Tag: transfiguração (Page 1 of 2)

Lições de Humildade e de Abnegação no Tabor

Meditação para o Sábado da Segunda Semana da Quaresma. Lições de Humildade e de Abnegação no Tabor

Meditação para o Sábado da Segunda Semana da Quaresma

SUMARIO

Terminaremos as nossas meditações sobre a Transfiguração, considerando:

1.° A profunda humildade que este mistério faz sobressair em Jesus Cristo;

2.° O desapego universal que este mesmo mistério revela nos Apóstolos.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De nos afeiçoarmos só a Deus, sem nada mais desejarmos;

2.° De nunca dizermos nem fazermos coisa alguma por amor-próprio ou em atenção à criatura.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra de São Paulo:

“Jesus Cristo é tudo” – Omnia… Christus (Col 3, 11)

Continue reading

Santos desejos do Céu

Meditação para a Quarta-feira da Segunda Semana da Quaresma. Santos desejos do Céu

Meditação para a Quarta-feira da Segunda Semana da Quaresma

SUMARIO

Consideraremos na nossa meditação:

1.° Que o mistério da transfiguração deve incutir-nos santos desejos do céu;

2.° Que estes santos desejos são muito úteis à alma.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De nos desapegarmos da terra, e de não amarmos senão as coisas do céu;

2.° De concebermos multas vezes santos desejos por forma de orações jaculatórias.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra de São Bernardo:

“Quão formosa és, pátria minha! Quão formosa és!” – Quam pulchra es, patria mea, quam pulchra es!

Continue reading

Grandezas de Jesus revelada no Tabor

Meditação para a Terça-feira da Segunda Semana da Quaresma

SUMARIO

O mistério da transfiguração, que meditamos esta semana, faz sobressair admiravelmente três belas verdades:

1.° As grandezas de Jesus Cristo;

2.° O poder da Sua mediação;

3.° A autoridade dos Seus ensinos.

— Depois destas considerações, tornaremos a resolução:

1.° De conservarmos em nós um grande respeito para com Jesus Cristo, e uma grande confiança na  Sua mediação;

2.° De imitarmos Jesus Cristo e de obedecermos às Suas inspirações.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra do Evangelho:

“Este é aquele meu querido Filho, em quem tenho posto toda a minha complacência; ouvi-o” – Illic est Filius meus dilectus, in quo mihi bene complacui: ipsum audite (Mt 17, 5)

Continue reading

Homilia para o II Domingo da Quaresma – Ano C

Dom Henrique Soares da Costa

Por Dom Henrique Soares da Costa

Gn 15,5-12.17-18
Sl 26
Fl 3,17 – 4,1
Lc 9,28b-26

Antes de tudo, duas observações:

(1) A Palavra de Deus, neste Domingo, apresenta-nos um contraste muito forte entre escuridão e luz: escuridão da noite do Pai Abraão e luz do Cristo transfigurado;

(2) Chama atenção, num tempo tão austero como a Quaresma um evangelho tão esfuziante como o da Transfiguração.

Não cairia melhor na Páscoa, este texto? Por que a Igreja o coloca aqui, no início do tempo quaresmal? Continue reading

A Transfiguração

Meditação para o Segundo Domingo da Quaresma. A Transfiguração

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus 17, 1

Seis dias depois, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e seu irmão João, e levou-os, só a eles, a um alto monte. Transfigurou-se diante deles: o seu rosto resplandeceu como o Sol, e as suas vestes tornaram-se brancas como a luz. Nisto, apareceram Moisés e Elias a conversar com Ele. Tomando a palavra, Pedro disse a Jesus: «Senhor, é bom estarmos aqui; se quiseres, farei aqui três tendas: uma para ti, uma para Moisés e outra para Elias.» Ainda ele estava a falar, quando uma nuvem luminosa os cobriu com a sua sombra, e uma voz dizia da nuvem: «Este é o meu Filho muito amado, no qual pus todo o meu agrado. Escutai-o.»

Ao ouvirem isto, os discípulos caíram com a face por terra, muito assustados. Aproximando-se deles, Jesus tocou-lhes, dizendo: «Levantai-vos e não tenhais medo.» Erguendo os olhos, os discípulos apenas viram Jesus e mais ninguém.

Enquanto desciam do monte, Jesus ordenou-lhes: «Não conteis a ninguém o que acabastes de ver, até que o Filho do Homem ressuscite dos mortos.»

Continue reading

Meditação para o II Domingo da Quaresma

Dom Henrique Soares da Costa
Surpreende-nos, caríssimos, que neste tempo quaresmal, de tanta sobriedade, a Mãe católica nos coloque diante dos olhos Jesus transfigurado. Não seria mais adequado este texto num dos domingos da Páscoa? Cabe tanta glória, tanta luz, tanto esplendor, neste tempo de oração, penitência, esmola e combate espiritual? Mas, não duvidemos: a Igreja tem seus motivos; motivos sábios, motivos de mãe que educa com carinho.

Primeiramente, a glória de Jesus no Tabor, antegozo da Sua Ressurreição, anima-nos e alenta-nos neste caminho quaresmal. Ao nos falar da oração, da penitência, da esmola, ao os exortar ao combate aos vícios e à leitura espiritual, a Igreja, fazendo-nos contemplar o Transfigurado, revela-nos qual o objetivo da Quaresma: encontrar o Cristo cheio de glória e, com Ele, sermos glorificados. Continue reading

Refúgio só em Jesus

Meditação para o Dia 12 de Novembro

1. Ouvindo os apóstolos, na transfiguração de Jesus, a voz do Pai Eterno, “caíram de bruços e tiveram grande medo. Porém, chegou-se Jesus e lhes tocou e lhes disse: Levantai-vos e não temais”. Era natural o susto dos apóstolos, tanto pelos fatos que presenciaram, quanto pela confirmação de seu receio de ter o seu mestre de sofrer e de morrer. Não te faltarão horas de desgosto; nada, porém, terás de recear, se te refugiares em Jesus. É o vencedor sobre inferno e morte; é todo poderoso, todo clemente, todo bom. Continue reading

Os Apóstolos na Transfiguração de Jesus

Meditação para o Dia 11 de Novembro

1. Entusiasmado pela transfiguração, São Pedro disse:

“Senhor, bom é que estejamos aqui; se queres, façamos aqui três tabernáculos, um para ti, outro para Moisés e outro para Elias”

Não procedes, muitas vezes, como o apóstolo? Consolado por Deus, tudo julgas possível; na noite da tentação e do desamparo, porém, te tornas tímido como o apóstolo na Paixão de Jesus, a quem só seguiu de longe e a quem até negou. A virtude não consiste em consolações, mas na luta contra o mal e na prática constante do bem. Continue reading

A Transfiguração de Jesus

Meditação para o Dia 10 de Novembro

1. a) Em alto monte Jesus transfigurou-se diante de São Pedro, Tiago e João. Os mesmos que tinham que vê-Lo depois em Sua humilhação, viram-no agora em Sua glória, sendo assim confirmados na fé. Os demais apóstolos não murmuraram contra a preferência dos três. Segues este exemplo ao notares em outros mais ricos dons corporais e espirituais?

b) A transfiguração não se deu em centro populoso. Assim encontrarás graças maiores só quando te afastares do mundo e de seus cuidados, concentrando-te em ti e meditando sobre o estado de tua alma e as providências a tomar. Continue reading

Transfiguração de Jesus

Meditação para o Dia 06 de Agosto

1. O Evangelho apresenta hoje a maravilhosa cena da transfiguração de Jesus no monte Tabor. O rosto do Messias, transfigurado de todo, resplandecia como o sol, difundindo para toda parte raios de intensa luz; suas próprias vestes eram brancas como a neve. Os três apóstolos que Jesus tinha levado consigo eram os que mais se distinguiam: São Pedro, de fé inabalável; São Tiago, quem primeiro morreu mártir por Jesus; São João, o virginal. Estes três discípulos mostram o que precisas para ser glorificado com Jesus: crer como São Pedro, sorver o cálice do sofrimento como São Tiago, ser casto como São João. Tens estas virtudes? Continue reading

« Older posts

© 2021 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑