Tag: confiança (page 1 of 3)

Refúgio só em Jesus

Meditação para o Dia 12 de Novembro

1. Ouvindo os apóstolos, na transfiguração de Jesus, a voz do Pai Eterno, “caíram de bruços e tiveram grande medo. Porém, chegou-se Jesus e lhes tocou e lhes disse: Levantai-vos e não temais”. Era natural o susto dos apóstolos, tanto pelos fatos que presenciaram, quanto pela confirmação de seu receio de ter o seu mestre de sofrer e de morrer. Não te faltarão horas de desgosto; nada, porém, terás de recear, se te refugiares em Jesus. É o vencedor sobre inferno e morte; é todo poderoso, todo clemente, todo bom. Continue a ler

Cura de um Cego fora de Betsaida

Meditação para o Dia 08 de Novembro

1. a) E vieram a Betsaida, e lhe trouxeram um cego, rogando-lhe que o tocasse. E, tomando o cego pela mão, o levou fora da aldeia“. Betsaida não mais merecia ser o cenário de um novo milagre, porque, apesar de numerosos milagres, não creu em Jesus. Daí a terrível palavra do Salvador:

“Ai de ti, Betsaida! Que, se em Tiro e Sidônia se tivessem feito as maravilhas que se fizeram em ti, muito tempo há que elas teriam feito penitência em cilício e em cinza”

Qual será tua responsabilidade, visto seres testemunha de inúmeros milagres?

b) Ainda assim, Jesus não se negou a fazer o bem e a curar, embora o fizesse fora da aldeia. Quanta bondade! Continue a ler

Fé e Confiança da Cananéia

Meditação para o Dia 05 de Novembro

1. E eis que uma mulher cananéia, saída daqueles confins, gritou, dizendo-lhe: Senhor, Filho de Davi, tem compaixão de mim; minha filha está muito atormentada de demônio. Mas Ele não lhe respondeu palavra“. Quanta fé numa pagã! Contenta-se em expor sua necessidade e segue a Jesus, apesar de ver-se repelida.

“Eu não fui enviado – diz Jesus – senão às ovelhas que se perderam da casa de Israel”

Mas ela veio e o adorou, dizendo:

“Senhor, valei-me”

Mostras igual fé e perseverança? Continue a ler

São Pedro por Cima das Águas

Meditação para o Dia 31 de Outubro

1. Os apóstolos, estando na barca, viram de repente Jesus, caminhando sobre o mar. São Pedro, por ardente amor, exclamou:

“Senhor, se és tu, manda-me que vá até onde tu estás, por cima das águas. Então Ele disse: Vem”

São Pedro foi, cheio de amor e de fé. Vindo, porém, um vento rijo, temeu e, começando a se submergir, exclamou, dizendo:

“Senhor, salva-me!”

Que repentina mudança! São Pedro, que nunca temia as ondas bravias, receia agora o vento! Como ele, talvez já venceste nas tentações os maiores perigos, caindo, de repente, por descuido. Pedes sempre humildemente, como o apóstolo: “Senhor, salvai-me”? Continue a ler

A Sorte dos Discípulos de Jesus

Meditação para o Dia 28 de Outubro

1. Vede que eu vos envio como ovelhas para o meio de lobos“. Sorte dura é a que Jesus predisse a seus apóstolos, querendo que cedo se preparassem a sofrer e que nas maiores perseguições nEle depositassem toda a sua confiança. Predisse-o também, para tirar aos inimigos toda a esperança de chegarem jamais a seus fins perversos. A sorte dos Apóstolos, mais ou menos, é a de todos aqueles que vivem segundo a doutrina por eles pregada. Será também a tua, mas não estranhes nem receies nada; Jesus, que tudo predisse, ajudará valiosamente. Continue a ler

Pedido e Cura do Leproso

Meditação para o Dia 20 de Outubro

1. E eis que, vindo um leproso a Ele, o adorava, dizendo: Se tu quiseres, Senhor, podes me sarar“. O leproso confessa a divindade de Jesus; não lhe diz: “se rogares por mim“, mas “se quiseres“. Todavia, não pede diretamente ser sarado, mas deixa-o à vontade de Jesus. Belo exemplo! Como procedes em tuas necessidades? Fazes atos de Fé e de Confiança em Deus onipotente, que pode dar e pode negar? Sujeitas-te e rezas como Jesus: “Não se faça a minha vontade, e sim a tua“? Continue a ler

É Bom estar com Jesus

Meditação para o Dia 05 de Outubro

1. Naquele tempo caminhou Jesus pelas searas em um sábado, e os seus discípulos, tendo fome, começaram a colher espigas e a comer“. Quão grande é a pobreza de Jesus e de seus discípulos! Nem possuem o necessário para saciar a sua fome. Tanto sofre por ti Jesus, teu Deus!… Os discípulos não se queixaram de tamanhas provações. Bastava-lhes a presença de Jesus, de que não queriam ser separados, ainda que tivessem de sofrer. E tu? Não O negas, não O deixas por qualquer bagatela? Ousas afirmar que, de fato, amas a Deus? Continue a ler

A Pesca Milagrosa dos Apóstolos

Meditação para o Dia 22 de Setembro

1. a) Faze-te ao largo, e deitai as vossas redes para pesca“. Jesus entrou na barca de São Pedro. Só ele é o chefe da Igreja; só a ele mandou ir ao largo, embora mandasse a todos deitarem as redes.

b)Mestre, trabalhando toda a noite, nenhuma coisa apanhamos: porém, sobre a tua palavra, deitarei a rede“. Sem Jesus, todo trabalho é sem fruto. Trabalhando só por tua glória ou pelo mundo, no fim nada terás; entretanto, é tão fácil valorizar tuas ações pela boa intenção! Continue a ler

A Fé Viva

Meditação para o Dia 03 de Agosto

1. Não é a mesma coisa crer e ter uma fé viva.

“O justo vive pela fé”

A fé viva compenetrar-te-á das verdades eternas, de modo que sirvam de norma a todo o teu proceder. Na tentação a fé viva te faz lembrar: Deus me vê; eu ofenderia a meu Pai, benfeitor e tudo? Eu me exporia ao perigo de cair no inferno? O mundo engana com promessas vãs; a fé avisa: Só o eterno tem valor. Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se vier a perder a alma? Tens esta fé realmente viva? Continue a ler

Deves Rezar Muito

Meditação para o Dia 03 de Junho

1. Para apreciares mais a oração, vê a grande necessidade que tens de rezar. Deves pedir que Deus te ilumine; que fortifique tua fraqueza; que te defenda de tua carne, do mundo, do demônio; que te ressuscite a uma vida espiritual mais vigorosa; que afaste de ti a indolência; que guarde o teu maior tesouro, que é a castidade; que te dê força contra o respeito humano; humildade no pensar, falar e proceder; que afaste de ti grandes tentações. Reza por ti, por teus pais e irmãos, e todos a quantos amas, pelos que carecem do auxílio divino, pelos vivos e defuntos. Não tens, pois, múltiplos motivos de rezar? Continue a ler

Artigos antigos

© 2017 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑