Meditação para o Dia 22 de Dezembro

1. Veio para o que era seu e os seus não o receberam“. Assim se tratou a Jesus, já antes que Ele nascesse. Os esposos mais santos que houve e haverá na terra são repelidos de todas as casas. Para todos e para tudo há lugar, menos para eles. Assim, em vão pede Jesus entrada num coração que já está ocupado por outrem: pelas vaidades do mundo, por paixões, más inclinações não combatidas, etc. Não é recebido porque vem tarde. Em tal coração foi hospedado antes o demônio; este entrou já pelo pecado original, e, expulso, procura logo voltar. Quem reina em ti?

2. Jesus e seus pais não acharam albergue algum em Belém, pois deles ninguém esperava vantagens. São pobres e por isso repelidos, como Jesus ainda o é hoje pelos corações mesquinhos, porque não lhes oferece lucros ou gozos sensuais. Os habitantes de Belém negaram-se a hospedar a Santíssima Virgem, receando incômodos para a sua casa. Quantas vezes bate Jesus à porta de um coração! Este, receando ter que renunciar às inclinações e de vencer seu amor próprio em prejuízo de sua comodidade, nega entrada a quem lhe daria maior felicidade. E tu?…

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 371)