Tag: coração de Jesus (Page 1 of 2)

Apostolado Perpétuo do Coração de Jesus

Sagrado Coração de Jesus

Semper vivens ad interpelandum pro nobis — “Vivendo sempre para interceder por nós” (Hb 7, 25)

Sumário. O grande apostolado do Coração de Jesus se exerceu sobre a cruz, quando ofereceu por nós, a seu Pai, o seu sangue, a sua vida e os seus merecimentos. Mas o Coração de Jesus o exerce ainda continuamente sobre os nossos altares por meio da missa. Este apostolado redentor podemos exercê-lo com Jesus, quer celebrando, quer ouvindo a missa, unindo então as nossas intenções às intenções do seu adorável Coração. Ofereçamo-la ao Pai Eterno para nossa própria salvação e para a do próximo. Continue reading

O Coração de Jesus, modelo de Mansidão

Sagrado Coração de Jesus

Discite a me, quia mitis… sum corde — “Aprendei de mim, que sou manso… de coração” (Mt 11, 29)

Sumário. Um dos caracteres mais atrativos e especiais do Coração de Jesus é a virtude da mansidão. O nosso divino Redentor foi chamado Cordeiro, não somente por causa do sacrifício da cruz, em que devia ser imolado, mas ainda por causa da mansidão que mostrou durante toda a sua vida e particularmente no tempo da sua dolorosa Paixão. Ó! Quanto agrada ao Coração de Jesus um coração manso, que sabe suportar as afrontas I As suas orações são sempre agradáveis a Deus. Continue reading

Sobre a Devoção ao Sagrado Coração de Jesus

Ignem veni mittere in terram: et quid volo, nisi ut accendatur? — “Eu vim trazer fogo à terra, e que quero senão que ele se acenda?” (Lc 12, 49)

Sumário. A devoção entre todas as devoções a mais perfeita é o amor a Jesus Cristo, com a recordação frequente do amor que nos dedicou e ainda sempre dedica. Exatamente para se fazer amar, é que o Verbo Eterno quis que nestes últimos tempos se instituísse e propagasse a devoção ao seu Coração, com a promessa das graças mais assinaladas aos que a praticassem. Felizes se estivermos do número destes devotos. Podemos estar certos de que o divino Coração nos abençoará em tudo o que empreendermos, e em todas as ocorrências será o nosso seguro abrigo. Continue reading

Jesus Cristo ensina-nos a quê apegarmos o nosso coração

Meditação para a Segunda-feira da 2ª Semana depois da Epifania. Jesus Cristo ensina-nos a quê apegarmos o nosso coração

Meditação para a Segunda-feira da 2ª Semana depois da Epifania

SUMARIO

Depois de termos aprendido de Jesus nosso Mestre o uso que devemos fazer da nossa inteligencia, veremos o uso que devemos fazer do nosso coração. O seu coração ensina-nos que o nosso deve ser:

1.° Todo de Deus;

2.º Só de Deus.

— Tomaremos depois a resolução:

1.° De fazermos todas as nossas ações, pequenas e grandes, por amor de Deus, isto é, pelo só motivo de lhe agradar;

2.° De multiplicarmos o mais possível, de noite como de dia, os atos de amor, dizendo com o Salmista:

“Senhor, fazei que eu Vos ame” – Diligam te Domine (Sl 17, 1)

Ou com Santo Inácio:

“Dai-me o Vosso amor, e é quanto basta; nada mais desejo” – Da amorem, et sufficit

Estas duas aspirações nos servirão de ramalhete espiritual.
Continue reading

O Poder da Confiança

Meditação para o Dia 02 de Dezembro

A confiança tem um poder imenso sobre o Coração de Jesus. Nosso Senhor revelou a Santa Gertrudes que a confiança de uma alma faz tal violência ao Seu Coração, que Ele é forçado a favorecê-la em tudo. Era com uma certa liberdade que Santa Catarina de Sena orava ao Senhor, no excesso de uma grande confiança.

“Senhor, dizia ela uma vez – não me afastarei de junto de Vossos Pés, da Vossa Presença, enquanto a Vossa Bondade não me tiver concedido o que desejo, enquanto não Vos aprouver fazer o que Vos peço”

Continue reading

A Violência Misericordiosa de Jesus

Meditação para o Dia 13 de Outubro

É por determinação Divina que sofremos e que nos molesta a dor. Para nos salvar, violenta-nos assim a Misericórdia do Coração de Jesus. Oh! Como havemos de bendizer um dia, no Céu, essa Mão que nos feriu, que nos fez sofrer! E é por necessidade, em nosso benefício, que Nosso Senhor nos bate e nos fere. Para salvar o filhinho querido, Jesus, Médico Celeste, vê-se constrangido a lhe propinar medicamento amargo, a maltratar-lhe o corpo, a ferir-lhe a carne. Continue reading

Alavanca do Mundo

Meditação para o Dia 16 de Setembro

A alavanca do mundo é a oração, a oração confiante. Disse um sábio:

“Dai-me um ponto de apoio e levantarei o mundo. O que Arquimedes não pôde alcançar, foi plenamente alcançado pelos santos. O Todo Poderoso lhes deu um ponto de apoio: Ele próprio, e só Ele. Por alavanca, deu-lhes a oração, abrasada no fogo do Amor. E, assim providos, eles conseguiram levantar o mundo, do mesmo modo que os santos militantes o levantam hoje e continuarão a levantá-lo até a consumação dos séculos” (1)

Continue reading

Coração de Jesus, modelo de Humildade

Discite a me, quia… sum humilis corde — “Aprendei de mim, porque sou humilde de coração” (Mt 11, 29)

Sumário. Oh! Quanto é bela a alma ornada da virtude da humildade! O humilde de coração, diz São Paulino, torna-se o Coração de Jesus Cristo, porque a humildade nos une a este divino Coração. O Filho de Deus veio do céu para nos ensinar a humildade, não somente pelas Suas palavras, mas ainda pelo Seu exemplo. Santo Agostinho falando da humildade de Jesus, diz: Se tal remédio não nos cura do nosso orgulho, difícil será achar-se outro meio de nos livrarmos dele. Aprendamos, pois, de Jesus Cristo a ser humildes.
Continue reading

Refúgio Seguro

Meditação para o Dia 28 de Abril

Onde haverá um refúgio seguro para nossa pobre alma, quando abatida pelo sofrimento? E, nas tentações e perigos, onde nos abrigaremos? Santo Agostinho responde:

“Nas chagas de meu Jesus e, principalmente, na chaga do Seu coração”

São Boaventura estava bem certo de que as Santas Chagas de Nosso Senhor são o melhor refúgio na vida e na morte, quando dizia:

“Se eu nada mais puder fazer, meu Jesus, procurarei vossas chagas e aí permanecerei”

Continue reading

O Sagrado Coração, Reservatório de Graças

Haurietis aquas in gaudio de fontibus Salvatoris – “Tirareis com alegria águas das fontes do Salvador” (Is 12, 3)

Sumário. O Coração de Jesus é verdadeiramente o reservatório de todos os favores divinos. Podemos considerar quatro fontes no Coração de Jesus: a primeira de misericórdia; a segunda de paz e consolação; a terceira de devoção; e a quarta de amor. Aquele que vai haurir nestas felizes fontes que temos no Coração de Jesus terá sempre águas de alegria e de salvação. Se não recebeste, até agora, graças mais copiosas, é porque te descuidaste de vir tomá-las no Coração de Jesus.
Continue reading

« Older posts

© 2020 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑