Tag: tentações

Eu Sou o Bom Pastor

Meditação para o Dia 14 de Junho

“Eu sou o Bom Pastor. O bom pastor dá a vida pelas suas ovelhas; porém, o mercenário, o que não é pastor, de quem as ovelhas não são próprias, quando vê vir o lobo, deixa as ovelhas e foge, e o lobo arrebata e dispersa as ovelhas. Mas o mercenário foge, porque é mercenário e não lhe importam as ovelhas. Eu sou o Bom Pastor e conheço as minhas ovelhas, e as minhas ovelhas me conhecem, assim como o Pai Me conhece e Eu conheço a Meu Pai, e Eu dou a Minha vida pelas minhas ovelhas” (1)

Continue reading

Modo de Fortificar o Coração contra as Tentações

Parte IV
Capítulo X

Considera de tempos em tempos que as paixões costumam mostrar-se principalmente em teu coração e, tendo-as conhecido, trata de estabelecer para ti normas de vida que lhes sejam inteiramente contrárias em pensamentos, palavras e obras. Por exemplo, se é a vaidade, pensa muitas vezes quantas misérias tem a vida humana, quanto sofrerá a tua consciência na hora da morte, por causa dessas vaidades, quanto são indignas dum coração generoso, devendo ser consideradas como brinquedos de criança.

Fala muitas vezes contra a vaidade e, embora te pareça que o fazes constrangida, não deixes de falar dela com desprezo, porque, a força de falar contra uma coisa, acabamos por odiá-la, embora a estimássemos muito a princípio; deste modo te obrigarás, mesmo em razão de tua honra, a tomar um partido contrário a vaidade. Continue reading

Meios contra as Pequenas Tentações

Parte IV
Capítulo IX

Quanto a essas tentações miúdas de vaidade, de suspeitas, de desgosto, de ciúmes, de inveja, de amizades sensuais e outras semelhantes tolices que, como moscas e mosquitos, vem passar por diante de nossa vista, e agora picam-nos a face, logo mais o nariz, a melhor maneira de lhes resistir, já que é de todo impossível ficar livre dessa importunação, é não nos apoquentarmos com elas. Nada disso nos pode prejudicar, embora nos aborreça, uma vez que estejamos firmes na vontade de servir a Deus.

Despreza, pois, Filotéia, esses ligeiros ataques do inimigo e não penses mais neles, assim como nas moscas que deixas voar e voltejar ao redor de ti. E, quando os sentires, contenta-te simplesmente de repeli-los ocupando-te interior ou exteriormente com alguma coisa boa e especialmente com o amor de Deus. Continue reading

É preciso Resistir às Pequenas Tentações

Parte IV
Capítulo VIII

Ainda que tenhamos que combater contra as grandes tentações com ânimo inquebrantável e a vitória nos seja de suma utilidade, é todavia ainda mais útil combater as pequenas, cuja vitória por causa de seu número pode trazer tanta vantagem como a daqueles que venceram felizmente grandes tentações. Os lobos e os ursos são certamente mais para temer do que as moscas; as moscas, porém, são mais importunas e, experimentam mais a nossa paciência. É fácil não cometer um homicídio; mas é difícil repelir continuamente os pequenos ímpetos da cólera, que se oferecem em todas as ocasiões. É fácil a um homem ou a uma mulher não cometer adultério; mas não há igual facilidade em assim conservar a pureza dos olhos, não dizer ou ouvir com prazer nada daquilo que se chama adulações, galanteios, não dar nem receber amor ou pequeninas provas de amizade. Continue reading

Meios contra as Grandes Tentações

Parte IV
Capítulo VII

Logo que notes uma tentação, imita as criancinhas que, vendo um lobo ou um urso, se lançam ao seio do pai e da mãe ou ao menos os chamam em seu socorro. Recorre assim a Deus e implora o socorro de sua misericórdia: este é o meio que Nosso Senhor mesmo nos indica nas palavras:

Orai, para não caírdes em tentação.

Se a tentação continua e se torna mais forte, abraça em espírito a santa cruz, como se estivesses vendo Jesus Cristo diante de ti; protesta- lhe que não hás de consentir; suplica-lhe que te defenda do inimigo e continua renovando esses protestos e súplicas até que passe a tentação.

Fazendo esses protestos, não penses tanto na tentação mesma, mas olha unicamente para Jesus Cristo; porque, detendo com ele o teu espírito, poderia facilmente, se é forte, arrebatar o teu coração. Dá, pois, uma outra direção aos teus pensamentos, ocupando-te com alguma reflexão boa e louvável, que poderá também extinguir todo o deleite da tentação, pela posse que tomará de teu coração. Continue reading

Tentações

Meditação para o Dia 29 de Março

Entre as provações das almas generosas, as tentações são das mais duras, constituindo verdadeiro martírio. Elas são variadas e terríveis. E mais hoje do que em tempo algum. Tentações contra a fé, produzidas pelo demônio ou sugeridos pela atmosfera materialista que nos cerca, tentações contra a esperança, tentações de desânimo. Tentações contra a caridade. Que luta, meu Deus! O Inferno parece, às vezes, todo contra nós!… Dolorosas provas! Como vencê-las? Quando a veemência da tentação nos assalta, é imperiosa, domina-nos, fazendo-nos sentir como que abandonados do Céu! Continue reading

Jesus é Tentado

Meditação para o Dia 12 de Setembro

1. O demônio, aproveitando a fome de Jesus, após seu jejum de quarenta dias, tentou-o para que convertesse pedras em pão; mas Jesus replicou com as palavras da Santa Escritura:

“Não só de pão vive o homem, mas de toda a palavra que sai de Deus”

Também tu nunca viverás no rigor da palavra, se não procurares ter relações íntimas com Deus. Bens terrenos jamais matarão a sede de felicidade que sente o coração, nem consolarão nas horas de dor e menos ainda afastarão o sofrimento e a morte. Aprecias devidamente a palavra de Deus, a propagação de seu reino e a salvação de tua alma? Ou preferes a tudo isso gozos da terra? Continue reading

O filho do régulo e a utilidade das doenças

Segundo Milagre de Jesus na Galileia: Cura do Filho de um Funcionário Real

20º Domingo depois de Pentecostes

Credidit ipse et domus eius tota – “Creu ele e toda a sua família” (Jo 4, 53)

Sumário. Em nossas tribulações não nos é proibido pedirmos a Deus que nos livre delas; mas é necessário que nos conformemos com a sua vontade. Estejamos certos de que Deus não nos envia as cruzes para nossa perdição, mas para nossa salvação e para nos comunicar as suas graças. Vede o bom régulo de quem nos fala o Evangelho. Talvez nunca tivesse pensado em ser discípulo de Jesus Cristo; mas o Senhor atraiu-o a si por meio da enfermidade do filho, e comunica-lhe, a ele e a toda a família, o mais precioso de seus dons, a fé. Continue reading

© 2022 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑