Meditação para o Dia 06 de Maio

1. Dentro de nós existe e vive o que não pode ser percebido com os sentidos, o que, porém, se conhece por seus efeitos: a alma, sopro santo de Deus, imagem do Altíssimo. Que é o corpo, mesmo o mais belo e perfeito, em comparação com uma alma? Que são todos os cetros e tesouros, todas as criaturas da vasta natureza, em comparação com uma alma? Tão precioso bem possuis tu! Por que não a prezas mais? Por que trabalhas tanto pelo bem-estar do corpo, deixando passar fome a sede espirituais tua alma? Aprecia-la-ás só quando perdida?

2. A alma é imortal. Contigo trazes uma eternidade. O sepulcro, que um dia encerrará teu corpo, não possuirá tua alma. De fato, “que dará o homem em troca pela sua alma?“. O mundo inteiro na concha duma balança subirá, quando na outra estiver colocada uma única alma. Foi por isso que Jesus veio nascer pobre, fugir perseguido, viver oculto, pregar e trabalhar, suar sangue, ser açoitado, coroado com espinhos e crucificado. Por isso temos o tabernáculo, os sacramentos, por isso também há tantos esforços por parte do demônio. E não quererás convencer-te do valor de tua alma?

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 141)