Tag: abstinência

Exercício de Mortificação Exterior

Parte III
Capítulo XXIII

Afirmam os naturalistas que, escrevendo-se uma palavra numa amêndoa ainda intacta e fechando-a de novo, cuidadosamente, em sua casca, uma vez lançada em terra, todos os frutos que daí nascem trazem escrita essa mesma palavra. Quanto a mim, Filotéia, nunca aprovei o método de certas pessoas que, para reformarem o homem, começam pelo exterior: pelo semblante, pelos vestidos e pelos cabelos.

Parece-me, ao contrário, que se deva começar pelo interior.

Convertei-vos a mim, diz Nosso Senhor, de todo o vosso coração. Meu filho, dá-me o teu coração.

E, de fato, o coração é a fonte das ações e são estas exatamente qual é o coração. O divino Esposo, convidando a alma para uma perfeita união, lhe diz:

Põe-me como um selo sobre o teu coração e sobre o teu braço.

Continue reading

A Santa Quaresma

Quaresma

O que é a Quaresma e quando ela se inicia?

A Quaresma é um período de quarenta dias de penitência e de combate espiritual. A característica fundamental e indispensável da Quaresma é a renúncia de alimentos e o jejum!

Inicia-se na Quarta-feira de Cinzas, prolongando-se até a Quinta-feira Santa, antes da Missa na Ceia do Senhor. A penitência prolonga-se até o Sábado Santo, perfazendo exatos 40 dias penitenciais, excetuados os domingos. Trata-se de um tempo privilegiado de conversão, combate espiritual, jejum e escuta da Palavra de Deus.

Porque 40 Dias de Quaresma?

O número de quarenta dias é importante, pois tem toda uma significação bíblica: a preparação para o encontro com Deus:

  • Os quarenta dias do Dilúvio,
  • Os quarenta dias de Moisés no Monte Sinai,
  • Os quarenta anos de Israel no deserto,
  • Os quarenta dias do caminho de Elias até o Horeb/Sinai
  • E, sobretudo, os quarenta dias do Senhor Jesus no deserto, preparando Sua vida pública.

É digno de nota que o mesmo Jesus que entrou na penitência dos quarenta dias aparece transfigurado com dois outros penitentes: Moisés e Elias!

Por isso mesmo, o cuidado da Igreja de reservar exatos quarenta dias para a penitência! É tão antigo que tem suas raízes na própria prática da Igreja apostólica.

Na Igreja Antiga, este era o tempo no qual os catecúmenos (adultos que se preparavam para o Batismo) recebiam os últimos retoques em sua formação para a vida cristã. Assim, surgiu a Quaresma: tempo no qual os não batizados completavam seu catecumenato pela oração a penitência e os ritos próprios, chamados escrutínios, e os cristãos, já batizados, pela purificação e a oração, buscavam renovar sua conversão batismal para celebrarem na alegria espiritual a Santa Vigília de Páscoa, na madrugada do Domingo da Ressurreição, renovando suas promessas batismais. Continue reading

© 2018 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑