Tag: imaginação

Quarto remédio para os extravios da Imaginação

Meditação para a Décima Sétima Quarta-feira depois de Pentecostes. Quarto remédio para os extravios da Imaginação

Meditação para a Décima Sétima Quarta-feira depois de Pentecostes

SUMARIO

Meditaremos sobre o quarto remédio que devemos opor aos extravios da imaginação, que consiste em uma diversão:

1.° Pronta;

2.º Humilde;

3.° Pacifica.

– Tomaremos depois a resolução:

1.° De nunca nos desconsolarmos, quaisquer que sejam as divagações da nossa imaginação, e de termos sempre paciência e ânimo;

2.° De-lhes opormos constantemente uma diversão pronta, humilde e pacifica.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra de Jó:

“Os meus pensamentos se desvaneceram, sendo verdugos do meu coração” – Cogitationes meae dissipatae sunt, torquentes cor (Jó 17, 11)

Continue reading

Dois outros remédios para os extravios da Imaginação

Meditação para a Décima Sétima Terça-feira depois de Pentecostes. Dois outros remédios para os extravios da Imaginação

Meditação para a Décima Sétima Terça-feira depois de Pentecostes

SUMARIO

Meditaremos sobre dois outros remédios que devemos opor aos extravios da imaginação, que consistem em corrigir:

1.° A frivolidade do espírito;

2.º As inclinações do coração.

— Tomaremos depois a resolução:

1.º De repelirmos todos os pensamentos inúteis, e de os substituirmos pelos doces pensamentos a respeito de Jesus Cristo e de seus mistérios;

2.° De nos desprendermos daquilo a que temos mais apego, a fim de evitar as preocupações que distraem a imaginação.

O nosso ramalhete-espiritual será a observação que os evangelistas fizeram acerca da Santíssima Virgem:

“Maria conservava todas as coisas edificantes que ouvia, conferindo lá no fundo do seu coração umas com, outras” – Maria conservabat omnia verba baec, conferens in corde suo (Lc 2, 19)

Continue reading

Primeiro remédio para os extravios da Imaginação

Meditação para a Décima Sétima Segunda-feira depois de Pentecostes. Primeiro remédio para os extravios da Imaginação

Meditação para a Décima Sétima Segunda-feira depois de Pentecostes

SUMARIO

Meditaremos sobre o primeiro remédio que se deve aplicar aos extravios da imaginação, o qual consiste em reprimir o desejo de ver, de conhecer e de ouvir tudo. Para nos decidirmos a isto, provaremos:

1.° A influência da curiosidade sobre os extravios da imaginação;

2.° A necessidade e a maneira de a corrigir.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De sermos mais modestos nas vistas e mais reservados nas perguntas acerca do que não precisamos de saber;

2.° Se nos derem notícias sem as pedirmos, e as recebermos com moderação, quase com indiferença, sem essa avidez que perturba o interior.

O nosso ramalhete espiritual será o conselho do Espírito Santo:

“Tende cobro em vós, e ouvi com atenção o que vos disserem” – Cave tibi, et attende diligentur auditui tuo (Ecl 13, 16)

Continue reading

Mortificação da Imaginação

Meditação para o Décimo Sexta Sábado depois de Pentecostes. Mortificação da Imaginação

Meditação para o Décimo Sexto Sábado depois de Pentecostes

SUMARIO

Meditaremos sobre a mortificação da imaginação, e veremos:

1.° Que a nossa felicidade neste mundo depende do governo da nossa imaginação e da repressão de seus extravios;

2.° Que a nossa salvação eterna não depende disto menos.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De manhã, ao acordar, de ocuparmos o nosso espírito em santos pensamentos e o nosso coração em piedosos afetos, para evitar os extravios da imaginação;

2.° De nos recolhermos dentro em nós a diversas horas do dia, para ver se não cedemos à nossa imaginação, e renovar a resolução de a combater.

O nosso ramalhete espiritual será a palavra do Espírito Santo:

“Não ponhais o vosso coração nas vossas imaginações” – Ne dederis in illis (phantasis) cor tuum (Ecl 34, 6)

Continue reading

© 2019 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑