Meditação para o Dia 10 de Outubro

Caímos outra vez! Mais um pecado grave… Ou a miséria de uma falta humilhante! Até quando, meu Deus?! … E quase desesperados nos revoltamos contra nós mesmos, num arrependimento agitado, amargo, impetuoso. Não devemos proceder assim. Precisamos ter paciência. Fomos traídos pelo coração ingrato e mau. Não o irritemos ainda mais. Quando alguém se fere não deve arranhar, irritado, a ferida, mas pensá-la cuidadosamente e acalmar-se. Continue reading