Meditação para Dia 12 de Janeiro

1. “Acharam o Menino com Maria, sua Mãe”. Onde está Jesus, aí está Maria, e onde ela, aí Jesus. É próprio da natureza humana servir-se de medianeiros. Quem está mais nas condições de ser medianeiro do que a Mãe de Jesus? Nós só teríamos de apresentar nossa fraqueza; ela, porém, poderá fazer valer sua autoridade maternal. Filha de Deus Padre, Mãe de Jesus, Esposa do Espírito Santo, Rainha do céu, refúgio dos pecadores, – quantos títulos que se impõem e que a recomendam à tua confiança!

2. a) Jesus quer que a escolhamos por nossa medianeira.

“Eis tua mãe!”

Todo o bom filho vela pela honra de sua mãe; quanto mais Jesus o fará em relação a Maria! Respeitas, veneras e invocas a Maria quanto deves?

b) Ser filho de Maria seja tua aspiração constante. Sê digno de tua Mãe! Mais agradável é a Maria um imitador de suas virtudes, do que um apologista ocioso. Quanto mais te tornares semelhante a Maria, mais honra lhe farás.

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 26)