Tag: amor (page 1 of 16)

Exame do Estado da Alma para Consigo Mesma

Parte V
Capítulo V

1. Que amor tens para contigo mesma? Não te amas demasiadamente com amor mundano? Se é assim, desejarás ficar muito tempo no mundo e terás cuidado de estabelecer-te aí; mas, se é para o céu que te amas, terás grande desejo de deixar esta terra; ao menos te conformarás facilmente a deixá-la, quando for a vontade de Deus.

2. É bem regrado este amor para contigo mesma? O amor desregrado é, pois, a nossa própria ruína. Ora, o amor regrado quer que amemos mais a alma que o corpo, que tenhamos mais cuidado de adquirir virtudes do que tudo o mais e que estimemos mais a glória eterna do que as honras mundanas e passageiras. Um coração regrado diz muitas vezes a si mesmo:

Que dirão os anjos, se penso nisto- ou naquilo?

E não dirá:

Que dirão os homens?

Continue reading

Avisos para os Casados

Parte III
Capítulo XXXVIII

O casamento é um grande sacramento, eu digo em Jesus Cristo e na Sua Igreja é honroso para todos, em todos, e em tudo, isto é, em todas as suas partes. Para todos: porque as próprias virgens o devem honrar com humildade. Em todos: porque é tão santo entre os pobres como entre os ricos. Em tudo: porque a sua origem, o seu fim, as suas vantagens, a sua forma e matéria são santas. É o viveiro do Cristianismo, que enche a terra de fiéis, para tornar completo no céu o número dos eleitos: de sorte que a conservação do bem do casamento é sobremaneira útil para a república; porque é a raiz e o manancial de todos os seus arroios. Prouvera a Deus que o Seu Filho muito amado fosse chamado para todas as bodas como o foi para as de Caná; nunca faltaria lá o vinho das consolações e das bênçãos: porque se não as há senão um pouco ao princípio, é porque, em vez de Nosso Senhor, se fez vir a elas Adônis e, em lugar de Nossa Senhora, se faz vir a Vênus. Quem quer ter cordeirinhos bonitos e malhados, como Jacob, precisa como ele de apresentar as ovelhas quando se juntam para conceber umas lindas varinhas de diversas cores; e quem quer ser bem sucedido no casamento deveria em suas bodas representar a si mesmo a santidade e dignidade deste Sacramento; mas em lugar disso dão-se aí mil abusos e excessos em passatempos, festins e palavras. Não é pois de admirar que os efeitos sejam desordenados.

Exorto sobretudo os casados ao amor recíproco que o Espírito Santo tanto lhes recomenda na Sagrada Escritura: ó casados, não se deve dizer: amai-vos um ao outro com o amor natural, porque os casais de rolas fazem isto muito bem; nem se deve dizer: amai-vos com amor humano, porque também os pagãos praticaram esse amor; mas digo-vos, encostado ao grande Apóstolo: Maridos, amai as vossas mulheres, como Jesus Cristo ama a Sua Igreja; ó mulheres, amai os vossos maridos, como a Igreja ama o seu Salvador. Foi Deus quem levou Eva a nosso primeiro pai Adão, e lha deu por mulher; foi também Deus, meus amigos, que com a Sua mão invisível fez o nó do sagrado laço do vosso matrimônio, e que vos deu uns aos outros: por que não haveis então de amar-vos com amor todo santo, todo sagrado, todo divino? Continue reading

Motivos para Esperar em Jesus Cristo

Pantocrator: Ícone de Nosso Senhor Jesus Cristo

Sic Deus dilexit mundum, ut Filium suum unigenitum daret – “Tanto amou Deus o mundo, que lhe deu seu Filho unigênito” (Jo 3, 16)

Sumário. O Pai Eterno, dando-nos seu Filho por Redentor, vítima e preço de nosso resgate, não pôde dar-nos motivos mais poderosos de confiança e de amor. Aproveitemo-nos de tão grande dom e recorramos a Jesus em todas as necessidades, lembrando-nos de que Ele é nossa sabedoria, para trilharmos o caminho da salvação; nossa justiça, para aspirarmos ao paraíso; nossa santificação, para obtermos a santidade; finalmente, nossa redenção, para alcançarmos a liberdade dos filhos de Deus.
Continue reading

Natal

Meditação para o Dia 25 de Dezembro

1. Natal!… Abstraindo de tudo, tem hoje olhos e ouvidos só para Belém. A quem vês na obscura gruta? Teus olhos corporais divisam uma criancinha pobre, tenra, desabrigada, tremendo de frio; teus olhos espirituais veem “o Verbo que se fez carne e habitou entre nós“. A fé não se escandaliza pelas miseráveis faixas, pela falta de todo cômodo, pela ausência de sinais que manifestassem Sua divindade. Pobre veio Jesus, para que também O amem os que são pobres, em bens ou em virtudes; veio amável, para cativar os corações. Seu amor só com amor podes pagar. Continue reading

Aprecias a Encarnação de Jesus?

Meditação para o Dia 16 de Dezembro

1. Para melhor reconheceres o infinito amor que Deus mostrou, mandando Seu Filho ao mundo, supõe que O tenha enviado por causa de um homem só, único habitante da terra. Por amor deste, Deus apesar de ofendido, assumiu a natureza humana, rabalhou dezenas de anos em humilde oficina, andou pregando por toda parte, sofreu, morreu e instituiu o Santíssimo Sacramento. Não ficas pasmo ante essa prova do imenso amor de Deus para com Sua criatura e ante a malícia desta quando O paga com negra ingratidão? A sentença será contra ti mesmo, pois, por ti veio Jesus à terra, por ti trabalhou, ensinou e sofreu, por ti morreu, por ti está no Santíssimo Sacramento. Continue reading

Como Deus te Ama

Meditação para o Dia 02 de Setembro

1. Deus é a caridade“. Ele tirou-te do nada. O corpo, com todas as suas faculdades, é seu presente. A alma, de infinito valor, recebeste-a de Deus; as criaturas ficaram sujeitas a ti; anjos te servem. Deus mesmo, por incompreensível amor, assumiu tua natureza; tornou-se menino, pobre; trabalhou, sofreu e morreu por ti. Fundou a Igreja para tua salvação, instituiu a santa Eucaristia, para se sacrificar muitas vezes por ti e para tu O teres presente. Como correspondes a tanto amor? Continue reading

Amar por Deus e em Deus

Meditação para o Dia 08 de Agosto

1. Para poderes amar ao próximo assim como Deus o quer, isto é, como Jesus amou a nós e tu te amas a ti, precisas dum motivo bastante poderoso. Este não pode ser outro senão o amor que Deus tem a ti e a todos. Deves ver no próximo um irmão teu, criado segundo a imagem de Deus, remido pelo sangue de Jesus, membro do corpo místico da Igreja e, como tu, herdeiro do céu. Só este motivo te pode dar verdadeiro amor ao próximo, amor que difere da filantropia e também da afeição pecaminosa, como a luz do sol difere da claridade duma vela. Continue reading

Normas para o Amor do Próximo

Meditação para o Dia 07 de Agosto

1. Não é suficiente não ter ódio ao próximo, Deus exige amá-lo positivamente.

“Um novo mandamento vos dou, que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei a vós”

Jesus dá a norma; resta, pois, saber como Ele nos amou. Ofereceu-Se vítima por nós; carregou-Se de nossos pecados; sofreu indizivelmente por livre vontade; morreu na cruz; mora ainda entre nós no tabernáculo; dia por dia renova Sua morte na Santa Missa; hora por hora está pronto a perdoar tudo a todos. Amas tu assim? Inteiramente assim jamais poderás fazê-lo, mas, por outro lado, não deves afastar-te demasiadamente do ideal, do exemplo de Jesus. Continue reading

Rezas Muito e Bem?

Meditação para o Dia 28 de Julho

1. Sem oração“, diz São Boaventura, “não há progresso na virtude“. Ela é o que há de mais sublime; é um colóquio familiar com Deus, a ocupação dos anjos permitida aos homens; a vida do céu começada já na terra… É sumamente necessária; sem a oração não se satisfaz o preceito de Deus, nem se recebe o que é preciso para a salvação. Ela faz aumentar o amor a Deus, diminuir os pecados e santificar-se mais e mais. Dela principalmente vale a palavra:

“Gostai e vede quão suave é o Senhor”

Experimentaste-o seriamente? Rezas como os Santos? Continue reading

Amas-te?

Meditação para o Dia 09 de Julho

1. Ainda que não haja coisa mais natural do que amarem-se todos a si mesmos, contudo são poucos os que verdadeiramente se amam; pois, como quer bem a si aquele que aos bens eternos prefere os da terra? Como ama sua alma o desonesto, o usuário, o avarento, o maldizente, o egoísta? Os bens do mundo passam; nada, absolutamente nada poderás levar contigo à eternidade. Continuarás, pois, a apreciar, a aspirar excessivamente, o que poderá agenciar-te males eternos? Ouve a voz de Deus:

“Quem ama a iniquidade, aborrece a sua alma”

Continue reading

Older posts

© 2018 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑