Tag: quaresma (page 1 of 15)

O Cristão vive do Espírito e no Espírito

Dom Henrique Soares da Costa

Meditação XI – Terça-feira da II semana da Quaresma

Por Dom Henrique Soares da Costa

Reze o 118/119, 81-88:

81A minha alma espera na tua salvação:
confio na tua palavra.
82Os meus olhos suspiram pelo cumprimento da tua promessa:
«Quando virás consolar-me?»
83Estou como um odre exposto ao fumo,
mas não me esqueci dos teus preceitos.
84Quantos dias restarão ao teu servo?
Quando condenarás os que me perseguem?
85Os orgulhosos, que não obedecem à tua lei,
abriram covas para mim.
86Todos os teus mandamentos são verdadeiros;
ajuda-me contra os que me perseguem à traição.
87Por pouco não me eliminaram desta terra,
mas nunca reneguei os teus preceitos.
88Dá-me a vida, segundo a tua bondade,
e cumprirei as ordens da tua boca.

Leitura da Carta de São Paulo aos Gálatas 3, 5-6:

5Aquele que vos concede o Espírito e opera milagres entre vós, será, pois, que o faz pelas obras da Lei ou pela pregação da fé?

6Assim foi com Abraão: teve fé em Deus e isso foi-lhe atribuído à conta de justiça.

Continue reading

Os traços de Jesus Cristo Crucificado

Dom Henrique Soares da Costa

Meditação X – Segunda-feira da II semana da Quaresma

Por Dom Henrique Soares da Costa

Reze o 118/119, 73-80:

73As tuas mãos me criaram e formaram;
dá-me inteligência para aprender os teus mandamentos.
74Ao verem-me, os teus fiéis hão-de alegrar-se,
porque assentei a minha esperança na tua palavra.
75SENHOR, eu sei que as tuas sentenças são justas
e que me castigaste para meu proveito.
76Que a tua bondade me sirva de conforto,
conforme o que prometeste ao teu servo.
77Mostra-me a tua misericórdia e viverei,
porque a tua lei faz as minhas delícias.
78Sejam confundidos os insolentes,
que injustamente me torturam,
a mim que medito nos teus preceitos.
79Unam-se a mim os que te obedecem
e conheçam os teus preceitos.
80Que o meu coração obedeça às tuas leis,
para não ter de que me envergonhar.

Releia a exortação queixosa de São Paulo em Gl 3, 1. Releia novamente!

1Oh Gálatas insensatos! Quem vos enfeitiçou, a vós, a cujos olhos foi exposto Jesus Cristo crucificado?

Continue reading

Homilia para o II Domingo da Quaresma – Ano C

Dom Henrique Soares da Costa

Por Dom Henrique Soares da Costa

Gn 15,5-12.17-18
Sl 26
Fl 3,17 – 4,1
Lc 9,28b-26

Antes de tudo, duas observações:

(1) A Palavra de Deus, neste Domingo, apresenta-nos um contraste muito forte entre escuridão e luz: escuridão da noite do Pai Abraão e luz do Cristo transfigurado;

(2) Chama atenção, num tempo tão austero como a Quaresma um evangelho tão esfuziante como o da Transfiguração.

Não cairia melhor na Páscoa, este texto? Por que a Igreja o coloca aqui, no início do tempo quaresmal? Continue reading

A Transfiguração

Meditação para o Segundo Domingo da Quaresma. A Transfiguração

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus 17, 1

Seis dias depois, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e seu irmão João, e levou-os, só a eles, a um alto monte. Transfigurou-se diante deles: o seu rosto resplandeceu como o Sol, e as suas vestes tornaram-se brancas como a luz. Nisto, apareceram Moisés e Elias a conversar com Ele. Tomando a palavra, Pedro disse a Jesus: «Senhor, é bom estarmos aqui; se quiseres, farei aqui três tendas: uma para ti, uma para Moisés e outra para Elias.» Ainda ele estava a falar, quando uma nuvem luminosa os cobriu com a sua sombra, e uma voz dizia da nuvem: «Este é o meu Filho muito amado, no qual pus todo o meu agrado. Escutai-o.»

Ao ouvirem isto, os discípulos caíram com a face por terra, muito assustados. Aproximando-se deles, Jesus tocou-lhes, dizendo: «Levantai-vos e não tenhais medo.» Erguendo os olhos, os discípulos apenas viram Jesus e mais ninguém.

Enquanto desciam do monte, Jesus ordenou-lhes: «Não conteis a ninguém o que acabastes de ver, até que o Filho do Homem ressuscite dos mortos.»

Continue reading

“Insensatos!”

Dom Henrique Soares da Costa

Meditação IX – Sábado da I semana da Quaresma

Por Dom Henrique Soares da Costa

Reze o 118/119, 65-72:

65Trataste com bondade o teu servo,
segundo a tua palavra, SENHOR.
66Dá-me sabedoria e conhecimento,
pois confio nos teus mandamentos.
67Antes de me teres humilhado, eu pecava;
mas, agora, cumpro a tua palavra.
68Tu és bom e generoso;
ensina-me as tuas leis.
69Os soberbos forjam mentiras contra mim,
mas eu cumpro as tuas instruções de todo o coração.
70O seu coração tornou-se insensível,
mas eu deleito-me na tua lei.
71Foi bom para mim ter sido castigado,
pois assim aprendi os teus decretos.
72Prezo mais a lei da tua boca
do que milhões em ouro e prata.

Leitura da Epístola de São Paulo aos Gálatas 3, 1-5:

1Oh Gálatas insensatos! Quem vos enfeitiçou, a vós, a cujos olhos foi exposto Jesus Cristo crucificado? 2Só isto quero saber de vós: foi pelas obras da Lei que recebestes o Espírito ou pela pregação da fé? 3Sois tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, quereis agora, pela carne, chegar à perfeição?

4Foi em vão que experimentastes coisas tão grandiosas? Se é que foi mesmo em vão! 5Aquele que vos concede o Espírito e opera milagres entre vós, será, pois, que o faz pelas obras da Lei ou pela pregação da fé?

Continue reading

Viver imerso, incorporado, mergulhado em Cristo Jesus

Dom Henrique Soares da Costa

Meditação VIII – Sexta-feira da I semana da Quaresma

Por Dom Henrique Soares da Costa

Reze o 118/119, 57-64:

57SENHOR, eu disse: «A herança que me toca
é pôr em prática as tuas ordens.»
58De todo o coração imploro:
tem piedade de mim, segundo a tua promessa!
59Reflecti sobre os meus caminhos
e voltei a obedecer aos teus preceitos.
60Apressei-me e não demorei
em cumprir os teus mandamentos.
61Cercaram-me os laços dos ímpios,
mas não me esqueci da tua lei.
62A meio da noite levanto-me para te louvar,
por causa das tuas justas sentenças.
63Sou amigo de todos os que te obedecem
e cumprem as tuas ordens.
64SENHOR, a terra está cheia da tua bondade;
ensina-me as tuas leis.

Agora leia mais uma vez, com atenção, como se fosse a primeira vez a Epístola de São Paulo aos Gálatas 2, 15-21:

15Nós, por nascimento, somos judeus, e não pecadores de entre os gentios. 16Sabemos, porém, que o homem não é justificado pelas obras da Lei, mas unicamente pela fé em Jesus Cristo; por isso, também nós acreditámos em Cristo Jesus, para sermos justificados pela fé em Cristo e não pelas obras da Lei; porque pelas obras da Lei nenhuma criatura será justificada. 17Mas se, ao procurarmos ser justificados pela fé em Cristo, fomos também nós achados como pecadores, não será Cristo um servidor do pecado? De maneira nenhuma! 18Se, com efeito, aquilo que eu tinha destruído, o volto a construir, sou eu que a mim próprio me apresento como transgressor.

19É que eu pela Lei morri para a Lei, a fim de viver para Deus. Estou crucificado com Cristo. 20Já não sou eu que vivo, mas é Cristo que vive em mim. E a vida que agora tenho na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus que me amou e a si mesmo se entregou por mim. 21Não rejeito a graça de Deus; porque, se a justiça viesse pela Lei, então teria sido inútil a morte de Cristo.

Continue reading

Devoção aos Cravos e à Lança da Paixão

Meditação para a Sexta-feira da Primeira Semana da Quaresma. Devoção aos Cravos e à Lança da Paixão

Meditação para a Sexta-feira da Primeira Semana da Quaresma

SUMARIO

Em conformidade com a liturgia romana, meditaremos:

1.° Nos cravos que fixaram Jesus na cruz;

2.° Na lança que abriu o Seu sagrado lado.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De fazermos frequentes atos de amor para com Jesus Crucificado, e de não Lhe recusarmos nenhum sacrifício;

2.° De nos excitarmos a este amor, beijando muitas vezes os pés, as mãos e o sagrado lado do nosso crucifixo, que nos recordam as chagas feitas pelos cravos e pela lança no corpo do Salvador.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra de São Paulo:

“A caridade de Jesus Cristo nos constrange” – Caritas Christus urget (2Cor 5, 14)

Continue reading

Uma Aliança nova e eterna

Dom Henrique Soares da Costa

Meditação VII – Quinta-feira da I semana da Quaresma

Por Dom Henrique Soares da Costa

Reze o 118/119, 49-56:

49Lembra-te da palavra que deste ao teu servo,
pois nela me fizeste colocar a minha esperança.
50É esta a consolação na minha angústia:
que a tua palavra me dê vida!
51Os soberbos zombaram de mim,
mas não me afastei da tua lei.
52Recordo-me dos teus decretos de outrora;
neles encontro consolação, ó SENHOR.
53Fico indignado à vista dos ímpios,
que rejeitam a tua lei.
54Os teus preceitos são o motivo dos meus cânticos
na terra do meu peregrinar.
55Durante a noite lembro-me do teu nome, SENHOR,
e penso muito na tua lei.
56Só isto conta para mim:
obedecer às tuas instruções!

Leitura da Epístola de São Paulo aos Gálatas 2, 15-21:

15Nós, por nascimento, somos judeus, e não pecadores de entre os gentios. 16Sabemos, porém, que o homem não é justificado pelas obras da Lei, mas unicamente pela fé em Jesus Cristo; por isso, também nós acreditámos em Cristo Jesus, para sermos justificados pela fé em Cristo e não pelas obras da Lei; porque pelas obras da Lei nenhuma criatura será justificada. 17Mas se, ao procurarmos ser justificados pela fé em Cristo, fomos também nós achados como pecadores, não será Cristo um servidor do pecado? De maneira nenhuma! 18Se, com efeito, aquilo que eu tinha destruído, o volto a construir, sou eu que a mim próprio me apresento como transgressor.

19É que eu pela Lei morri para a Lei, a fim de viver para Deus. Estou crucificado com Cristo. 20Já não sou eu que vivo, mas é Cristo que vive em mim. E a vida que agora tenho na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus que me amou e a si mesmo se entregou por mim. 21Não rejeito a graça de Deus; porque, se a justiça viesse pela Lei, então teria sido inútil a morte de Cristo.

Continue reading

Maneira de fazer o Exame de Consciência

Meditação para a Quinta-feira da Primeira Semana da Quaresma. Maneira de fazer o Exame de Consciência

Meditação para a Quinta-feira da Primeira Semana da Quaresma

SUMARIO

Meditaremos na maneira de fazer o exame de consciência, e veremos:

1.° Os caracteres deste exame;

2.° Os atos que devem acompanhá-lo.

— Tomaremos depois a resolução:

1.º De observarmos no nosso exame as regras indicadas pelos santos;

2.º De o fazermos com uma sincera dor das nossas culpas e com um firme propósito de emenda.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra do santo rei Ezequias:

“Repassarei diante de vós pela memória toda a minha vida com amargura da minha alma” – Recogitabo tibi omnes annos meos in amaritudine animae meae (Is 28, 15)

Continue reading

A Igreja é comunhão no Espírito de Cristo

Dom Henrique Soares da Costa

Meditação VI – I Quarta-feira da Quaresma

Por Dom Henrique Soares da Costa

Reze o 118/119, 41-48:

41Desça sobre mim, SENHOR, a tua bondade;
salva-me, segundo a tua promessa!
42Darei, então, resposta aos que me insultam,
porque confio na tua palavra.
43Não me tires da boca a palavra da verdade,
porque pus a minha esperança nas tuas sentenças.
44Assim, cumprirei continuamente a tua lei,
para todo o sempre.
45Andarei seguro no meu caminho,
porque busquei as tuas instruções.
46Diante dos reis falarei dos teus preceitos
e ninguém me há-de envergonhar.
47Deleito-me nos teus mandamentos,
que muito amo.
48Levanto as mãos para os teus mandamentos
e meditarei nas tuas leis.

Leitura da Epístola de São Paulo aos Gálatas 2, 11-14:

11Mas, quando Cefas veio para Antioquia, opus-me frontalmente a ele, porque estava a comportar-se de modo condenável. 12Com efeito, antes de terem chegado umas pessoas da parte de Tiago, ele comia juntamente com os gentios. Mas, quando elas chegaram, Pedro retirava-se e separava-se, com medo dos partidários da circuncisão. 13E com ele também os outros judeus agiram hipocritamente, de tal modo que até Barnabé foi arrastado pela hipocrisia deles.

14Mas, quando vi que não procediam correctamente, de acordo com a verdade do Evangelho, disse a Cefas diante de todos: «Se tu, sendo judeu, vives segundo os costumes gentios e não judaicos, como te atreves a forçar os gentios a viver como judeus?»

Continue reading

« Older posts

© 2019 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑