Category: Breviário da Confiança (page 1 of 15)

E Eu tenho Maria!

Meditação para o Dia 26 de Maio

Conta-se, na história do processo da beatificação de São Francisco de Sales, que em Chablais, um moço possesso havia mais de cinco anos, foi levado ao sepulcro do grande santo. Ali, submetido a um grande interrogatório, o demônio, furioso, uivava desesperado, e não deixava a sua pobre vítima. Então, a venerável Madre de Chaugy exclamou, com a sua proverbial e edificante piedade:

“Ó Santa Mãe de Deus, rogai por nós! Maria, Mãe de Jesus, ajudai-nos!”

Continue reading

Agora e na Hora de nossa Morte!

Meditação para o Dia 25 de Maio

A mãe não assiste indiferente à agonia de um filho. Nossa Senhora, a melhor e mais santa e perfeita das mães, há de ser indiferente para conosco nos últimos e terríveis momentos de nossa vida? São João de Deus, nas lutas de uma agonia dolorosa, queixou-se à Virgem Santíssima:

“Ó minha Mãe, não Vos sinto ao meu lado para amparar-me!”

– “Oh! Meu filho, responde Maria, não é meu costume abandonar, em tal hora, os meus servos fiéis. Quem todos os dias repetiu na “Ave-Maria”: Rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte, poderá morrer sem a proteção da Mãe de Deus?”

Continue reading

Auxílio dos Cristãos

Meditação para o Dia 24 de Maio

Em nossa fraqueza, na miséria desta vida, precisamos de poderoso auxílio para as lutas pela salvação eterna. O título confortador de “Auxílio dos Cristãos” nos enche de confiança. Na batalha de Lepanto, enquanto as hostes cristãs davam combate aos inimigos da cruz, Pio V suscita a Cristandade a orar e entregar a Nossa Senhora a causa da Igreja e da civilização. E a vitória foi brilhante. Mais duros são os combates de nossa alma, vítima dos assaltos de mil tentações, reveses e dores cruéis. Continue reading

Direito de Confiar

Meditação para o Dia 23 de Maio

O Profeta Davi cantou ao Senhor:

Propilieris peccato meo, mullum est enim – “Usarás de indulgência para com meu pecado,pois ele é grande”

Pois não deveria dizer ele o contrário? Observa um comentador das Escrituras. Se é grande o pecado, como há de ser isso motivo de perdão? Mas é que a Misericórdia se exercita e brilha tanto mais, quanto maior for a miséria. A minha miséria me confere um direito, e direito sagrado: o de confiar na Misericórdia. Continue reading

O Menino do Sim

Meditação para o Dia 22 de Maio

Guido de Fontgallant é o modelo mais tocante para a nossa confiança e terno amor filial a Nossa Senhora. Aos 22 de maio fez a sua Primeira Comunhão. Jesus pediu-lhe um “sim” generoso e heroico, o sacrifício do seu ideal de sacerdócio e da vida. Na gruta de Lourdes, ouve o chamado de Nossa Senhora:

“Meu querido Guido, eu te virei buscar logo. Será num sábado. Arrebatar-te-ei dos braços de tua mamãe para te levar direitinho ao Céu”

Continue reading

Confiança em Maria

Meditação para o Dia 21 de Maio

Estejamos confiantes, sempre confiantes, quando invocarmos a Maria.

“Ó Virgem fidelíssima – diz Santo Efrém – não temos, nem podemos ter confiança senão em Vós. Se nos abandonardes, que será de nós?”

E São Germano põe as seguintes palavras nos lábios de Nossa Senhora:

“Eu sou o grande hospital para os enfermos do pecado. Sou a fonte perene da saúde, a ruína do demônio, cidade do refúgio para os que a mim recorrem. Chegai-vos, hauri em mim, com fé, toda abundância das graças”

Continue reading

Ela Perdeu Mais!

Meditação para o Dia 20 de Maio

Quando sentimos o coração imerso num oceano de amarguras, cruentamente ferido pela saudade de um ente desaparecido, precisamos contemplar Nossa Senhora ao pé da cruz. É junto Dela, a consoladora dos aflitos, que encontraremos consolação. Continue reading

A Esperança dos Desesperados

Meditação para o Dia 19 de Maio

“É Maria Santíssima a esperança até dos desesperados” disse Santo Anselmo. Quem a Ela se entregou não se há de perder. Confiança! “O servo de Maria não pode perecer”, exclama São Bernardo.

Nunca se ouviu dizer que quem recorreu à sua proteção fosse por Ela desamparado. Continue reading

Causa da Nossa Alegria

Meditação para o Dia 18 de Maio

Alegremo-nos, sim, mas em Deus, como Nossa Senhora.

Et exultavit spiritus meus in Deo salutari meo – “E me alegrei em Deus, meu Salvador” (1)

O Apóstolo nos aconselha a alegria santa, no Senhor. É a alegria que nos vem da meditação da misericórdia Divina, do Céu que esperamos, das magníficas recompensas que Nosso Senhor reserva aos eleitos. É a única verdadeira alegria que podemos gozar neste vale de lágrimas em que vivemos. Continue reading

Ao Despertar

Meditação para o Dia 17 de Maio

O primeiro pensamento que ordinariamente nos assalta, pela manhã, ao despertar, é, o que nos possa estar reservado, no correr do dia, de alegrias ou de trabalhos e cruzes. Quando o peso da vida se nos faz sentir quase esmagador, basta esse pensamento para nos amargurar o coração.

Coragem, almas cristãs! Nosso Senhor não nos manda carregar a cruz de cada dia e segui-Lo? Continue reading

Older posts

© 2018 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑