Meditação para o Dia 24 de Outubro

1. Então lhe chamaram alguns dos escribas e fariseus, dizendo: Mestre, nós quiséramos ver-te fazer um milagre“. Que arrogante pretensão! Quantos milagres já tinham visto! Queriam um novo, não para se converterem, mas para satisfazerem sua curiosidade e tentarem a Jesus. Não procedes de modo semelhante? Queres o céu, sem te esforçares; queres ser livre de tentações, sem evitar suas ocasiões; queres deixar de cair em pecado, sem romperes com tuas inclinações e afeições perigosas; queres ter virtude, sem empregares os meios. Não é isto tentar a Deus e pedir o que jamais te poderá dar?

2. Os varões Ninivitas se levantarão no dia do juízo contra esta geração e a condenarão, porque eles fizeram penitência com a pregação de Jonas. E aqui está quem é mais do que Jonas“. Sentença merecida! Não deves receá-la para ti? Em que relação está tua cooperação com tantas graças recebidas? Teus méritos com tanto tempo já concedido? Milhares, que menos receberam, condenarão teu pouco fervor, tua indiferença. Será tudo debalde o que Deus fez por ti? Ai de ti, se assim for!

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 312)