Meditação para o Dia 12 de Outubro

1. a) A vontade de Deus deve ser a norma da tua. Jesus manda rezar:

“Seja feita a vossa vontade”

Não serves de preferência e caprichosamente, muitas vezes, à tua vontade mais do que à de Deus? Não te descontentas com as disposições de Deus queixando-te ora do tempo, ora do próximo, ora de Deus mesmo?

b)Assim na terra como nos céus“. Nos céus cumpre-se a vontade divina com prontidão e satisfação interna. Anjos descem a servir a homens, para cumprir a vontade de Deus. Aprende do céu a respeitar a vontade do Altíssimo!

2. a) Ricos e pobres, todos nós, quais mendigos, tempos de pedir “o pão nosso de cada dia“, daquele que dá incremento às plantas. Sem a Divina Providência – que seria do mundo?… É o pão que Deus te dá, é a luz, o calor e o ar, são mil coisas para conservar ou restituir-te a saúde, para proporcionar-te alegrias… Como mostras tua gratidão?

b) Também a alma carece de alimento; nutre-se da graça, da oração, da palavra divina e mais ainda da Santa Comunhão. Tens vivo desejo desse precioso alimento, de que os anjos podiam ter inveja? Que loucura, ter à disposição tão inesgotável tesouro e não aproveitá-lo merecidamente!

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 300)