Dom Henrique Soares da Costa

Por Dom Henrique Soares da Costa

Há oito dias, no primeiro dia após o Sábado dos judeus, ao anoitecer, Jesus ressuscitado entrou onde estavam os discípulos e lhes disse:

“A paz esteja convosco!”

Há oito dias, no Dia da Ressurreição, o nosso Jesus, vencedor da morte, enviado pelo Pai no Espírito Santo, soprou esse mesmo Espírito sobre Seus discípulos, Sua Igreja, e disse:

“Como o Pai Me enviou, também Eu vos envio. Recebei o Espírito Santo!”

Continue reading

“Cristo, nossa Páscoa, foi imolado!”

Dom Henrique Soares da Costa
Reze o Salmo 119/118,153-160
Agora, leia com piedade, com atenção e um coração que escuta Dt 16,1-8

1«Guarda o mês de Abib e celebra a Páscoa em honra do SENHOR, teu Deus, porque foi no mês de Abib que o SENHOR, teu Deus, te fez sair do Egipto, durante a noite. 2Imolarás ao SENHOR, teu Deus, em sacrifício pascal, gado miúdo e graúdo, no santuário que o SENHOR tiver escolhido para ali estabelecer o seu nome. 3Não comerás pão fermentado com essas vítimas. Durante sete dias, comerás com elas ázimos, o pão da aflição, porque foi à pressa que saíste do Egipto, para assim te recordares durante toda a tua vida do dia da tua partida. 4Que não se veja fermento algum em todo o teu território durante sete dias. Que não fique para o dia seguinte coisa alguma da carne imolada no sacrifício da tarde do primeiro dia.

5Não poderás imolar o cordeiro pascal em nenhuma das cidades que o SENHOR, teu Deus, te há-de dar, 6mas somente no santuário que o SENHOR, teu Deus, tiver escolhido para ali estabelecer o seu nome. Ali imolarás o sacrifício pascal, ao cair da tarde, depois do pôr-do-sol, à hora em que saíste do Egipto. 7Cozê-lo-ás e comê-lo-ás no lugar que o SENHOR, teu Deus, tiver escolhido. No dia seguinte, poderás regressar à tua tenda. 8Durante seis dias, comerás ázimos e no sétimo dia haverá uma liturgia solene em honra do SENHOR, teu Deus; nesse dia não farás trabalho algum.»

Continue reading

Bondade de Jesus Ressuscitado

Meditação para o Dia 26 de Abril

1. a) Quando as piedosas mulheres regressaram do sepulcro, para anunciar aos discípulos as palavras do anjo, “saiu-lhes Jesus ao encontro, dizendo: ‘Deus vos salve’“. Jesus recompensou o amor e a fidelidade das mulheres, saindo-lhes ao encontro e saudando-as amorosamente. Confia na bondade de teu Salvador, que faz o mesmo com todo pecador arrependido.

b)E elas se chegaram a Ele e, abraçando-lhe os seus pés, o adoraram“. Com quanto respeito e amor terão feito o que a Madalena não foi concedido! Deus consola de modo diferente. Reza de coração:

“Faça-se a tua vontade”

Continue reading

Amor Respeitoso e sincero de Madalena

Meditação para o Dia 24 de Abril

1. a)Madalena voltou-se para trás e viu Jesus em pé: e não sabia que era Ele“.

Tão perto estava Jesus de Madalena, que, solícita, o procurava. Jesus nunca está longe daqueles que o procuram com todo o coração. Se perseverares em ir à sua procura, o acharás.

b) Disse-lhe Jesus:

“Mulher, por que choras? A quem procuras?”

Que ternas palavras! Não obstante, Madalena não o conhece. Jesus, por perto que esteja, às vezes se esconde, deixando em tristeza a alma, para lhe aumentar o desejo de o encontrar e possuí-lo e ficar com Ele. Continue reading

Perdoa a todos e sê Fiel

Meditação para o Dia 23 de Abril

1. Na verdade, o Senhor ressuscitou, e apareceu a Simão. Ao primeiro dos apóstolos Jesus apareceu, não para censurá-lo da tríplice negação, mas para confirmá-lo na fé e assegurar-lhe o perdão completo. Como Jesus perdoou plenamente, assim exige de ti, sob pena grave, perdoar aos que te ofenderem.

“Perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores”

Tem todo o cuidado, para que, com estas palavras, não te condenes a ti mesmo. Jesus acrescenta:

“Se não perdoardes aos homens tão pouco vosso Pai vos perdoará os vossos pecados”

Continue reading

A última Páscoa

Meditação para Dia 01 de Março

1. a) “Ide à cidade, à casa de um tal, e dizei-lhe: o Mestre diz: O meu tempo está próximo; em tua casa quero celebrar a Páscoa com os meus discípulos”. Quanto era pobre o Filho de Deus! Nem tinha uma casa própria, onde pudesse festejar a Páscoa. És digno discípulo do Mestre pobre?

b) Bastou que Jesus transmitisse ao dono da casa o seu desejo, para logo ser atendido. Segues com igual boa vontade as inspirações divinas e a lei de Deus? Não faltas, às vezes, a tuas obrigações por motivos fúteis? O que dirás a isso, na hora da morte? Continue reading

Jesus, o bom Pastor

Jesus Divino Pastor

Tire o maior proveito desta Meditação seguindo os passos
para se fazer a Oração Mental proposta por Santo Afonso!

Meditação para o 3º Domingo depois da Páscoa

Ego sum pastor bonus. Bonus pastor animam suam dat pro ovibus suis – “Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a sua vida pelas suas ovelhas” (Jo 10, 11)

Sumário. O ofício de um bom pastor não é outro senão guiar as suas ovelhas para bons pastos e defendê-las contra os lobos. Mas, ó meu dulcíssimo Redentor, que pastor levou jamais a sua bondade tão longe como Vós, que quisestes dar a vida por nós, vossas ovelhas, e nos livrastes dos castigos merecidos? Não satisfeito com isso, quisestes ainda, depois da morte, deixar-nos o vosso corpo na santa Eucaristia, para sustento de nossas almas. Quem, pois, não Vos amará com todo o afeto? Mas infelizmente muitos Vos pagam com a mais negra ingratidão.. Continue reading

Só em Deus se acha a verdadeira paz

Pax Vobis

Tire o maior proveito desta Meditação seguindo os passos
para se fazer a Oração Mental proposta por Santo Afonso!

Meditação para o 2º Domingo depois da Páscoa

Venit Iesus, et stetit in medio, et dixit eis: Pax vobis – “Veio Jesus, e pôs-se no meio e disse-lhes: A paz seja convosco” (Jo 20, 9)

Sumário. Assim é: só em Deus se acha a verdadeira paz; porque, tendo Deus criado o homem para si, o Bem infinito, só Ele pode fazê-lo contente. Quem quiser gozar esta paz, deve repelir de seu coração tudo que não seja Deus, que feche as portas dos sentidos a todas as criaturas e viva como que morto aos afetos terrestres. É isto exatamente o que o Senhor quis dar a entender aos apóstolos, quando, aparecendo para lhes anunciar a paz, quis ambas as vezes entrar aonde estavam os apóstolos, estando as portas fechadas.. Continue reading

A ressurreição de Jesus Cristo e a esperança do Cristão

Ressurreição de Cristo (Alonzo López de Herrera)

Ressurreição de Cristo (Alonzo López de Herrera)

Tire o maior proveito desta Meditação seguindo os passos
para se fazer a Oração Mental proposta por Santo Afonso!

Meditação para o Domingo da Ressurreição do Senhor

Haec dies quam fecit Dominus: exultemus et laetemur in ea – “Este é o dia que fez o Senhor; regozijemo-nos e alegremo-nos nele” (Sl 117, 24)

Sumário. Façamos um ato de fé viva na ressurreição de Jesus Cristo; cheguemo-nos a Ele em espírito para Lhe beijar as chagas glorificadas, e regozijemo-nos com Ele por ter saído do sepulcro vencedor da morte e do inferno. Lembrando-nos em seguida que a ressurreição de Jesus é o penhor e a norma da nossa, avivemos nossa esperança, e ganhemos ânimo para suportar com paciência as tribulações da vida presente. Lembremo-nos, porém, que para ressuscitarmos gloriosamente com Jesus Cristo devemos primeiro morrer com Ele a todos os afetos terrestres. Continue reading

Older posts

© 2018 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑